18/10/18 - 14:41:26

João Daniel vota para derrubar veto que impedia reajuste do piso salarial

João Daniel vota para derrubar veto que impedia reajuste do piso salarial dos agentes de saúde e endemias

O deputado federal João Daniel (PT/SE), mantendo sua coerência, votou a favor da derrubada do veto enviado pelo governo federal que tentava barrar o reajuste do piso salarial dos agentes comunitários de saúde e endemias de todo país. A votação aconteceu durante sessão do Congresso Nacional nesta quarta-feira, dia 17. O reajuste do piso salarial já tinha sido aprovado pelos parlamentares na Medida Provisória 827/18, mas o governo vetou.

“Queremos saudar todos os agentes comunitários de saúde e endemias, em especial os sergipanos e sergipanas, e dizer que em todas as matérias que trataram de temas de interesse dessa importante categoria nós estivemos presentes. Nosso mandato sempre teve e tem compromisso com esses profissionais que tiveram conquistas importantes nos governos do PT”, ressaltou João Daniel. O parlamentar explicou que tinha se comprometido com a categoria em votar pela derrubada desse veto, pois considera justo que esses profissionais tenham uma melhora no aspecto salarial, com regras e normas para que isso aconteça. “Esses são trabalhadores que fazem verdadeiramente a saúde preventiva entre os brasileiros”, ressaltou.

João Daniel parabenizou o povo sergipano que levou para o segundo turno da eleição para o governo do Estado o atual governador Belivaldo Chagas, que teve uma expressiva votação, elegeu dois deputados estaduais pelo Partido dos Trabalhadores – Francisco Gualberto e Iran Barbosa -, manteve ele no parlamento federal e elegeu um senador, o presidente estadual do PT, Rogério Carvalho. Ele destacou ainda o momento importante que o país está vivendo, com a eleição presidencial para o segundo turno. Em Sergipe, o candidato Fernando Haddad venceu em 74 dos 75 municípios.

Dois projetos

Para o deputado João Daniel, é preciso concretizar este projeto para a Nação brasileira. O país inteiro não terá a oportunidade de conhecer o candidato que neste momento representa o que há de mais atrasado na história política brasileira. Este candidato não pode ir aos debates, porque, se ele for, se desmancha pela contradição e pela sua história, que representa o voto contra o trabalhador, contra o povo brasileiro, contra o Bolsa Família, um grande programa criado por Lula e aprovado pelo Congresso, sem o voto desse candidato”, afirmou.

O parlamentar alertou ainda para o risco grande que o Congresso e os parlamentares reeleitos irão se deparar nos próximos dias. “Ou o Brasil terá mais democracia e um projeto de reorganização deste país que foi inviabilizado por este governo golpista, ou teremos o retrocesso, a miséria e a violência tomando conta. Porque este candidato é financiado pelas empresas e a indústria de armas”, disse João Daniel em discurso na sessão do Congresso.

Por Edjane Oliveira