11/11/18 - 08:23:23

TAÇA CIDADE ARACAJU CHEGA AO FINAL PROMOVENDO INCLUSÃO

Em clima de celebração, chegou ao fim mais uma edição da Taça Cidade de Aracaju de futsal masculino. O encerramento do campeonato aconteceu neste sábado, 10, na quadra da Piscina, na Arena Batistão, bairro São José, três meses após o início do campeonato. Com o saldo de 839 gols marcados ao longo das 245 partidas, as 70 equipes mostraram que vieram com todo gás para fechar o ano.

A competição, que teve recorde de inscritos, mobilizou cerca de 1600 atletas, as categorias sub-10, sub-12 e sub-14, e foi organizada pela Secretaria Municipal da Juventude e do Esporte (Sejesp). Além do número de inscritos, outro destaque da edição ultrapassa os valores passados através dos jogos. De acordo com o secretário da pasta, Jorge Araujo Filho, a competição permitiu ensinar respeito, compromisso e disciplina aos jovens.

“Mais uma vez a Taça Cidade de Aracaju de Futsal vai além de medalhas e troféus e executa um papel social de tirar garotos das ruas e ocupá-los com atividades que estimulam bons hábitos. Entre as nossas ações, utilizamos o esporte como ferramenta de educação e práticas saudáveis. Independente da modalidade, esse é o objetivo principal da secretaria”, destacou.

Além de promover bons valores, a Taça Cidade de Aracaju revela novos talentos. E esse ano não foi diferente. Ao longo das partidas as equipes deram um show em quadra, o que aumentou a dificuldade e o nível da competição. Mas o que chamou atenção do coordenador de Esportes de Inclusão da Sejesp, Luiz Carlos Bossa Nova, foi a integração entre as equipes, desde o início.

“Essa edição trabalhou, mais uma vez, o esporte como forma de inclusão, além de revelar o talento desses jovens. E o que me deixa mais feliz é ver o respeito entre eles, sempre com humildade. Acredito que quem ganha com isso é o município, que tem feito realmente um trabalho de inclusão social.  Tudo que é feito pela Sejesp, está no planejamento estratégico idealizado pelo prefeito Edvaldo Nogueira”, ressaltou.

Para realizar uma grande competição, a Sejesp contou com diversas parcerias, como a da Faculdade Fase. Presente ao longo dos jogos, os universitários da Liga Acadêmica de Fisioterapia, Traumatologia e Ortopedia, auxiliaram no atendimento imediato e qualificado das possíveis lesões dos jogadores.

Torcida comemora mais uma edição

A grande final contou com a visita do ex-jogador de futebol Washington Cerqueira, conhecido como “Coração Valente”. Ele destacou a importância da promoção do esporte para a juventude. “Valorizo muito as pessoas que trabalham com esses garotos, pois, inserindo o esporte com certeza está fazendo um ganho enorme para eles. Está transformando os jovens em cidadãos. O esporte é uma das principais ferramentas de educação e saúde. Você tira essa garotada da vulnerabilidade”, frisou.

Os familiares e amigos dos competidores também fizeram questão de marcar presença. Vestindo a camisa de mãe e torcedora fiel, Nara Katiucia era puro orgulho do filho. ” É o primeiro campeonato da Sejesp que meu filho está participando e ele está muito feliz. Sempre digo para ele entrar e se divertir. O resultado é o de menos. Não basta ser mãe, tem que participar e incentivar. Afinal, o esporte só trouxe coisas boas, além de muita disciplina”, afirmou.

Campeões 2018

Com a média mais alta de gols por partida, cerca de 6,9, os times da categoria sub-10 mostram, apesar da pouca idade, talento de sobra. O treinador da equipe Camisa 10, Junior Santos, ergueu o título de campeão.

“Esse time vem jogando bem há muito tempo, vem chegando em todas as decisões. Esses meninos merecem. Eles são incríveis e é gratificante vê-los em quadra, com todo gás, gritando e dando o melhor.  Tanto feminino como no masculino, é muito importante promover o esporte nessa idade como a Sejesp tem feito”, comemorou.

Com o maior número de equipes na final, a equipe do Baden Powell chegou em quadra com garra para disputar a categoria sub-12.  “O nosso time tem 25 anos de história e está dando certo, pois é um trabalho de renovação. É maravilhoso participar dessa competição. Estamos no campeonato sergipano e aqui na Sejesp, então, é mais um incentivo ao esporte e as equipes”,  definiu o treinador Francisco Oliveira.

Totalizando 28 equipes, a categoria sub-14 teve o maior número de participantes. O time do Baden Powell se destacou no decorrer das partidas e garantiu o título de campeão. “É resultado de muito trabalho. Quando a gente foca e percebe que os nossos atletas estão interessados, com objetivos, temos sucesso no final. Somos uma grande e guerreira família. E essa competição vem melhorando a cada ano. A Prefeitura de Aracaju está de parabéns”, avaliou o dono da escolinha, professor Janinho.

Fonte e foto assessoria