07/11/18 - 15:59:48

Dr. Gonzaga apresenta projeto para realização de pré-natal masculino

por Evanice Filha

No mês em que realizamos a Campanha do Novembro Azul, que trata da conscientização dos homens em relação à realização de exames preventivos, o vereador Dr. Gonzaga (MDB) deu entrada na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), em um Projeto de Lei que dispõe sobre a obrigatoriedade da oferta de exames pré-natais masculino, por ocasião da gravidez da parceira. “O objetivo é incentivar os futuros pais a realizarem exames básicos para diagnóstico precoce e tratamento de doenças que poderão afetar a sua própria saúde, a saúde da mulher e a do bebê”, explicou o parlamentar.

Entre os exames de oferta obrigatória deverão constar sorologia para hepatites B e C, HIV, Sífilis; glicemia e colesterol; e, para os maiores de quarenta e cinco anos, também o exame de PSA, para prevenção de câncer de próstata. “Este último já é objeto da Lei 4.101/2011, de minha autoria, que dispõe sobre o exame de PSA (antígeno prostático específico) na rede municipal de saúde”, acrescentou.

Segundo o vereador, que também é médico, o pré-natal do parceiro é uma ferramenta importante, no sentido de conscientizar os homens sobre a importância de participar de todas as fases da gestação da mulher, bem como contribuir para incentivar a população masculina a buscar os serviços de saúde, com enfoque na atenção básica.

“Um dos objetivos é combater as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), por meio de exames de sífilis, HIV e hepatites virais B e C”, disse o parlamentar, acrescentando que um dos maiores entraves para a eliminação da sífilis congênita, por exemplo, é a dificuldade de tratar os parceiros das mulheres grávidas, contaminados pela doença. “Hoje, somente 14% dos parceiros são adequadamente tratados. Além disso, é uma ótima oportunidade para os futuros pais obter o diagnóstico de hipertensão arterial, diabetes e colesterol”, concluiu.

Dr. Gonzaga disse que acredita ser necessário um pouco de incentivo para que possamos ampliar o diagnóstico precoce de doenças em homens, reduzindo os gastos com futuros tratamentos e, ainda, contribuindo para uma melhor qualidade de vida da população.

Foto: César de Oliveira