09/11/18 - 00:01:15

ACENDE A LUZ AMARELA

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

A prisão do prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR), ocorrida no início da semana, acende a luz amarela. Alguns chefes de municípios estão tensos. Não são muitos, mas o suficiente para renovar o Estado em caso da decretação de prisão ou cassação de mandatos. Administrar a coisa pública hoje não é tão fácil quanto há anos. Os números têm que bater como uma prova de “nove fora”.

Além disso, um erro contábil ocorrido alguns anos atrás pode ser percebido hoje e não há como provar que foi apenas um equívoco, geralmente quando aparece alguém que, de alguma forma, ganhou na transação. A questão do matadouro de Itabaiana não aconteceu ontem. Há algum tempo vem sendo investigado [palavra que por si só já põe desconfiança na administração]. Teria se dado por denúncia de concorrentes, que certamente tomaram conhecimento de algum favorecimento e não foram contemplados com nada.

Perder sem ganhar, hoje nem os mais honestos aceitam…

Além disso, a cidade de Itabaiana tem uma vida política e econômica extremamente ativa. Todo muito trabalha, tem tino especial para os negócios. Além disso, vive ligado no que acontece na cidade através das emissoras de rádio, sempre em horário de informações. A comunicação se divide bem nas posições políticas e fica sempre de plantão para notícias que atingem mais diretamente a prováveis adversários.

Por volta das 5 horas da manhã, quando a Deotap surgir nas proximidades das residências, Sergipe praticamente já sabia da prisão do prefeito, porque a notícia se espalhou como erva-daninha. Foi mau para a cidade em razão do que se decanta sobre uma boa administração, embora adversários do prefeito tivessem vergonha do que estavam vendo. Nisso tudo há necessidade de reflexão. Ser bom gestor é obrigação, mas provocar algum tipo de desvio de recursos não. É uma vergonha.

Sabe-se, enfim, que Francisquinho era adversário cruel, que humilhava e denegria imagens de forma rasteira. Talvez não mereça o que está sofrendo em razão da família, mas que o episódio o faça mais humano e lhe dê a humildade de ser grande, mas sem subir à cabeça.

COMENTÁRIO E RESPOSTA

Um comentário sobre as eleições no Nordeste, feito pelo senador Valadares (PSB), foi uma análise ampla da força do PT na região, que se fixou mais em Sergipe.

Entre linhas, Valadares disse que Belivaldo só foi reeleito pela força do PT.

TENTOU DESQUALIFICAR

O objetivo real era desqualificar a força eleitoral conquistada pelo seu ex-amigo e ex-aliado Belivaldo Chagas, com o objetivo de tirar-lhe méritos de uma vitória ampla.

Sabe-se que no segundo turno a influência de Haddad não foi tanta.

RESPOSTA NO ESTILO

A resposta de Belivaldo foi dentro do seu estilo, em que falou sobre algumas “dores” que realmente são as piores e o senador cobrou a liturgia do cargo.

Liturgia do cargo é coisa de José Sarney, para dar pompa ao mandato de presidente.

APENAS UM DESABAFO

Belivaldo disse que tudo tem limite e que “sou um ser humano. Fui atacado e me chamaram até de ladrão. Podem criticar o Governo, mas a mim pessoalmente não”.

– Na realidade estou querendo trabalhar, disse.

MARCA DATA PARA FALAR

Belivaldo Chagas diz que até 31 de dezembro “ficarei solto porque tenho 610 mil razões (número de votos) para responder a quem me insultar”.

A partir de janeiro terei 2,22 milhões de pessoas para respeitar e trabalhar por eles.

NÃO ACRESCENTA NADA

O vice-presidente do MDB, Benedito Figueiredo, diz que não acrescenta nada o MDB expor divergências nesse momento de indefinições políticas.

O melhor é que se reúna para buscar o entendimento pelo partido.

PRECISA SE FORTALECER

Benedito admite que o MDB precisa se fortalecer para as próximas eleições, montar uma estrutura forte e disputar para manter boas posições.

Lembra que no próximo pleito não haverá voto proporcional.

BOSCO ESCOLHE GABINETE

O deputado federal eleito Bosco Costa (PR) chegou de Brasília ontem. Foi tratar da escolha de Gabinete. Quem tem mais de 60 anos e já foi deputado pode fazer isso.

Bosco pretende ficar no Gabinete de Adelson Barreto (PR).

QUESTÃO DE ITABAIANA

Sobre a questão de Itabaiana, Bosco Costa diz que presenciou uma campanha acirrada e a presença de alguns órgãos que não deveriam estar lá no momento da eleição.

Acrescentou que até o momento não tem conhecimento do processo.

PORTEIRA FECHADA

Um grupo forte de aliados do governador Belivaldo Chagas insiste que ele não deve entregar Secretarias de “porteira fechada” a nenhum dos partidos aliados.

– Seria repetir equívoco e erros de Governos anteriores.

ALESSANDRO DE OLHO

O senador eleito Alessandro Vieira já disse que não pretende levar Daniela Garcia para Brasília, ela continuará em Sergipe à frente da Delegacia da Barra dos Coqueiros.

Vieira, entretanto, está disposto a defendê-la diante de qualquer ação política.

SOBRE PRISÃO DE VALMIR

Circulou a informação em Itabaiana, que o prefeito preso Valmir de Francisquinho não retorna à Prefeitura porque será cassado em razão de outros fatos.

Ouvido, seu advogado de defesa Evânio Moura disse: “desconheço outros fatos”.

VALADARES E EMENDAS

O deputado Valadares Filho defendeu junto à bancada federal a destinação de emenda de R$ 20 milhões para a SSP em Sergipe. Também aprovou emendas para Saúde e UFS.

Os interesses de Sergipe estão acima de quaisquer contendas eleitorais.

ANDRÉ CUIDA DE LIBERAÇÕES

Deputado federal André Moura evita falar sobre as eleições  – “está tudo muito recente” – e o momento é atuar na Câmara para a liberação de recursos para os municípios”.

Só vai recomeçar os contatos no próximo ano.

ELIANE ASSUME PREFEITURA

Eliane Aquino (PT) assume a Prefeitura de Aracaju hoje. É que Edvaldo Nogueira viaja a Espanha para participar de reunião de cidades inteligentes.

Edvaldo só retorna no final da próxima semana.

DISCUTE NÚCLEO SOCIAL

Também vice-governadora eleita, Eliane Aquino pretende estar à frente de um Núcleo para pensar políticas sociais do Estado, com objetivo de implantar um Plano Único.

Eliane não pensa em Secretaria de Ação Social.

FALTA NOVA LIDERANÇA

A oposição praticamente perdeu as eleições em Sergipe e não está surgindo um líder para encarar esse papel importante na vida democrata do Estado.

Quem já esteve oposição perdeu o perfil e o tesão para isso.

TEM POUCOS NOMES

O senador Alessandro Vieira, o mais votado em Sergipe, não tem o perfil de comandar um grupo de oposição. O senador ainda não tem posição definida.

Apesar de estar no Governo, Rogério Carvalho é quem leva jeito para fazer oposição.

Notas

Gustinho com Belivaldo – O prefeito Edvaldo Nogueira recebeu, em seu gabinete, ontem à tarde, o deputado federal eleito Gustinho Ribeiro. O parlamentar se colocou à disposição da Prefeitura para lutar pelos interesses de Aracaju na Câmara Federal. “Serei um parceiro de Aracaju”, disse o deputado.

0x0

Ministros gozam do reajuste – Ministros do STF disseram ontem que o reajuste salarial de 16,38% aos magistrados da Corte não se trata de um aumento. Os juízes argumentam que será uma ‘reposição’. Nós temos uma defasagem e ela cobre uma parte dessa defasagem dos vencimentos dos juízes em relação à inflação”, disse Lewandowski.

0x0

Voto contra o aumento – Maria do Carmo Alves (DEM) foi a única sergipana a votar contra a proposta de reajuste de 16,38% pleiteados pelos dois segmentos, através dos Projetos de Leis 27 e 28/2016, aprovados pelo Pleno do Senado por 41 votos. Com o reajuste, o teto constitucional sobe de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil.

0x0

Sem pautas bombas – O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), disse ontem que a Casa não vota ‘pautas-bomba’ para afetar o próximo governo. Conforme o senador, o reajuste de 16,38% no salário dos ministros do STF e da procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, não cria novas despesas para o Poder Executivo.

0x0

Consulta ao sexto lotes – Receita Federal abre nesta sexta-feira consulta ao sexto lote da restituição do Imposto de Renda 2018. Fisco também abrirá consulta a lotes residuais das declarações de 2008 a 2017. Ao todo, Receita pagará R$ 1,9 bilhão a 1.142.680 contribuintes, publica a revista Voto.

0x0

Ex-procurador é preso – “O ex-procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro Cláudio Lopes foi preso ontem, em sua casa, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio. A decisão foi tomada pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça, formado pelos 25 desembargadores. A informação foi confirmada pelo Ministério Público (MP).

Conversando

Ultima vez – Eliane Aquino vai assumir pela última vez a Prefeitura de Aracaju, com a viagem que Edvaldo fará à Espanha.

Assume Nitinho – A partir de agora, todas as vezes que Edvaldo Nogueira viajar quem a assume a Prefeitura será o presidente da Câmara, vereador Nitinho Vitale.

Sobre reforma – Belivaldo Chagas só vai tratar mais diretamente sobre a reforma administrativa na primeira semana de dezembro.

Com serenidade – Os adversários de Valmir de Francisquinho, prefeito de Itabaiana, se comportaram com serenidade com a sua prisão.

Sem definição – Nesta trégua política entre oposição e situação as conversas vão acontecendo mas sem definição sobre a formação de grupos.

Farpas quentes – Quem está trocando farpas quentes é o ex-governador Jackson Barreto e o deputado estadual Zezinho Guimarães, todos do MDB.

Linha de Frente – O senador Alessandro Vieira será mesmo o presidente regional do PPS em Sergipe. Tira Clóvis Silveira da linha de frente.

Sem diferença – Apenas um detalhe: Alessandro Vieira não tem perfil do PPS porque é um homem de direita. Mas isso não faz a menor diferença.