11/12/18 - 15:15:36

VEREADOR REPUDIA A FALTA DE ASSISTÊNCIA ÀS MULHERES NEGRAS

por Fernanda Sales

Na manhã desta terça-feira, 11, durante a 105ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), o vereador Dr. Manuel Marcos (PSDB), falou no Grande Expediente sobre a sua indignação com a falta de assistência às mulheres negras no momento do parto. O parlamentar faz referência a uma reportagem exibida na noite de ontem pela Rede Globo, que mostrou uma mulher que deu à luz no chão de um Hospital no Rio de Janeiro, sem nenhuma assistência médica.

“Infelizmente é mais um retrato do descaso com a saúde das pessoas, é uma humilhação a mãe ter seu filho sozinha, sem ter auxílio de ninguém e no chão do hospital. Esse é o modelo da saúde pública do nosso país, ninguém abre os olhos para a nossa população mais pobre, principalmente a população negra, que ainda sofre preconceito. A mulher, após ter seu filho, tentou reanimar o bebê, dando palmadinhas para que ele chorasse e conseguisse sobreviver”, falou o parlamentar indignado.

Manuel Marcos reforçou, com o exemplo desta paciente, a existência de dados que apresentam o aumento de mortalidade de mulheres negras durante o parto. “Já apresentei aqui nesta Casa esses dados, e esta paciente era negra. No Brasil, a mortalidade das mães no parto diminuiu em mulheres brancas, mas nas mulheres negras ou pardas esse número só aumenta. O que precisamos é unir forças para cuidar das pessoas mais carentes, que não têm planos de saúde e que precisam da assistência do poder público”.

Em aparte, Emília Correa (Patriota) lamentou o retrato da saúde pública do país. “Esse assunto merece sim atenção. Solicito que o senhor faça uma moção de repúdio e sou totalmente a favor desta causa. É lastimável ver uma mãe ter o seu filho dessa maneira”.

Fábio Meireles (PPS) também apoiou a fala de Manuel Marcos. “É hora de repensarmos o que é ser humano e qual a postura que estamos tendo no nosso dia a dia. O amor às pessoas está se perdendo. Isso é questão de humanidade. Quantas mulheres negras e pardas, e até brancas, sofrem nesse país com essa situação humilhante de falta de assistência?”, questionou.

Foto Gilton Rosas