24/10/18 - 15:11:04

VEREADOR CRITICA FALTA DE PROPOSTAS DOS CANDIDATOS

Parlamentar chama a atenção para a cultura do ódio que foi implantada e pede que eleitor fique atento

O vereador Fábio Meireles (PPS) lamentou hoje (24) que os candidatos a governador e à presidência da República não estejam se preocupando em apresentar propostas ao eleitorado que voltará às urnas no próximo domingo, durante o segundo turno. “Não há projetos; não se diz o que pretende fazer para acabar com a corrupção, com a criminalidade que a cada dia cresce mais. Quais são as propostas para o desenvolvimento do Estado e do Brasil?Infelizmente, não as vemos, pois o que prevalece são os ataques, não ideias; é a cultura do ódio”, falou Meireles.

Para ele, é importante não ficar pessoalizando as discussões, mas exigir que os que postulam os cargos mais importantes do Estado e do Brasil apresentem as suas intenções e digam por que desejam comandar Sergipe e a Nação. “Não vai adiantar de nada ficar chamando o presidente (Michel) Temer de golpista, porque ele está como presidente do Brasil por ter sido escolhido pelo PT para ser vice da então presidente Dilma Rousseff, afastada por corrupção. Ele não chegou lá sozinho. Temer foi companheiro de chapa escolhido pelo próprio PT que, infelizmente, deixou o nosso país à beira do abismo. Então, a culpa desse caos que estamos vivendo não é do Temer, é do Lula e da Dilma”, apontou Fábio Meireles, ao sugerir que o eleitorado fique atento e não deixe de fazer a sua escolha.

No entender de Fábio, “o eleitor saberá dizer não àquilo que é ruim, que gerou todo esse caos pelo qual todos pagam a conta, especialmente, os mais humildes que enfrentam o drama do desemprego e a consequente desestruturação das suas famílias”.  De acordo com o vereador, não adianta os candidatos ficaram desesperados, só cuidando de fazer ataques entre si, enquanto a sociedade espera respostas e quer políticas públicas eficientes em áreas essenciais, como saúde, segurança pública e educação.

“Espero que o gigante acorde e faça valer o processo democrático, não votando nos que andam na obscuridade da noite nos bairros mais simples e humildes, mentindo e tentando enganar os cidadãos de bem. Precisamos gerar esperança, precisamos lembrar que o nosso partido é Sergipe, que o nosso partido é o Brasil. Vamos às urnas pedindo discernimento a Deus, pois como bem diz a Bíblica, ‘Bendita é a Nação cujo Deus é o Senhor’”!

Foto Gilton Rosas

Da assessoria