27/11/18 - 11:10:08

Ipesaúde realiza palestra sobre câncer de próstata para policiais militares

A equipe de enfermagem também realizou ação de aferição de pressão e glicemia no público presente.

Na manhã desta segunda-feira, 26, o Ipesaúde realizou palestra sobre câncer de próstata no auditório da Academia de Polícia de Sergipe (Acadepol). A ação foi voltada para os componentes da Polícia Militar (PMSE) e contou com a presença do médico urologista dr. Ricardo Bragança, que ressaltou a importância da prevenção, fatores de risco, sintomas, além de outras orientações sobre a doença.

De acordo com o médico urologista dr. Ricardo Bragança, “ o momento é de extrema relevância ainda mais no mês de conscientização. O câncer de próstata ainda é o segundo mais comum nos homens e segunda maior causa de morte também, perdendo apenas para o câncer de pele. O diagnóstico precoce faz toda diferença e se livrar dos preconceitos a respeito dos exames preventivos também”, disse.

Os integrantes da Polícia Militar puderam ter acesso às informações sobre diagnóstico e tratamento precoce, já que os tumores na próstata se apresentam de maneira silenciosa e os exames regulares podem detectá-los.

O Coronel da Polícia Militar, Vivaldy Cabral participou do evento e agradeceu a iniciativa, ressaltando que os cuidados com a doença devem ser constantes, tendo em vista que é inerente a todos os homens.

“O câncer de próstata é uma doença que pode atingir todos os homens e nós, em nossa atividade policial, nos sentimos na obrigação de difundir essas informações. Agradecemos ao Ipesaúde e ao dr. Ricardo Bragança pela palestra esclarecedora. A Polícia Militar de Sergipe está muito honrada com a oportunidade”, enfatiza.

A equipe de aferição de pressão e glicemia do Ipesaúde também esteve presente e orientou os policiais sobre os índices glicêmicos, pressão arterial e como é imprescindível o controle da saúde de maneira geral, principalmente pela rotina desses profissionais.

Câncer de Próstata

Dados do Ministério da Saúde dão conta de que o câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Em fase inicial, onde a doença geralmente não apresenta sintomas, as chances de cura são de 90%, por isso a importância da realização de essas regulares.

Fonte e foto assessoria