11/11/18 - 08:37:32

ELIANE: AS PESSOAS PRECISAM INCENTIVAR PROJETOS DE INCLUSÃO

A prefeita de Aracaju em exercício, Eliane Aquino, participou, no início da tarde deste sábado, 10, da 7ª Feijoada do Projeto Estrela do Mar. O evento beneficente aconteceu no Bar Solarium e contou com representantes do projeto, pais e alunos do projeto de inclusão, que é desenvolvido na capital e que conta com o apoio da Prefeitura de Aracaju, através do projeto Praia para Todos, iniciativa que investiu R$ 67,7 mil na doação de 30 pranchas de body board (15 delas adaptadas), 10 cadeiras de rodas anfíbias, 50 camisas com proteção ultravioleta e protetor solar.

O evento é uma das formas que a organização do projeto encontrou para arrecadar verba para que as ações possam continuar a ser desenvolvidas. Para Eliane Aquino, o momento também é uma oportunidade de chamar atenção das pessoas para a importância de ajudar e, assim, fazer com que o Estrelas do Mar prossiga a fazer o trabalho de inclusão e bem estar. “Esse é um projeto inspirador que acolhe pessoas. Quando a gente tem a oportunidade de ver de perto o que ele faz pelas pessoas, aí temos ainda mais vontade de ajudar. O evento de hoje é uma forma de ajudar com o que se arrecadou, mas, as pessoas podem contribuir de outras formas, como sendo um voluntário, por exemplo. É essencial aguçar o nosso olhar para o outro e esse projeto fomenta isso”, destacou Eliane.

Idealizador do projeto, Byron Silva afirma que, apesar dos desafios constantes em manter o trabalho, todo o esforço é compensado, prova disso é o apoio do Praia para Todos. “A nossa missão é tornar as pessoas mais felizes e isso nos move todos os dias. Quando o Praia para Todos chegou, tivemos grandes avanços e a adesão de mais alunos e voluntários. Isso nos deu ainda mais ânimo. Nossa expectativa é que, em 2019, com todos os avanços, parcerias e verbas arrecadadas com a feijoada, nosso projeto cresça ainda mais e ajude mais pessoas a transpor suas barreiras”, frisou Byron.

Hoje, o projeto assiste cerca de 130 pessoas e há sete anos vem transformando realidades como a de dona Jeane Monteiro, mãe dos gêmeos Isaias e Isaque, este último que é portador de Síndrome de Down e é um dos alunos fundadores do Estrelas do Mar. “Meu filho chegou ao projeto com apenas 3 anos e é impressionante o quanto ele evoluiu, o quanto ele consegue interagir melhor com as pessoas à sua volta. Hoje, eu faço questão de estar presente ajudando outras pessoas, como meu filho foi ajudado. Ele é um presente para mim e o projeto uma alegria em nossas vidas”, considerou.

Durante a feijoada deste sábado, evento que reuniu mais de 800 pessoas, muitas homenagens foram feitas àqueles que, mais do que parceiros, são grandes mobilizadores dentro do projeto. É o caso do voluntário Wansley Santana. Há quatro anos ele se aproximou do projeto para concluir o TCC e não saiu mais. “Eu não era voluntário. Um dia, um dos alunos me abraçou muito forte, do nada, e aquilo me emocionou. A mãe dele disse depois que o menino não fazia isso com ninguém e voltei para casa pensando. Na semana seguinte, quis ser voluntário e cá estou. A gente entra achando que vai ajudar as pessoas e, na verdade, nós é que somos ajudados. Aprendemos muito com eles e o projeto é uma grande lição de vida. Vale muito a pena”, ressaltou.

Para conhecer mais sobre o Estrelas do Mar, o projeto é desenvolvido todos os sábados, das 8h às 12h, no Bar Solarium, próximo à AABB.

Foto Sérgio Silva