18/10/18 - 09:03:32

Gualberto diz que Valadares Filho tenta imitar postura de Marcelo Déda

Para Gualberto, Valadares Filho é o “imitador” e Jair Bolsonaro o “Coiso”

O atual líder do governo na Alese, deputado reeleito Francisco Gualberto (PT) disse na manhã desta quinta-feira (18) que a vitória de Valadares Filho (PSB) neste segundo turno “é remotíssima. Mas se isso acontecer eu saberei fazer oposição, independente de ser o líder”, afirmou o petista.

Gualberto comentou sobre o próximo governo e disse que no caso da vitória de Belivaldo, “ele é capaz de peneirar a administração para realizar estudo para reduzir o número de secretarias. É possível que tenha reforma. Quanto ao candidato adversário, ele ainda não está preparado”, disse o deputado em entrevista ao jornal Primeira Mão, na 103 FM.

Ainda sobre Valadares Filho, Francisco Gualberto disse que o candidato tenta imitar o ex-governador Marcelo Déda, quando em seus pronunciamentos, faz gestos. “Ele faz impostação de gestos e tenta imitar Déda, gesticulando, imitando a postura de Déda”, afirmou.

Ao falar sobre as eleições em que levou Belivaldo Chagas para o segundo turno, Gualberto disse que “nós estamos falando de um candidato que tem um jeito original, que não se deixa levar por um dedo apontado. Não tem rodeio. Não tem muita conversa mole, muita promessa. A sua vitória no primeiro turno não foi a base de fake news, de ilusões, de esconderijo”, disse o deputado.

O que chamou a atenção durante a entrevista de Gualbeto, foi a forma de como ele se referia ao candidato a presidente, Jair Bolsonaro, quando pronunciava o seu nome. Com duras críticas ao presidenciável, o deputado sempre que se referia a ele, o tratava como “o coisa”.  “O que tem ocorrido nessa eleição, é possível que revertemos essa situação. O Coiso tem apoio dos ricos e dos empresários. Se o Coiso ganhar eleição, Sergipe terá um retrocesso”, afirmou.

Ao final, Gualberto disse que não pretende disputar uma vaga na Mesa Diretora da Alese e quanto a continuar com líder do governo, isso segundo ele, será uma escolha do governador, caso seja eleito. O parlamentar fez questão de lembrar que está no agrupamento desde a época do então governador Marcelo Déda, de quem também foi líder.

Com informações do Jornal Primeira Mão, na 103 FM

Foto César de Oliveira

Munir Darrage