13/11/18 - 13:35:13

Vinícius Porto destaca atuação da Fundat para combater o desemprego

O enfrentamento do desemprego passa por um plano de crescimento econômico contínuo, mas também por uma política contínua de formação profissional e qualificação de mão-de-obra. E esse tem sido o caminho adotado pelo prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, que por meio da Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat) que disponibiliza para a população cursos nas mais diversas áreas sempre com foco nas demandas do mercado. É o que afirma o vereador, Vinicius Porto ao destacar que novembro iniciou com a abertura de 10 novos cursos, o que corresponde a 260 vagas.

Vinícius Porto ressalta que hoje um número expressivo de postos de trabalho abertos pelas diversas empresas que chegaram ao mercado aracajuano foram ocupados por jovens preparados, capacitados e qualificados pela Fundat. “Adquirir conhecimentos e competências é imprescindível para a superação dos desafios a serem enfrentados no mundo do trabalho”, avalia o parlamentar ao parabenizar a atuação da Fundat em buscar por meio da qualificação das pessoas desempregadas a chance de ser inserida no mercado de trabalho.

Cursos

A Fundat abriu matrículas para os cursos de Produção Cultural e Design, Ambiente e Saúde, Gestão e Negócios e Produção Alimentícia. As matrículas podem ser feitas de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 16h30, na sede da Fundat (rua Pacatuba, 104, Centro) ou diretamente na Unidade de Qualificação Profissional (UQP) onde ocorrerá o curso. Porém, as inscrições para as turmas que acontecerão nas unidades dos bairros 17 de Março e Santa Maria, serão realizadas apenas nos respectivos locais. É importante ressaltar que as inscrições são gratuitas e serão realizadas enquanto houver vagas e que a maior parte delas é destinada às UQPs.

No ato da inscrição é necessário apresentar os seguintes documentos (original e cópia): RG, CPF, Número de Identificação Social (NIS), comprovante de residência (com CEP de Aracaju) e declaração de escolaridade (ou histórico escolar). Para os cidadãos que tiverem 16 ou 17 anos, será obrigatório o acompanhamento do responsável, que também precisará do RG e CPF em mãos.

Por César Cabral

Foto assessoria