19/10/18 - 16:04:01

Programa Formare da GE qualifica estudantes de Barra dos Coqueiros

Cursos serão ministrados por voluntários da GE, CELSE e empresas subcontratadas

Dez jovens do município de Barra dos Coqueiros (SE) iniciaram as aulas da primeira Unidade Formare em Sergipe. A iniciativa é uma parceria da GE com a Fundação Iochpe, por meio do Formare, um programa social que oferece cursos inovadores de educação profissional com foco em competências para a vida e para o mundo do trabalho. Criado e conduzido pela Fundação Iochpe, o programa Formare é inspirado no modelo de ensino técnico dual da Alemanha e já formou em torno de 25 mil jovens ao longo dos seus 29 anos de duração, após atuação em 13 estados e 47 municípios.

No programa Formare, os 38 professores são funcionários voluntários da GE, CELSE e de empresas subcontratadas para a Construção do Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I, investimento da CELSE – Centrais Elétricas de Sergipe, local em que serão ministradas as aulas. O curso terá a duração de nove meses, com carga horária de 900 horas, em que os alunos desenvolverão competências para a função de assistente administrativo, com certificado emitido pelo Ministério da Educação e pela Universidade Tecnológica do Paraná. Além da qualificação profissional dos jovens, preparando-os para o mercado de trabalho, serão oferecidos transporte, refeição, material escolar, uniforme e bolsa auxílio no valor de ½ salário mínimo por mês.

Os alunos foram recepcionados pelo presidente da CELSE, Pedro Litsek, o gerente geral do projeto da GE, Roger Rohrer e a supervisora de expansão e parcerias da Fundação Iochpe, Adriana Vasone Ferrazoli. “Parabenizamos a iniciativa da GE em fazer essa relevante parceria com a Fundação Iochpe. É uma oportunidade espetacular que bateu à porta desses jovens, já que durante nove meses terão a chance de adquirir muito conhecimento, cultura, tomar propriedade dos ensinamentos, para que saiam preparados a pleitear uma ótima oportunidade no mercado de trabalho”, afirmou Litsek.

A abertura oficial do programa foi feita pelo Secretário de Educação do Estado de Sergipe, Josué Modesto dos Passos Subrinho, com a participação dos familiares dos alunos e dos professores dos Colégios Estaduais Dr. Carlos Firpo e Prof. José Franklin. O curso foi iniciado com uma aula inaugural ministrada pelo gerente de projetos da GE, Adriano Cezário. Ele apresentou a UTE Porto de Sergipe I e compartilhou com os alunos sua experiência ao longo dos vinte e três anos de atividade profissional.

Maior do que a grandiosidade do empreendimento o que motivou os alunos foi a sensação de que o Programa Formare vai mostrar o caminho que eles devem trilhar para realizar seus sonhos. “Essa oportunidade surgiu num momento muito importante para todos nós, que é a nossa juventude. Estamos num período de formação, de decisão do que nós queremos para o resto das nossas vidas. Eu vi nisso uma oportunidade de começar a me identificar com outras coisas, expandir os meus horizontes, me descobrir e buscar novos conhecimentos. Eu escutei a minha vida toda que conhecimento é aquilo que ninguém pode tirar da gente. Por isso lutei para estar aqui hoje. Desde criança eu sonhei em fazer medicina, mas é uma decisão que ainda não está tomada. Com a oportunidade que a GE está dando de conhecer as multiprofissões, certamente vou me preparar para tomar uma decisão bem consciente”, revela Anny Victoria, de 17 anos, uma das alunas do Formare.

“Eu sonho em ter duas formações profissionais: em direito e em engenharia mecânica. Essa oportunidade que terei aqui, na GE, vai encurtar os meus objetivos, que é me preparar para o mercado de trabalho e para a vida”, destaca um dos alunos selecionados, João Pedro, de 19 anos.

De acordo com a Fundação Iochpe, essa abordagem resulta num índice de empregabilidade de 80% dos jovens ao final do curso. “O Projeto Formare representa uma profunda mudança para os jovens e seus familiares, pois traz a eles novas perspectivas para o futuro, resultando em mudança de comportamento, pensamento crítico e consciência da responsabilidade de cada jovem na conduta de sua carreira. Esta oportunidade é única e os resultados serão sentidos por toda comunidade”, explica João Azeredo, gerente de Recursos Humanos da GE.

Agência Unicom