13/11/18 - 05:22:40

USUÁRIOS SUS PODEM PODEM REAGENDAR PROCEDIMENTOS

Com o término da greve dos médicos, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) está organizando o fluxo de atendimento de consultas e exames que foram suspensos no período de paralisação dos servidores. As Redes de Atenção Especializada (Reae) e de Atenção Primária (Reap) já estão com condutas firmadas desde o início da manhã desta segunda-feira, 12.

A paralisação iniciou no dia 20 de julho e seguiu até última sexta-feira, 9, quando os médicos decidiram pelo fim do movimento paredista, após serem recebidos, na tarde da última quinta-feira, 08, pela secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza, e demais gestores da SMS.

O Centro de Especialidades Médicas de Aracaju (Cemar) Siqueira Campos, por exemplo, está entrando em contato com os usuários que tiveram as consultas e exames marcados para fazer um novo agendamento.

“No Cemar Siqueira Campos tivemos pouca demanda porque depois de alguns dias de greve dos médicos, o Núcleo de Controle, Avaliação, Auditoria e Regulação (Nucaar) fechou as agendas, deixando de encaminhar as demandas para aquela unidade. Por isso, ao longo desta semana, estaremos reagendando os procedimentos por telefone”, explicou a coordenadora da Reae, Maria Auxiliadora Brito.

Já no caso dos procedimentos suspensos que foram marcados para o Cemar Augusto Franco, os usuários estão sendo orientados a retornar às Unidades Básicas de Saúde (UBS) de referência.

“Como não se sabia quanto tempo iria durar a greve, o Nucaar não fechou as agendas do Cemar Augusto Franco. Por isso, os usuários foram orientados a dar entrada novamente através das UBS onde são cadastrados. Uma vez recadastrados, os gerentes das unidades vão solicitar ao Nucaar prioridade para que estes procedimentos a fim de não prejudicar ainda mais esses usuários”, acrescentou a coordenadora.

Atenção Básica

A Rede de Atenção Primária (Reap), responsável pelas UBS, também está reorganizando o seu fluxo. Segundo a coordenadora da Reap, Monalisa Fonseca, os gerentes das unidades já foram orientados a como proceder quando os usuários forem remarcar os procedimentos suspensos no período da greve.

“Para o reagendamento das consultas e exames dos pacientes que pegaram este período de greve, o usuário deve seguir a seguinte orientação: procurar a UBS da sua área, onde o paciente é cadastrado, ir até o setor de marcação e ver com o gerente da unidade, o qual já está orientado a inserir novamente este agendamento. Internamente, a SMS vai proporcionar um tratamento diferenciado, ou seja, vai dar prioridade a essas pessoas que perderam os procedimentos na data antes estipulada por causa da greve destes profissionais”, informou Monalisa.

Primeiros atendimentos

A auxiliar de cozinha, Katylin da Silva, falou da necessidade de usar o serviço público de saúde e da importância do retorno dos profissionais aos postos de trabalho. “Minha filha precisava fazer uma cirurgia corretiva nas orelhas. Vim várias vezes, e os médicos não estavam atendendo. Já tinha feito consultas com a médica, e só faltava marcar a cirurgia. Agora, como todos já voltaram, tudo vai se normalizar”, opinou.

O estudante Wlysses Menezes, também não conseguiu atendimento por conta da greve, retornou hoje ao Centro de Especialidades Médicas para regularizar a situação. “Eu vinha para o Cemar e, por várias vezes, tive que voltar pra casa. Mas logo após o fim da greve, já me ligaram e logo vim para receber o atendimento”, falou.

Já o advogado Cláudio Resende, falou sobre o fim da greve e sobre o alívio de saber que os médicos estão de volta. “Sei que a greve é direito do funcionário, mas a população é quem estava sofrendo. Acredito que agora, com o retorno dos médicos, a situação irá melhorar”, enfatizou.

Fonte e foto SMS