08/11/18 - 07:00:57

Funesa realiza Oficina de Elaboração do Plano Estadual de Educação Permanente em Saúde

Capacitação também buscou fortalecer o trabalho interdisciplinar e intrasetorial da Fundação

Gestores, coordenadores, referências técnicas de Educação Permanente e demais servidores de Fundação Estadual de Saúde (Funesa), estiveram reunidos nesta quarta-feira, 7, na Oficina de Elaboração do Plano Estadual de Educação Permanente em Saúde, ministrada pela Coordenação de Educação Permanente em Saúde (COEPE) da instituição. A capacitação teve o objetivo principal de fortalecer o trabalho interdisciplinar e intrasetorial dos setores da Fundação, além de construir um modelo de elaboração de projetos regionais para o Plano Estadual de Educação Permanente.

Conduzida pela analista educacional Flávia Tenório e pela responsável técnica da Atenção Psicossocial da Funesa, Flávia Cristina Mattos, a reunião também buscou potencializar oportunidades de aprendizagem e estímulo ao desenvolvimento do trabalho em equipe, orientando a discussão  de problemas e necessidades dos serviços/setores; despertar os participantes para o olhar crítico da Educação Permanente em Saúde e seu processo de trabalho; favorecer a aprendizagem ativa e ampliar a troca de saberes das equipes acerca da organização do trabalho; estimular o desenvolvimento de habilidades de comunicação e negociação com o coletivo; incentivar capacidades de investigação e transformação da realidade.

A Coordenação de Educação Permanente liderou a criação de um piloto de oficina para elaboração de projetos regionais e, posteriormente, o desenvolvimento do Plano Estadual de Educação Permanente, além de aproveitar a oportunidade para  executar um processo de qualificação para os trabalhadores. “A ideia foi levantar demandas do trabalho em educação permanente e compartilharmos essa estratégia com os municípios, aplicando por região. Para alinhar essa atividade, realizaremos, ainda neste mês, encontros com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), além das regiões do estado, por meio de representantes dos trabalhadores dos municípios”, informou a analista educacional Flávia Tenório.

Para consolidar os projetos de cada região, bem como apresentar o Plano Estadual, haverá um seminário geral, a realizar-se no dia 12 de dezembro. Segundo a coordenação de Educação Permanente da Funesa, é fundamental contextualizar os novos servidores sobre o conceito de Educação Permanente. Para isso, houve abordagem sobre a política, o cenário  municipal e estadual, a Portaria nº 3.194/2017 – que dispõe sobre o Programa para o Fortalecimento das Práticas de Educação Permanente em Saúde no SUS (Sistema Único de Saúde) -, a necessidade de implementação de ações/iniciativas de fortalecimento das práticas de EP, Plano anual de Atividades, entre outras pautas.

“O profissional precisa ser capacitado, de forma que entenda o conceito adequado desse campo de atuação. Temos funcionários mais antigos, que migraram de setor, assim como os mais novos. Por isso é essencial se atualizar e explicar o que é a Educação Permanente”, disse  Danielle Barreto, coordenadora de Educação Permanente.

A  diretora-geral da Funesa, Lavínia Aragão, destacou que esse é um momento muito significativo, tanto para a Fundação, quanto para  Educação Permanente de um modo geral, pois o processo culminará na construção do Plano, a ser operacionalizado nos próximos anos. “Isso se dará em parceria com o Ministério da Saúde, que está financiando esse processo de composição dos projetos. Esse processo será finalizado no Seminário Estadual de Educação Permanente, onde esse Plano será apresentado e validado, uma vez que será construído coletivamente por todos os setores da Saúde. Para a Fundação isso é importante pra alinhamento, construção e identificação das necessidades de EP para os trabalhadores, visto que somos uma fundação-escola de saúde pública”.

Fonte e foto Assessoria de Comunicação Funesa