20/12/18 - 00:01:21

CONVERSAS PARA FORMAR EQUIPE

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

Governador Belivaldo Chagas (PSD) demonstra que tem maioria ampla na Assembleia Legislativa e vai procurar mantê-la a partir de janeiro. Não parece difícil, é que ainda não há sinais da formação de uma bancada forte de oposição, capaz de criar obstáculos ao seu trabalho durante sua administração. Como os deputados eleitos ainda não estão demonstrando posição de apoio ou oposição, a impressão é que o governador reeleito vai iniciar o seu Governo em um clima de bom entendimento com o legislativo.

Dos deputados reeleitos, o ainda líder da oposição, Georgeo Passos (ainda Rede) foi o único a se manifestar contra a uma das reformas que mexe com o meio ambiente. A deputada Ana Lúcia (PT) se absteve de votar, posição que geralmente adota quando não está convencida de que o projeto satisfaz a Sergipe. Iran Barbosa (PT) vai assumir, como deputado eleito, exatamente o lugar de Ana Lúcia e poderá ser uma voz que põe em dúvida a obediência do que determina a maioria.

Ainda faltam alguns poucos projetos para revisão e provável aprovação, mas com toda reforma administrativa praticamente à mão, é provável que Belivaldo Chagas inicie os contatos com lideranças políticas do grupo que trabalhou para reelegê-lo, a fim de concluir a formação da equipe que administrará sob seu comando. O secretariado pode não sair já e ser concluído mais à frente, no próximo ano. O importante é que ela seja montada dentro dos critérios sugeridos por Belivaldo e que atenda às mudanças propostas.

Algumas lideranças políticas acreditam que pode haver reação em relação a indicações, mas o governador não vai abrir mão de que todas elas sejam técnicas e nenhuma atue sob as digitais do QI (Quem Indica). A recomendação é que se escolha o melhor que há nos partidos [ou até fora deles], que seja capaz de trabalhar para mudar a fotografia de um Estado que não conseguiu ainda respirar da profunda crise econômica, social e financeira que se meteu.

Fica claro: o secretário ou diretor de órgãos que sejam indicados não devem servir aos QIs, mas exclusivamente ao Estado, através de um projeto administrativo novo, capaz de expor à sociedade um Sergipe renovado.

ÚNICO PROBLEMA NA APROVAÇÃO

O único problema que houve para aprovação dos projetos do Governo na Alese foi a reação do deputado Georgeo Passos, em relação à Secretaria do Meio Ambiente.

Mas ela fora incorporada à nova Secretaria de Desenvolvimento Sustentável.

A posição de Georgeo provocou a abstenção da deputada Ana Lúcia.

SESSÕES SÓ TERMINAM HOJE

Com o número intenso de projetos a votar a Assembleia Legislativa só vai termina hoje as sessões ordinárias e entra em recesso até fevereiro.

Alguns deputados sem retorno no próximo ano.

REDE EMBARCA NO PPS

O senador eleito Alessandro Vieira e os deputados estaduais eleitos Georgeo Passos e Kitty Lima, todos da Rede de Sergipe, filiaram-se ontem ao PPS.

O movimento já era esperado e põe fim ao partido de Marina Silva.

DISCUSSÃO DE UNIÃO

A discussão para união da Rede com o PPS já vem há três meses. Embora houvessem resistências, os filiados à Rede trocariam a legenda pelo PPS.

A decisão sobre o nome do novo partido será tomada em janeiro.

Outros membros da Rede também se filiaram ao PPS.

PODE NASCER CIDADANIA

Da fusão dos dois partidos pode nascer a sigla “Cidadania”. Sobre isso a Rede tem reunião marcada para o dia 20 e também discute isso.

Já o PPS tem reunião marcada para dia 26.

PASTOR ANTÔNIO SURPREENDE

De oposição, o deputado Pastor Antônio (PSC) surpreendeu ao compreender a decisão do Governo Belivaldo Chagas em reformar administrativamente o Estado.

O pastor se posicionou a favor dos projetos.

POLÍTICA SEM LÓGICA

Enquanto em Sergipe PT e PCdoB estão rompidos, em Brasília o ex-presidente Lula poderia ter sido solto através de liminar do Partido Comunista do Brasil.

A política tem pontos e convicções diferentes nas mesmas legendas.

GRUPO COMEMORA

Aliados do deputado federal Valdevan Noventa comemora a decisão do TSE, que já determinou a sua diplomação, mas ficaram tristes por ele permanecer na cadeira.

O TSE negou por unanimidade a liberdade do réu.

AMEAÇA À PROCURADORIA

Segundo o advogado Evaldo Campos, a decisão do TSE em manter Valdevan Noventa tem um argumento que ainda não se havia cogitado.

O de que ele estaria ameaçando a Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe.

COMEÇOU A REDIGIR DEFESA

Evaldo Campos começou ontem a redigir o ato de defesa de Valdevan Noventa e diz que não há indícios de organização criminosa, mas de ação para conquistar votos.

E definiu: “há muito trovão para pouca chuva”.

ANDRÉ FICA NA ESPERA

O deputado federal André Moura (PSC) agora vai depender da nova formação do Senado para votação de sua nomeação à Anvisa, pelo presidente Temer.

Questões políticas e pessoais de Marta Suplicy impedem votação pela CAS.

SERIA BOM PARA SERGIPE

A nomeação de André Moura para uma diretoria da Anvisa é boa para Sergipe, porque teria um nome com um cargo no Governo Federal.

André agilizaria muita coisa para o Estado na diretoria do órgão.

MARCIO CRITICA PROCURADORES

Marcio Macedo disse ontem que “é impressionante a coletiva dos procuradores da Lava Jato. Eles se comportam como se fossem políticos”.

– E se auto intitulam porta-vozes da sociedade e desrespeitam a decisão do STF.

UMA NOVA ESPECULAÇÃO

Começou a circular, ontem, a especulação de que a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) pode continuar sob o comando do engenheiro Valmor Barbosa.

Também surge o nome do engenheiro Carlos Melo para ocupá-la.

DIFICULDADES NO 13º SALÁRIO

A maioria dos prefeitos não vai pagar o 13º Salário aos Servidores. Alguns deles não têm ideia de como e quando poderão fazê-lo.

Por enquanto, a Prefeitura de Estância já pagou o décimo e vai antecipar os salários.

APENAS FOGO DE MONTURO

Segundo um dos fundadores do MDB, pedindo reservas, o fuzuê em torno do desejo do deputado Fábio Reis em ocupar uma secretaria é usado apenas como pano de fundo.

Isso circulou de forma discreta e não atingiu o Governo.

AGORA É MONTAR A EQUIPE

O governador Belivaldo Chagas está, a partir de agora, preocupado em montar a equipe e espera que seus aliados não venham com o “pé embaixo”.

Quer que se chegue a um consenso sobre nomes capazes.

REFORMA ESTÁ APROVADA

Com as mudanças feitas e os projetos de reforma aprovados é provável que todos sigam as novas regras, para que o novo Governo prospere.

Quem não se adaptar certamente estará fora.

JANTAR APÓS SESSÃO

Belivaldo Chagas jantou ontem à noite em restaurante na praia de Aruana, com alguns deputados. Um relax depois da votação de vários projetos enviados pelo Governo.

A conversa foi descontraída e se falou pouco em política.

Notas

Norcon tem recuperação judicial – A Construtora Norcon conseguiu, terça-feira, na Justiça autorização para uma Recuperação Judicial no valor de mais de R$ 182 milhões. A empresa está com muito fôlego para sair da crise que a abalou nos últimos anos, por conta de seu patrimônio.

0x0

O que diz Marina Silva: “A decisão tomada pelo ministro do STF de forma monocrática e extemporânea, no último dia antes do recesso, sob vários aspectos, vai na contramão do anseio da sociedade brasileira de ver o fim da impunidade praticada por agentes públicos e privados contra as finanças públicas”.

0x0

De George Marques – Extrema-direita raivosa parte para todo tipo de ataque contra Marco Aurélio. São tão ousados que até tanques nas ruas e o Exército já estão pedindo, se lixando para as consequências de um pedido como esse. A histeria anda falando mais alto que a racionalidade e sensatez.

0x0

Movimentação indevida – Na denúncia contra Michel Temer no inquérito dos portos, a PGR vê “movimentação indevida” de R$ 32,6 milhões e pede que o valor seja devolvido pelos acusados. Raquel Dodge acusa o presidente outras cinco pessoas por corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na edição de um decreto em 2017.

0x0

Bolsonaro fica em silêncio – O presidente eleito, Jair Bolsonaro, reuniu sua futura equipe ministerial ontem na Granja do Torto, em Brasília. O encontro foi marcado pelo silêncio após a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello dar liberdade aos presos condenados apenas em 2ª Instância.

0x0

Decisão não abrange a todos – O jornalista Ricardo Pereira diz que não é verdade que a decisão do juiz Marco Aurélio Mello soltaria estupradores e homicidas. Isso é mais uma fake new que vem sendo disseminada pela mídia burguesa. As manifestações se contradizem em relação ao mérito da decisão de Marco Aurélio.

0x0

Aumento para servidor federal – Em um revés para a equipe econômica do governo de Jair Bolsonaro (PSL), o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu ontem manter o reajuste salarial previsto para servidores da Administração Pública Federal para o ano que vem.

Conversando

Vão se confraternizar – Deputados farão hoje confraternização ao terminar a última sessão e entrarem em recesso até fevereiro. Nem todos retornam.

Vamos a Fundema? – Muito Cuidado: A sigla Fundema, aprovada ontem, dá para confundir. É aconselhável que se pronuncie com muito cuidado.

Pode deixarO presidente regional do PPS em Sergipe, Clóvis Silveira, pode deixar o partido depois da reunião do Diretório Regional.

Sobre o NatalDeputados estão participando de confraternizações com lideranças políticas do interior para comemorar o Natal.

Paga salárioA Prefeitura Municipal de Porto da Folha está pagando o 13º Salário dos servidores e deve antecipar os salários.

Evita conversaEx-deputado Ivan Leite (PRB) está evitando conversar sobre política e não se manifesta mais sobre eleições municipais.

Chuvas cessamAs chuvas já estão se distanciando do alto sertão sergipano, mas agricultores estão começando a preparar as terras para o plantio.

Tentar PrefeituraO ex-deputado Mendonça Prado (DEM) age como se estivesse se preparando para tentar a Prefeitura de Aracaju em 2019.

Heleno e CacaHeleno Silva conversa discretamente sobre a Prefeitura de Canindé do São Francisco e pode se aliar a Caca Andrade.