29/11/18 - 16:06:32

CONCURSO DE POESIA MARCELO DÉDA: CMA PREMIA VENCEDORES

por Leilane Coelho

Na manhã desta quinta-feira, 29, a Câmara Municipal de Aracaju (CMA) realizou uma Sessão Solene no Plenário da Casa para a entrega das poesias vencedoras da 3º edição do “Concurso de Poesia Marcelo Déda”. A sessão foi comandada pelo presidente da Casa, Nitinho (PSD) e contou com a presença de diversos vereadores, além da secretária de Educação de Aracaju, Cecília Leite; da irmã de Marcelo Déda, Maria do Carmo e outras autoridades.

Ao todo foram inscritas 124 poesias de diversas escolas do município de Aracaju que tratavam sobre variados temas. Para Nitinho este prêmio tem o intuito de propagar a cultura através da poesia, além disso, mostra o compromisso de todos os vereadores com a educação. “Tive vários embates políticos com Marcelo Déda a época em que ele era do meio político, infelizmente não pude me desculpar antes de sua morte, mas a família e ele de onde estiver sabe da minha admiração que eu tenho por Déda. Por isso, esse prêmio tem um nome tão importante, Déda representava para a sociedade aracajuana a construção de homem político, homem família, homem poeta e outras qualidades”.

A secretária de Educação de Aracaju, Cecília Leite, lembrou que Déda deixou um legado de produção cultural em todo Estado e parabenizou a Câmara pela iniciativa. “Esse prêmio, essa homenagem é justa devido a sua grande produção cultural no nosso Estado. A Câmara está de parabéns ao criar esse prêmio que perpetua a produção de conhecimento, de cultura e introdução dos alunos na sociedade”.

Os três vencedores ocuparam a Tribuna da Casa leram durante a Sessão as poesias feitas por eles. A primeira colocada Camylle Vitória Santos Campos da EMEF José Conrado de Araújo tratou em sua poesia sobre o amor e a forma como ele chega a vida das pessoas; já o segundo Rafael Soares Santos colocada também da EMEF José Conrado de Araújo tratou sobre o amor as palavras e o direcionamento que ela dá na vida de quem convive com elas; a terceira colocada Gabrielly de Jesus Maciel da EMEF Professora Núbia Marques escreveu sobre o amor a natureza e a grandiosidade dos seres que a compõem.

A assistente social da Câmara de Aracaju, Eliane de Jesus, disse estar muito feliz por fazer parte do setor que esteve à frente da organização da 3ºedição do Concurso de Poesia Marcelo Déda. “Estou muito feliz por estes alunos e mais ainda por fazer parte disso tudo”.

Ao falar sobre a trajetória de Marcelo Déda, sua irmã Maria do Carmo Déda, se emocionou ao dizer das qualidades do homem que foi Déda além da vida política. “Primeiro gostaria de parabenizar todos os vereadores que compõem a Câmara por terem feito um projeto belíssimo. Segundo quero dizer que projetos como esses incentivam a cultura e é disso que precisamos para reatar nossa história. Parabenizo também aos professores destes alunos por incentivarem em sala de aula a produção de conteúdos culturais e aos pais que entendem e enaltecem o desenvolvimento de tal atividade. Tenho certeza de que onde Déda estiver ele estará feliz, pois além da atividade política Déda foi pai, amigo, companheiro, poeta, advogado e tantas outras coisas que o tornam importante para todos”.

Professor apaixonado e grande apoiador da educação, Iran Barbosa (PT) utilizou a Tribuna para parabenizar o trabalho feito por todos os alunos inscritos e aos professores que acompanham estes jovens. “Toda vez que tem sessão para a entrega deste prêmio eu me lembro do tempo em que era aluno do Presidente Vargas e desde pequeno já cultivava o amor pela leitura e escrita. Quero parabenizar a todos que participaram deste prêmio e dizer que todos que se inscreverão são vencedores”.

Já o vereador Américo de Deus (Rede) disse estar muito feliz com o incentivo a cultura que a Câmara propõe através deste prêmio. “Estou muito feliz que a câmara esteja realizando mais uma edição deste prêmio e parabenizo a todos vocês pelas belas poesias”.

O parlamentar Lucas Aribé (PSB) lembrou que sua trajetória política também tem traços da admiração por Marcelo Déda. “Há várias lembranças que eu tenho em relação a ele. A primeira é de quando perdi a eleição e Marcelo Déda me olhou e disse “não desista”, outra situação foi quando o representei um dos seus filhos o Matheus, que também é deficiente, em uam solenidade. Para mim sua postura como parlamentar, como chefe do executivo, além da dua figura como homem é um exemplo na política sergipana”.

Elber Batalha (PSB) também parabenizou a Câmara pelo prêmio. “Fico feliz em ver uma plateia tão jovial daqui de cima. Déda é uma pessoa que tive o prazer de conhecer e este concurso levar o nome dele é de extrema importância”.

Foto: César de Oliveira