12/12/18 - 16:21:38

Produtores homenageiam Seagri pelo apoio à caprinocultura

O presidente da Associação dos Produtores e Criadores de Caprinos de Porto da Folha (APCC), José Erinaldo de Santana – Naldo como é conhecido em sua cidade, homenageou a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) pelo apoio à realização do 2º Fest Cabra da Cidade de Porto da Folha em Sergipe.

A entrega da placa com a identidade visual da festa foi feita à secretária da Agricultura, Rose Rodrigues, e ao diretor técnico da Emdagro, Gismário Nobre.

“Agradeço à secretária Rose pelo apoio que vem dando aos pequenos criadores. Eu costumo dizer que o grande produtor tem como se sustentar nos tempos de seca. Mas o pequeno precisa do apoio do governo. Esse amparo agora nós temos. Em agosto a secretária Rose apoiou a ida de vários produtores para conhecer a experiência da criação de caprinos em Pernambuco e na Paraíba. Agora apoiou a realização do Fest Cabra, por isso estamos aqui para agradecer a ela como secretária, à Emdagro, como vamos agradecer a todos os que apoiaram”, disse o presidente da associação.

Naldo destacou que a Festa de Caprinos 2018 rendeu R$ 60 mil reais em negócios para os produtores que colocaram o rebanho à venda e também derivados do leito. Disse ainda que além do ganho financeiro, os produtores tiveram oportunidade de receber orientações técnicas de veterinário da Emdagro e de especialista em caprinocultura do Projeto Dom Távora que trouxe produtores de Frei Paulo, Carira e Graccho Cardoso para um intercâmbio com os de Porto da Folha.

A secretária Rose Rodrigues agradeceu em nome da equipe técnica da Seagri e da Emdagro pelo reconhecimento. Ela elogiou a força dos produtores que acreditaram que o evento seria possível, buscaram as soluções e, este já é o segundo ano de sua realização com sucesso.

“Penso que os vitoriosos são vocês os pequenos produtores que, mesmo com todas as dificuldades econômicas e de sustentabilidade ambiental, conseguem manter um rebanho com boa qualidade tanto para o comércio de carne com o de leite. Nós do governo estamos fazendo nossa parte, inclusive porque entendemos a caprinocultura e sua cadeia produtiva como alternativa econômica e social para convivência da mulher e do homem do campo com a seca”, destacou Rose.

Fonte e foto assessoria