23/10/18 - 14:07:17

TCE PRESTA HOMENAGEM AO EX-PROCURADOR CARLOS WALDEMAR

O presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), conselheiro Ulices Andrade, entregou a toga utilizada pelo ex-procurador do Ministério Público de Contas, Carlos Waldemar Resende Machado, falecido no ano passado, para sua esposa, Maria Auxiliadora de Aboim Machado, como forma de respeito e agradecimento pelos serviços prestados à Corte durante mais de 40 anos. O ato ocorreu na manhã desta terça-feira, 23, no gabinete da Presidência do TCE.

“Esta é uma homenagem muito simples, mas com significado muito grande porque estamos homenageando e relembrando um homem que ajudou a construir a imagem deste Tribunal. O Dr. Carlos Waldemar era um homem muito admirado, muito disciplinado, e o Tribunal de Contas deve muito a ele. É uma homenagem a um homem de bem, que lutou muito contra a corrupção, um homem que lutou para que os valores das instituições estivessem sempre acima do que cada um pensa individualmente”, disse Ulices Andrade.

O procurador-geral do MP de Contas, João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello, relembrou que Carlos Waldemar foi um dos fundadores do MP de Contas e um dos pioneiros do TCE. “Ele foi um grande homem, grande pai, amigo, companheiro, um grande mestre, um homem público exemplar, que laborou a vida praticamente toda no controle externo. Esta homenagem é muito mais que merecida para trazer este exemplo para nós mais jovens continuarmos a sua luta em favor da boa aplicação dos recursos públicos”, declarou Bandeira.

Muito emocionada, a viúva agradeceu a homenagem do Tribunal e já adiantou onde guardará a toga do esposo. “É um momento de muita felicidade. Só tenho que agradecer ao doutor Ulices e a todos os conselheiros e procuradores do Ministério Público. Meu esposo trabalhou durante muitos anos aqui e amava este Tribunal, que era a sua segunda família […] Estou pensando em guardar a toga num lugar especial na sala, junto de Nossa Senhora, que ele tinha um verdadeiro amor, e Padre Pio, que ele era muito ligado. Tenho certeza que ele ficará feliz!”, disse a esposa de Carlos Waldemar.

Durante a solenidade, Luciana Machado, filha do ex-procurador, demonstrou o sentimento de gratidão ao ler uma frase que era sempre dita pelo pai e que também é um ensinamento: “A cada um de nós, Deus nos reservou uma missão. A vida é uma grande escola. É a universidade do espírito. Aqui nós nos preparamos para a verdadeira vida, que é a vida junto a Deus. O que aflora o meu coração é o sentimento de gratidão”, leu Luciana Machado, que é advogada e professora da UFS.

Acompanharam a homenagem também os irmãos de Luciana: Carlos Waldemar, André Machado e Nathalie Machado; além de outros familiares do ex-procurador. Pelo lado do Tribunal, estiveram presentes ainda os conselheiros Clóvis Barbosa, Luiz Augusto Ribeiro, Susana Azevedo e Angélica Guimarães, além dos procuradores do MP de Contas, Eduardo Côrtes e Luis Alberto Meneses. Comparecerem também a diretora técnica, Patrícia Verônica, o diretor de Modernização e Tecnologia (DMT), Edson Brasil, e o diretor de Comunicação, Theotônio Neto.

No ano passado, o Tribunal de Contas já havia feito outra homenagem ao magistrado, ao colocar o nome de Carlos Waldemar na Unidade de Informações Estratégicas para Auditoria, instalada na Diretoria de Modernização e Tecnologia. Na ocasião, os familiares também estiveram presentes para fazer o descerramento da placa.

Biografia

Carlos Waldemar ingressou ao órgão que atua junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) em junho de 1973, aposentando-se em outubro de 2014, quando completou 70 anos. O procurador chegou a obter destaque nacional ao ocupar a vice-presidência da Associação dos Membros do Ministério Público de Contas. Ele faleceu no dia 14 de agosto de 2017, aos 72 anos, em São Paulo.

Fonte e foto assessoria