26/11/18 - 10:33:43

Galeria J. Inácio lançará última exposição do ano na próxima quinta-feira, 29

Vivências entre olhar e escuta são propostas da última mostra selecionada pelo Edital 2018 da Galeria

‘Com os ouvidos mais atentos que os olhos’ é o tema da última exposição contemplada no edital de ocupação da Galeria J. Inácio neste ano, e é assim que o artista Frederico Pessoa convida todos os sergipanos, através da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), para a exposição de suas obras. A mostra será realizada no dia 29 de novembro, às 10h, no Corredor Cultural da Secult, localizado na rua Vila Cristina, 1051, São José.

Como o próprio tema da exposição já indica, essa será uma exposição bem diferente das que já foram apresentadas ao público durante este ano. O artista traz uma exposição mais dinâmica, com trabalhos que se inserem no campo da arte sonora e ressignificam objetos do nosso cotidiano. O objetivo da exposição é provocar a sensibilidade do público, solicitando novos modos de perceber os objetos e estabelecer relações com eles.

Exigindo atenção tanto do olhar quanto da escuta, ‘Com os ouvidos mais atentos que os olhos’, propõe uma experiência aprofundada em sua vivência, apresentando entre as obras, caixas pretas, onde será possível escutar trechos de obras de Graciliano Ramos, Humberto Rodrigues, Pedro Paulo Negrini, Antônio Carlos Prado e Luiz Alberto Mendes. “Uma prática bem convidativa está intrínseca nesta exposição, anotem em suas agendas e venham prestigiar e refletir conosco”, destaca a diretora da Galeria, Jane Junqueira.

Sobre o artista

Frederico Augusto Vianna de Assis Pessoa é brasileiro, natural de Belo Horizonte- MG. Doutor e Mestre em Artes/Tecnologia da Imagem, e pós-graduado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais, atuando principalmente nos seguintes temas: estudos sonoros, arte sonora, design sonoro, cinema, estética e política. Atuou como professor substituto no curso de Cinema de Animação e Artes Digitais da UFMG, bem como na Pós-graduação em Jornalismo Cinematográfico do Centro Universitário UNA.

Estudou violão clássico e teoria musical na Fundação de Educação Artística em Belo Horizonte e Recording Techniques and Music Production no Morley College, em Londres. Realiza trabalhos multimídia individuais e coletivos, exposições, atua como designer sonoro e músico. Pesquisa as manifestações sonoras e suas articulações em diversas linguagens: no cinema, nas artes visuais e sonoras, na performance, na dança, bem como as relações entre estética e política.

Secretaria de Estado da Cultura