15/11/18 - 06:48:34

Ato em defesa do Ministério do Trabalho reuniu políticos e dirigentes sindicais

Ante ameaça de extinção do Ministério do Trabalho, deputados, vereadores e dirigentes sindicais de várias categorias se uniram em protesto na porta do MTB em Aracaju

por: Iracema Corso

Em defesa do Ministério do Trabalho, o ato promovido pelo SINDIPREV/SE (Previdenciários) reuniu na porta do MTB da Rua de Pacatuba, em Aracaju, dirigentes de vários sindicatos, o vereador Iran Barbosa, o deputado federal João Daniel, a deputada estadual Ana Lúcia, veículos de comunicação da mídia sergipana, entre outras trabalhadoras e trabalhadores. Manifestações como esta em apoio ao Ministério do Trabalho aconteceram nesta quarta-feira (14/11) em vários estados da federação brasileira.

Coordenador Geral do SINDIPREV/SE, Joaquim Antônio afirmou que a defesa do Ministério do Trabalho não interessa só aos sindicalistas, mas a toda sociedade que vive, depende do seu trabalho e, portanto, depende de um órgão que assegure os direitos trabalhistas. “O Ministério do Trabalho é patrimônio do trabalhador brasileiro. Se o trabalhador sofre assédio ou tem algum direito que lhe é negado, ele procura o Ministério do Trabalho. É onde encontramos orientações e o apoio ao trabalhador. É através do NAT (Núcleo de Apoio ao Trabalhador) e do Fundo de Apoio ao Trabalhador que os desempregados conseguem retornar ao mercado de trabalho e se qualificar. Mas o governo de extrema direita eleito está de olho no fundo do NAT, está de olho no Ministério do Trabalho porque não aceita que o trabalhador brasileiro recorra ao Ministério do Trabalho que é um órgão sério, competente, que defende os trabalhadores brasileiros os empregados da iniciativa privada e pública”.

Diretor de Formação da Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE) e vice-presidente do SINTESE (Professores), Roberto Silva reforçou a união do movimento sindical nesta luta em defesa do Ministério do Trabalho. “O SINDIPREV/SE está de parabéns por sair em defesa do Ministério do Trabalho. É um Ministério que tem uma história de mais de 80 anos, que tem um papel social importante na política de emprego deste País, na fiscalização das relações de trabalho, na fiscalização do trabalho escravo, especialmente no meio rural, mas também no meio urbano. Por reconhecer a importância desta luta estamos aqui prestando nossa solidariedade e apoio para reafirmar que estamos juntos hoje contra o ataque ao Ministério do Trabalho e qualquer outro ataque e ameaça de perda de direito que possa existir daqui para frente”.

Foto assessoria