23/10/18 - 05:53:32

Defesa Civil dobra número de municípios atendidos pela Operação Pipa Estadual

Tendo em vista o agravamento dos efeitos da seca nos municípios do Alto Sertão, o governo do Estado aditou o convênio firmado entre o Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil da Secretaria de Estado da Inclusão Social (Depec/Seidh) e a Deso, diante da ampliação do alcance da Operação Pipa Estadual. Aos municípios de Canindé de São Francisco, Poço Redondo e Gararu se somam, agora, Porto da Folha, Monte Alegre e Nossa Senhora da Glória.

De acordo com o cel. Alexandre José, diretor da Defesa Civil Estadual, a escolha dos novos municípios atendidos guarda relação com a sua localização geográfica. “Como estão todos no Alto Sertão, dentro do ponto de vista técnico e também a partir do que foi constatado nas visitas que realizamos, são esses os municípios que mais sofrem”, detalhou.

Ainda conforme explica o cel. Alexandre, a contratação dos novos pipeiros foi feita a partir de sorteio dos pipeiros já credenciados anteriormente, através do edital 001/2018. “O sorteio aconteceu no município de Nossa Senhora da Glória na manhã desta segunda-feira, 22, tendo 12 pipeiros sorteados: seis para atuar em Porto da Folha, quatro em Monte Alegre e dois em Glória. Também fizemos cadastro reserva de mais dois em Porto da Folha, dois em Monte Alegre, dois em Glória, dois em Poço Redondo e um em Gararu”, informou.

A ampliação da Operação Pipa Estadual representa o investimento mensal de mais R$ 120 mil a partir do aditamento do convênio já existente entre a Defesa Civil e a Deso, totalizando R$ 270. Com isso, a Operação Pipa Estadual passa a atuar com 27 caminhões, que entram em operação nas próximas semanas.

Segundo o secretário executivo da Defesa Civil, Major Queiroz, isso representa quase metade do número de caminhões utilizados pela Operação Pipa do Exército. “O Exército atua com 60 caminhões em Sergipe, e nós entramos com mais 27. Em nenhum outro estado do país há Operação Pipa Estadual, a não ser Sergipe. Estamos fazendo o planejamento das comunidades que iremos atender, de acordo com o formulário de informações sobre desastres – FIDE”, concluiu Major Queiroz.

Fonte e foto assessoria