21/11/18 - 08:15:09

Política de compadrio

Enquanto não se mudar a relação de compadrio entre as prefeituras e empresas de ônibus, a população não terá um sistema de transporte coletivo digno. Antes de pensar em conceder exagerados reajustes da passagem, como querem agora as concessionárias da Grande Aracaju, os gestores municipais deveriam primeiro exigir das empresas que ofereçam um serviço de qualidade. É necessário fiscalizar com rigor o cumprimento dos horários pelos coletivos, exigir a permanente renovação da frota e a qualificação de motoristas e cobradores. Quando isso acontecer, o povo usará mais os ônibus, aumentando o faturamento das concessionárias sem a necessidade de reajustar a tarifa e diminuindo os engarrafamentos causados pelo excesso de carros nas ruas. É nesta direção que devem funcionar os relógios dos prefeitos. O contrário disso é agir contra o povo para apadrinhar as empresas de ônibus.

Troca de mãos

Seria chamado de louco quem previsse, há dois meses, a abrupta troca de comando da Prefeitura de Itabaiana. Pois isso aconteceu ontem, com a posse da vice Carminha Mendonça (PSC). Ela substituiu o prefeito Valmir de Francisquinho (PR), preso há mais de um mês, sob a acusação de ter metido a mão grande no dinheiro do contribuinte. Considerado por muitos como um grande gestor, Valmir assistiu atrás das grades a ex-aliada política assumir prometendo fazer uma devassa nas contas da prefeitura. Misericórdia!

Chegada barulhenta

E a vereadora aracajuana Kitty Lima já chegou no PPS soltando os cachorros na direção do partido: “Não estarei no mesmo ambiente de membros que estão acostumados a negociatas”. A afirmação da moça foi um recado à turma do ainda presidente Clóvis Silveira que a porta da rua é a serventia da casa. Os atuais dirigentes do PPS chiaram com a insinuação, porém não tem jeito, pois quem manda agora no partido é o senador eleito Alessandro Vieira, juntamente com seus companheiros da Rede. Cruz credo!

Aqui não, violão!

Vejam o que publica hoje o Jornal da Cidade: “Comentários nos meios políticos dão conta que o nome do ex-deputado federal Sérgio Reis (MDB) teria sido rejeitado na composição de uma chapa para disputar a diretoria do Sebrae em Sergipe. Dizem que o governador Belivaldo Chagas (PSD) o vetou agora. Mas, na eleição passada, Reis já tinha sido atingido por políticos ligados ao ex-governador Jackson Barreto (MDB)”. Crendeuspai!

Cardápio nordestino

Governadores do Nordeste se reúnem hoje, em Brasília, com o ex-juiz e futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro.  Objetivo do encontro com o representante do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) é fechar uma agenda única para a Região. Entre os temas prioritários dos governadores estão segurança pública, combate ao desemprego, crescimento econômico, retomada de obras, políticas de créditos e industrial focadas no Nordeste e equilíbrio fiscal, incluindo a reforma da Previdência. Então, tá!

Na terrinha

O ministro dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, estará em Sergipe na próxima sexta-feira. Vem liberar ao tráfico trechos da BR-101, visitar obras da rodovia federal 235 e assinar ordem de início para o início das obras do encabeçamento da ponte sobre o Rio São Francisco. O ministro, que passará todo o dia em Sergipe, terá como anfitrião o deputado federal André Moura (PSC), líder deste governo temerário no Congresso. Homem, vôte!

Contra o criador

De olho na Prefeitura de Socorro, Klewerton Siqueira – sem partido – cortou as relações com seu criador político e deputado federal eleito Fábio Henrique (PDT). Ex-secretário de Transporte de Socorro na gestão do pedetista, Klewerton só pensa em tomar a cadeira do prefeito Padre Inaldo (PCdoB). Segundo o moço, a administração do reverendo comunista é uma tragédia: “Ele não tem prioridades”, fustiga. Aff, Maria!

De volta ao batente

Após ter passado 10 dias na Espanha participando de um evento sobre cidades inteligentes, Edvaldo Nogueira (PCdoB) reassumiu a Prefeitura de Aracaju. Ao devolver o comando da capital ao titular, a vice-prefeita Eliane Aquino (PT) externou a satisfação em fazer parte da gestão municipal. Esta foi a última vez que a petista substituiu Nogueira, já que renunciará ao cargo em dezembro para tomar posse como vice-governadora de Sergipe.

Boa nova

Com o título “Gente Sergipana”, o jornalista Ancelmo Gois publica, hoje, em O Globo a seguinte nota: “Dia 28, na presença de Temer, Sérgio Sá Leitão entregará a comenda da Ordem do Mérito Cultural. Entre os 35 homenageados, o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, que completa 180 anos, e o Museu da Gente Sergipana, primeiro museu interativo do Nordeste”. Maravilha!

Há vagas

E o Ministério da Saúde acaba de abrir 8.517 vagas para o Programa Mais Médicos. O objetivo é substituir os profissionais cubanos, que estão deixando o Brasil. Os selecionados vão trabalhar em 2.824 municípios e em 34 distritos indígenas. Pelo edital do Ministério da Saúde, Sergipe terá direito a apenas 94 das mais de 8 mil vagas. A questão agora é saber se os médicos brasileiros vão querer trabalhar em distantes povoados deste Brasilzão de meu Deus. Só Jesus na causa!

Cadê o dinheiro?

Após quase nove meses como superintendente da Polícia Federal em Sergipe, a delegada Érika Marena deixará o cargo. A convite do futuro ministro da Justiça Sérgio Moro, a competente policial vai assumir o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica do Ministério. Há quem diga que muitos empresários graúdos estão à base de Lexotan, pois uma das funções de Érika é rastrear os milhões que eles entocaram em paraísos fiscais. Considerada linha dura, a delegada Marena é precursora da Lava Jato tendo, inclusive, batizado a Operação. Vixe!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário de Sergipe, em 28 de maio de 1945.

Resumo dos Jornais