21/11/18 - 09:30:36

ENERGIA: WORKSHOP IRÁ DISCUTIR O USO FONTES ALTERNATIVAS

Evento será realizado de 22 a 24 de novembro na sede do Sebrae.

Aracaju sedia de 22 a 24 de novembro a VII edição do Workshop de Energias Alternativas (WEA). O evento, que será realizado na sede do Sebrae, busca promover um amplo debate sobre a utilização de fontes de energia renováveis e difundir as mais recentes pesquisas relacionadas ao tema no estado.

A programação contará com mesas redondas, minicursos, clínicas tecnológicas, exposições e visitas técnicas. A cerimônia de abertura será promovida no dia 22, ás 8h. Em seguida, será realizada uma conferência e uma mesa redonda sobre energia solar. À tarde, a partir das 14h, serão promovidas as oficinas e clínicas.

No dia 23, a partir das 8h, os participantes terão a oportunidade de acompanhar duas mesas redondas sobre energia eólica e energia da biomassa. No período vespertino a programação continua com a oferta de novos minicursos, clínicas tecnológicas e oficinas.

Ao longo dos dois dias também acontecem as exposições de equipamentos e apresentações de pesquisas relacionadas ao setor. Já na sexta-feira, 24, serão promovidas visitas técnicas.

O investimento para participar do workshop é de R$ 50. As inscrições podem ser feitas pelo site www.workshopenergia.com.br . O evento é realizado pelo Sebrae em parceria com a Universidade Federal de Sergipe. Mais informações também podem ser obtidas pelo telefone 0800-570-0800.

Mercado

Segundo a Agência Internacional de Energia, a demanda mundial de energética deverá aumentar em 30% até 2040, o que fará com o que o mercado precise contar, cada vez mais, com fontes como o gás natural e renováveis para suprir essa demanda.

E a sociedade aos poucos vem despertando para a necessidade de realizar investimentos no mercado de energias alternativas. Em 2017, o investimento mundial em energia solar bateu novo recorde, com US$ 160,8 bilhões, 18% mais que em qualquer outra energia (renovável, fóssil ou nuclear), e com a China liderando esse movimento, de acordo com um relatório divulgado pela ONU Meio Ambiente.

Apesar das crises políticas e econômicas, o Brasil instalou mais de 2 GW em capacidade de energia eólica no ano passado. No ranking dos dez países com mais capacidade de energia eólica no acumulado, o país subiu uma posição e aparece agora em oitavo na lista, com 12,76 GW, ultrapassando o Canadá.

Foto assessoria

Bruno Leonel