01/12/18 - 08:09:20

Em Sergipe, a SSP se confunde com a Polícia Civil, afirma capitão Samuel

O presidente da Comissão de Segurança Pública na Alese, deputado estadual reeleito, capitão Samuel Barreto (PSL), não gostou das informações de que a polícia militar poderia ficar sem autonomia financeira, afirmando que “no inicio do ano teve uma tentativa de retirar recursos da PM/BM através de alteração na legislação do Fundo de Segurança Publica”, disse o parlamentar.

Para Samuel, os investimentos que são feitos na polícia civil, são bem maiores que para a polícia militar. “A Polícia Militar e Bombeiro,  não tem um real para investimento, fica tudo para SSP, e ela investe tudo na Polícia Civil”, afirma Samuel que reclama que foram adquiridos pistolas para a PC e não para a PM. “Eu não sou contra que faça investimentos em armamentos para a polícia civil que precisa sim de armas boas. Veja execução do orçamento de anos anteriores. Equipamentos chegam sempre para Polícia Civil primeiro e em melhores condições, como o caso das Pistolas Gloc. Mas porque não fazer com a polícia militar também?”, questionou Samuel.

Samuel vai mais além e diz que a SSP quer acabar com autonomia da Polícia Militar e Bombeiros Militares. “Isso significa retroceder e enfraquecer a instituição. O DAF da PM é reconhecido como o melhor do Estado de Sergipe, já o DAF da SSP esta nas páginas de jornais com denúncias diversas”, disse.

O deputado disse também que é preciso fortalecer a Polícia Civil, porém a SSP se confunde com a PC. “Precisamos fortalecer a Polícia Civil de Sergipe, passando ela a existir como é em outros estados. Em Sergipe a SSP se confunde com a Polícia Civil, mas nem sempre terá um Delegado da Polícia como Secretário”.

Por fim, Samuel reclama do fechamento do Hospital da Polícia Militar (HPM), informando que o governo não teria repassado o orçamento, na totalidade, o que teria provocado o seu fechamento. “O HPM, Hospital da Polícia Militar que tem DAF próprio, o governo não repassou o orçamento na totalidade e findou fechando o hospital há dois anos. Estamos buscando 1% do FUNESP para reabrir o hospital”, disse o deputado que concluiu dizendo que “a SSP não teve interesse”, disse o parlamentar e avisou: “estamos buscando apoio no Tribunal de contas”.

Munir Darrage