11/12/18 - 14:45:51

Belivaldo participa de posse de José Múcio Monteiro como presidente do TCU

Também foi empossada a vice-presidente, ministra Ana Arraes

O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, participou da solenidade de posse do ministro José Múcio Monteiro na presidência do Tribunal de Contas da União (TCU), nesta terça-feira (11), em Brasília. Na ocasião, também foi empossada a vice-presidente, ministra Ana Arraes. Ex-deputado federal, Múcio sucederá o ministro Raimundo Carreiro no comando do TCU.  O mandato é de um ano, podendo ser renovado por mais 12 meses a partir de 2020. O evento contou ainda com a presença do presidente Michel Temer, do presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, e do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia.

Para Belivaldo a posse de José Múcio Monteiro no TCU representa um marco importante na Corte de Contas da União por ser um homem que alia uma trajetória política e técnica. “O ministro José Múcio é conhecido pela sua grande habilidade de dialogar, de buscar o melhor resultado em cada situação. Ele alia essas habilidades a um vasto conhecimento técnico, tornando-se uma referência no cumprimento das suas funções. Tenho certeza que o TCU terá muito a ganhar com a sua gestão como presidente”, disse Belivado.

Após nove anos no TCU, o novo presidente falou da responsabilidade à frente do Tribunal. “Presidir uma instituição do porte desta corte de Contas em meios aos desafios que esse momento da história nos impõe, é certamente tarefa de grande dificuldade. Recebo a missão com um misto de sentimentos, mas com coragem e determinação comprometida a auxiliar na construção de um país mais justo, mais fraterno e mais solidário”, discursou Múcio.

O novo presidente

José Múcio Monteiro Filho nasceu em Recife no dia 25 de setembro de 1948. É formado em engenharia civil pela Escola Politécnica de Pernambuco e iniciou sua vida política em 1980. Em 2007, como líder do governo Luiz Inácio Lula da Silva na Câmara dos Deputados, foi convidado a assumir o comando do Ministério das Relações Institucionais, cargo que deixou em 2009 para ingressar no TCU. Ele entrou na vaga do ministro aposentado Marcos Vinícios Vilaça.

Fonte e foto assessoria