26/10/18 - 06:03:22

Prefeitura de Macambira dá início a programa de combate a obesidade

Ação trabalha os aspectos psicológicos físicos e nutricionais

Nesta semana, a Prefeitura Municipal de Macambira, por meio do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF), vinculado a Secretaria Municipal da Saúde, deu início ao programa Emagrecer Saudável. A iniciativa visa o combate e a erradicação da obesidade entre os macambirenses.

De acordo com a nutricionista do NASF de Macambira, Karine Bernardes, a ação está prevista para ocorrer nos próximos três meses, na Academia de Saúde da cidade. Ela ainda destacou que os beneficiados são acompanhados semanalmente por profissionais da nutrição, psicologia e educação física.

“Os encontros contam com a realização de atividades visando a reeducação alimentar, o estímulo à prática de atividade física, e o controle do estado emocional, de forma a contribuir para o estado nutricional adequado, controle de doenças crônicas e perda de peso”, detalha a nutricionista.

Segundo Vaneide Carvalho, coordenadora da Atenção Básica do Município, o Emagrecer Saudável surgiu após uma análise epidemiológica e a constatação da demanda de profissionais da nutrição por parte da população. “Essas pessoas eram orientadas pelo nutricionista, mas não tinham aquela força para começar e seguir aquela dieta. Muitos estavam com a hipertensão descompensada, outros com o diabetes descontrolado, que envolve a questão alimentar, e outros com a ansiedade que os faziam se alimentar mal. Então montamos esse projeto com educador físico, nutricionista e psicólogo”, relembra.

Ela ainda informou que o projeto é aberto a todos os interessados, ou seja, sem o limite de participantes. “Na medida em que forem surgindo outras demandas e pacientes, os profissionais adequarão esse projeto. Com isso, esperamos uma redução de custos com o medicamento para o controle da hipertensão e diabetes, além de educar a população”, acrescenta.

Para Simone Alves, secretária Municipal da Saúde, o Emagrecer Saudável afastará as pessoas da dependência de medicamentos. “Esse projeto vai ter uma parte em que a nutricionista apresentará, por exemplo, como fazer sucos e dietas saudáveis em casa, que se tornam baratos. Já sai da parte do medicamento e desmistifica aquela ideia de que comer bem é sinônimo de passar fome. Com isso, eles também passarão a serem outros, porque muitos sofrem bulliyng, devido ao peso, e um dos objetivos é justamente aumentar a autoestima desses pacientes”, argumenta.

Atualmente, a Secretaria Municipal de Saúde de Macambira tem 655 hipertensos e 249 diabéticos cadastrados. Todos eles são acompanhados pelos agentes de saúde e endemias do Município.

Por Thiago Farias / Secretaria Municipal da Comunicação de Macambira