26/11/18 - 07:54:31

Governo paralisado

Enquanto o governador reeleito Belivaldo Chagas (PSD) não anunciar os futuros secretários e dirigentes de órgãos do segundo escalão a máquina pública ficará em ponto morto, fato comum em fins de mandatos. Muitos auxiliares do governo, especialmente, os ocupantes de cargos comissionados, estão praticamente de braços cruzados. Aqueles que não alimentam esperança de serem aproveitados no segundo mandato de Belivaldo pouco têm aparecido ao trabalho. Quando vão, praticamente nada decidem, comportamento seguido pelos comissionados, muito mais interessados em saber quem será o “novo chefe”. É visível como o atendimento nas repartições ficou ainda mais lento depois das eleições. Aliás, em muitos casos, a fidalguia deixou de existir, pois estando de “aviso prévio” muitos comissionados estão se lixando para quem procura seus préstimos. Pior é que essa inércia deve perdurar até os primeiros meses de 2019, período necessário para o ajustamento da nova equipe do governo.

Ato falho

O deputado federal eleito Valdevan Noventa (PSC) usou o Facebook para comemorar a emancipação política simultânea de Amparo do São Francisco, Barra dos Coqueiros, Carira, Cumbe, Canindé, Itabi, Malhada dos Bois, Malhador, Monte Alegre, Pacatuba, Pedrinhas, Pinhão, Poço Verde e Tomar do Geru. Ao ler a mensagem, o internauta Manoel Belarmino cutucou o deputado por ter esquecido Poço Redondo, que também festejou ontem, a emancipação política: “Não o conhece ou não conhece a história de Sergipe”. Homem, vôte!

Candomblé em festa

A Assembleia Legislativa homenageou a Mamet’u Orodomim Yalorixá Mãe Wilma com a Medalha da Ordem do Mérito Parlamentar. Segundo a deputada estadual Ana Lúcia (PT), a homenageada é um exemplo do respeito às crenças religiosas: “Ela é querida não apenas por candomblecistas, mas também por católicos e evangélicos”, discursou a petista. A Yalorixá disse que a homenagem prestada “ficará eternizada na minha vida e nas de meus filhos e netos”. Legal!

Poxim agoniza

O Rio Poxim, responsável pelo abastecimento de parte de Aracaju, enfrenta problemas sérios. É preciso que o governo estadual garanta políticas públicas de recuperação daquele importante corpo d’água. O Poxim está totalmente poluído. Na nascente o desmatamento é grande e nas margens há lixo por todos os lados. Credo em cruz!

De olho no pré-sal

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) defende que seja votado o quanto antes o projeto de cessão onerosa do pré-sal. O apelo do comunista foi feito ao presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), que esteve em Sergipe no último sábado: Segundo Nogueira, neste momento de crise financeira, a aprovação da matéria permitirá que estados e municípios recebam 20% dos recursos arrecadados pela União com o leilão do excedente de petróleo. Que bom!

Seca braba

Agricultores do agreste sergipano estão preocupados com a redução do lençol freático da região. Segundo eles, a forte estiagem está secando os poços artesianos, usados para irrigar as plantações de hortaliças. O corte da vegetação nativa no entorno dos poços naturais também contribui para a grave crise hídrica do agreste. Lastimável!

Os deserdados

A partir do próximo ano, 14 legendas perderão a fatia do fundo partidário porque não elegeram ao menos nove deputados federais em nove estados ou não conquistaram nas urnas o mínimo de 1,5% dos votos válidos. Estão nessa situação os partidos Rede, Patriota, PHS, DC, PCdoB, PCB, PCO, PMB, PMN, PPL, PRP, PRTB, PSTU, PTC. Além da grana, eles também perderão o tempo gratuito de rádio e TV, fundamental para a divulgação dos programas partidários. Misericórdia!

Sem médico

O retorno dos médicos cubanos ao seu país de origem deixou 12 municípios sergipanos sem assistência médica. Ao todo, 94 profissionais deixaram de atuar em Sergipe desde que Cuba abandonou o Programa Mais Médico. O Ministério da Saúde promete substituir os cubanos por profissionais brasileiros, mas enquanto estes não chegam, a população carente fica totalmente desassistida. Crendeuspai!

Milho para Sergipe

A Companhia Nacional de Abastecimento vai enviar milho para Sergipe. Segundo o jornal Valor Econômico, a Conab contratará frete para a remoção de 35,2 mil toneladas de milho a fim de abastecer as unidades armazenadoras que atendem o Programa de Vendas em Balcão. Além de Sergipe, outros 19 estados serão beneficiados com o milho a ser transportado dos armazéns localizados em Mato Grosso, Goiás e Piauí.

Com Valmir

Dependesse do deputado federal André Moura (PSC), o prefeito afastado de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR), já teria reassumido o mandato. Embora também seja aliado político da prefeita interina Carminha Mendonça (PSC), Moura entende que quem deve concluir o mandato é Valmir, pois foi eleito pela maioria dos itabaianenses. O diabo é a Justiça se convencer de que Francisquinho é inocente. Marminino!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha Popular, em 25 de julho de 1955.

Resumo dos Jornais