28/11/18 - 05:23:03

Feijoada da APAE Aracaju acontece no próximo sábado, dia 1º

Com o objetivo de promover solidariedade em prol dos assistidos e integração entre funcionários e a comunidade local, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) Aracaju, realiza neste sábado, 01, a 5ª edição da Feijoada dos Amigos, que desta vez, acontece em frente à sede da entidade, na Rua Manoel dos Santos Carvalho, 379, no Bairro Industrial.

Além de saborear uma deliciosa feijoada preparada pela equipe de cozinha da Associação, os participantes ainda poderão conferir as apresentações das bandas Ultra Samba, Papo Sincero e dos cantores Vini Guerreiro e Matheus Maia, artistas que se dispuseram a ajudar sem cobrar cachês.

Para participar do evento basta que o interessado adquira o seu ingresso ao preço de R$ 25,00 na sede da Instituição ou nos demais pontos de venda, como o Bar e Restaurante do Itabaiana, na Rua Belém ou Bar do Flamengo, na Avenida Corinto Leite, ambos no Bairro Industrial.

A festa, além de ser um momento de confraternização é também uma maneira da entidade angariar algum recurso para ajudar na manutenção das despesas. “A gente sabe que fazer filantropia não é fácil e estas campanhas são sempre bem vindas porque, não só ajuda a promover uma melhor relação entre colaboradores, voluntários, assistidos e familiares, como também cria uma oportunidade para conseguir um pouco de recursos”, assegura Max Guimarães, presidente da entidade.

Durante o evento também será lançado o aplicativo APAE Aracaju. Uma ferramenta que chega para facilitar a vida dos contribuintes e da própria instituição. A estratégia surgiu em parceria com a empresa VIVITECH, especializada em desenvolvimento de soluções tecnológicas. Com o App, disponível, por enquanto, para aparelhos do sistema Android, (Google Play), os doadores fazem suas contribuições através do cartão de crédito com total segurança, seja nas campanhas avulsas ou sazonais, a qualquer hora do dia. O ambiente ainda pode ser usado para a divulgação de banner’s publicitários e serve como mais um canal de divulgação dos parceiros e da própria instituição. Apesar da facilidade a mais a partir do aplicativo, a forma convencional de recebimento das contribuições não será suspensa.

A APAE Aracaju

Hoje, entre as áreas da educação, assistência social e saúde, a APAE Aracaju assiste a cerca de 350 usuários, demanda que aumentou significativamente depois que a instituição firmou convênio com o Ministério da Saúde e passou a funcionar como Centro Especializado em Reabilitação (CER II), com uma meta mensal de 400 atendimentos, entre crianças e adultos, meta esta que supera quase 4 vezes mais o número estabelecido. Isto ocorre porque muitos dos assistidos, a depender do tipo de deficiência, precisam passar por três ou mais profissionais da saúde.

Com a nova pactuação entre Estado, Prefeitura de Aracaju e Ministério da Saúde, a APAE passou a atender as demandas de 67 municípios sergipanos enquanto que o CER II da Secretaria Municipal de Saúde, localizado no bairro Siqueira Campos e o Centro de Integração Raio do Sol, no Bairro Santa Maria, recebem toda a demanda de Aracaju e de mais 7 municípios: Barra dos Coqueiros, São Cristóvão, Itaporanga D’ajuda,  Laranjeiras, Riachuelo, Santa Rosa de Lima, Divina Pastora.

Como parte dos critérios estabelecidos entre APAE e MS, o quadro de funcionários foi ampliado e hoje a instituição conta com cerca de 60 colaboradores sendo, 2 ortopedistas, 1 psiquiatra, 1 responsável técnico, 4 fonoaudiólogos, 4 psicólogos, 4 fisioterapeutas, 3 terapeutas ocupacionais, 2 enfermeiras, 1 nutricionista, 1 técnica de enfermagem, 1 auxiliar de enfermagem,  além de 12 profissionais das oficinas pedagógicas, 4 assistentes sociais e mais 1 voluntário. O quadro se completa com outros profissionais que ajudam a manter a instituição em funcionamento nos setores da administração, comunicação, telemarketing e serviços gerais, totalizando cerca de 60 colaboradores.

Apesar do convênio firmado, desde o início não tem sido fácil. Primeiro, veio a demora na contratualização junto a Secretaria Municipal de Saúde, depois, mais dificuldades para receber devido a contratempos na prestação de contas. O fato é que, por causa de ter que se reestruturar para atender as exigências do Ministério da Saúde, ampliando salas, quadro de funcionários e adquirindo equipamentos, a reserva financeira que a APAE tinha foi usada para investimento e os repasses dos recursos não foram feitos na mesma velocidade, como ainda permanecem, o que resulta em salários de funcionários atrasados e o risco de comprometer o atendimento.

Para quem quiser conhecer mais de perto a APAE Aracaju, saber como são investidos os recursos, como são desenvolvidas as ações, basta visitar a sede da instituição ou acompanhar as suas atividades através das redes sociais ou pelo programa Inclusão & Saúde, na Aperipê TV (sábados às 8h), ou ainda ligar para (79) 3215-5959 ou 3205-4600.

Fonte: ASCOM – APAE Aracaju

Foto: Divulgação