21/12/18 - 00:01:41

A PREFEITA PRECISA MUDAR

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

Valmir Monteiro (PSC) e Hilda Ribeiro (SD) são aliados políticos sólidos. Ele prefeito e ela vice, claro. As circunstância inverteram posições e Hilda está prefeita já por alguns dias, sem que haja qualquer entrave dentro da chapa que disputou a Prefeitura e/ou com quem votou nela. A transição em Lagarto, provocada pelo afastamento do titular, foi tranquila e sem rancor. Afinal de contas trata-se de um grupo político unido, em paz e absolutamente consciente de que tem de conviver juntos para o bem de todos, inclusive do próprio município.

Hilda vem administrando bem nesse momento político e dentro da linha traçada pelo grupo para uma gestão eficiente e sem atropelos, principalmente expondo uma coerência programática e respeitando um projeto definido entre eles. O estilo Hilda, com a sua juventude, até surpreende, pela responsabilidade mais característica a quem tem experiência política.

Mas é preciso lembrar que, estando à frente da gestão, é normal que Hilda imprima seu estilo com maior clareza. E isso não significa ruptura ou rompimento político. Apenas revela que a prefeita assume a responsabilidade que lhe foi imposta, seja por seus eleitores, que votaram nela para vice-prefeita, seja pele Justiça, que a convocou para assumir com o afastamento do titular.

Portanto não se pode cobrar, ou até exigir, que a prefeita mantenha toda a equipe que encontrou, pois a responsabilidade pela gestão, sendo dela, de Hilda, é normal que se cerque de pessoas de sua mais estrita confiança. E, como o grupo político do qual Hilda faz parte está unido, aproveitar também pessoas que já estão na gestão e sabem como conduzir segmentos importantes da máquina.

Seria até perigoso, tanto para Hilda, quanto para Valmir, que a prefeita não tomasse posse e administrasse de fato e de direito, pois a Justiça observa esse tipo de situação. E até que Valmir retorne, é preciso que Hilda Ribeiro mostre a que veio. Ela foi eleita vice justamente para cumprir o papel de prefeita, em caso de necessidade, como o que está acontecendo agora em Lagarto.

ASSESSORIA ACOMPANHA

Assessoria jurídica do deputado Luciano Bispo está acompanhando toda movimentação do TRE e buscando os detalhes. Logo após obtê-los se posicionará.

Refere-se à informação de que Robson Viana assumirá o seu lugar, passada pelo TRE.

MUDANÇA ANUNCIADA

O governador Belivaldo Chagas anunciou ontem o nome de Vinícius Oliveira, como procurador geral do Estado em substituição a Maria Aparecida Gama.

Aparecida pediu para não prosseguir no cargo a partir de 2019.

SERGIO DE BEM COM ROSMAN

O ex-deputado federal Sérgio Reis disse ontem que não existe nenhum desentendimento entre ele e o cunhado Rosman Pereira, da Seplag.

– Ele vem fazendo um bom trabalho e não há problema entre nós.

DESFAZ ALGUNS BOATOS

Sérgio Reis, com a informação do bom relacionamento com Rosman, desfaz boatos que circularam por Aracaju durante esse momento de intensas especulações.

Coisas de mudanças de Governo.

MARCIO CONFIRMA CONVERSA

Em entrevista ontem ao radialista Antero Alves, da Fam Fm de Carmópolis, Márcio Macedo (PT) confirmou que conversou com o deputado federal Fábio Reis e seu irmão, Sérgio Reis.

– E foi Fábio que demonstrou interesse em ocupar uma secretaria no Governo.

CONVERSA COM BELIVALDO

Marcio Macedo acrescentou que Fábio Reis e Sergio conversaram com Belivaldo Chagas e ele teria dito que “era possível acontecer”.

– Se for de comum acordo, não terá problema, teria falado o governador.

AINDA DURANTE ENTREVISTA

Marcio Macedo disse ainda que o PT está insatisfeito com o prefeito Edvaldo Nogueira, porque não vem tendo o tratamento político que merece.

Marcio foi elegante: é que não há insatisfação, mas rompimento.

NÃO TEM ENCONTRO

Belivaldo Chagas brincou, ontem, sobre a notícia de um encontro entre ele e Rogério Carvalho (PT) hoje: “estão pautando agendas para mim”, disse.

E acrescentou: “não há nenhum encontro marcado com Rogério para hoje”.

BUCHADA EM CARIRA

Belivaldo Chagas vai inaugurar uma escola hoje em Aracaju e depois segue para Carira. Atende a convite de amigos para comer uma “buchada bem caprichada”.

Retorna a Aracaju e no sábado viaja a Simão Dias, onde passa o Natal.

RETORNO NA QUARTA-FEIRA

Belivaldo amanhece a quarta-feira em Aracaju e começa os preparativos para a posse dia 1º de janeiro. Serão quatro dias de corre-corre.

Até lá o governador não tratará da indicação de secretários.

SOBRE VALDEVAN NOVENTA

Advogado Fabiano Feitosa explicou que ao ser diplomado, Valdevan Noventa se tornou apto para tomar posse como deputado federal em fevereiro de 2019.

Só não exercerá o mandato se for cassado pelo TSE.

Mesmo assim caberá recurso para reverter a decisão.

MAIS DOIS PROCESSOS

Existe ainda um processo contra Valdevan Noventa e ainda está em andamento um outro que envolve a area criminal. A defesa é de Evaldo Campos em Sergipe.

Já em Brasília, a defesa na área criminal é feita pela ex-ministra Luciana Lócio.

HENRI CLAY E LAGARTO

O nome do presidente da OAB-SE, Henri Clay, foi aplaudido por colegas quando lhe foi feita à proposta de lançar-se candidato a prefeito de Lagarto em 2020.

Aconteceu na confraternização da OAB/Lagarto, quarta-feira.

ACREDITA NO GOVERNO

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) disse ontem que o seu partido “acredita muito no Governo Belivaldo” e apoia integralmente a reforma aprovada.

Quanto a espaços no Governo, cabe ao governador decidir.

MAIS PARA SERGIPE

Fábio Mitidieri diz que está mais “confiante para Sergipe do que para o país, mas, como cidadão brasileiro, torço muito pelo sucesso do governo federal”.

– Nós precisamos sair dessa crise em que estamos, disse.

COM TRANQUILIDADE

O deputado federal Valadares Filho (PSD) despediu-se ontem da Câmara Federal. Disse que deixa a Casa com tranquilidade e “sensação do dever cumprido”.

Lembrou que conseguiu mais de R$ 130 milhões para Sergipe.

CONGRESSO É ADIADO

O Congresso do PPS, que se realizaria no dia 26 de janeiro, foi adiada sine die. A próxima data só depois de uma nova reunião da Executiva.

O pessoal da Rede que foi para o PPS vai esperar mais um pouco.

AUSÊNCIA DO PRESIDENTE

O presidente regional do PPS em Sergipe, Clóvis Silveira, não esteve presente para a filiação do grupo que se transferiu da Rede. Nem ele e os demais filiados.

Quem assinou as filiações foi Regis Cavalcanti, da Executiva nacional.

LÓGICA DA ADMINISTRAÇÃO

Ex-deputado federal José Carlos Machado disse ontem que a “lógica e a racionalidade” desapareceram dos serviços públicos.

E sem isso fica difícil viabilizar qualquer administração.

Notas

Cidadão Lourdense – O vice-presidente nacional do PT, Marcio Macedo, recebeu o título de cidadão Lourdense e também representando o ex-governador Marcelo Déda que recebe o título em uma bela homenagem da Câmara De Vereadores de Nossa Senhora De Lourdes, através do Vereador João Paulo.

0x0

Fascismo nas posses – Hildegard Angel escreve: show de fascismo nas posses estaduais. O Brasil escreve sua página negra mais vergonhosa, encharcada de sangue. Nunca mais seremos os mesmos. Foram-se os últimos traços de inocência e cordialidade. Honra, ética, dignidade, postura, decoro, educação, nada mais importa

0x0

Voto aberto no Senado – O senador Renan Calheiros (MDB) voltou a atacar o Judiciário em seu Twitter ontem. Sem citar nomes, criticou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello por determinar voto aberto para a Mesa Diretora do Senado. “Não podemos deixar de defender a separação dos poderes”.

0x0

Bloco da oposição – PDT, PSB e PCdoB divulgaram nota reafirmando a formação de um bloco em oposição a Jair Bolsonaro na Câmara. “É o início de uma caminhada de partidos com identidade histórica para barrar retrocessos que sejam pautados na Câmara dos Deputados”, escreveu no Twitter o pedetista André Figueiredo.

0x0

Registro espúrios – Ministro do Trabalho, Caio Vieira de Mello, informou ontem que o governo cancelou 135 atos administrativos de sindicatos após a abertura de investigações da Operação Registro Espúrio, da Polícia Federal. A operação, deflagrada em maio, investiga irregularidades envolvendo a concessão de registros sindicais.

0x0

A reboque de Bolsonaro – Gleisi Hoffmann (PT) afirmou em Curitiba que o ex-presidente Luiz não será solto por medida jurídica. O caso dependerá de saída política. Um dia após o presidente do STF, Dias Toffoli, derrubar liminar que permitia a soltura do petista, ela disse que STF não poderá ficar à reboque do governo Bolsonaro.

Conversando

Grave crise – O ex-deputado federal José Carlos Machado diz que se não resolverem o problema da Previdência, ninguém sairá da grave crise.

Já se prepara – A partir de hoje o governador Belivaldo Chagas reduz compromissos e já se prepara para a tranquilidade do Natal em Simão Dias.

Não vai bem – O relacionamento entre PT e PCdoB não é bom já há algum tempo. Petistas não se sentem prestigiado por Edvaldo Nogueira.

Pessoal da Rede – O presidente regional do PPS em Sergipe, Clóvis Silveira, não fica na legenda. Diz que não cabe ele, seu grupo e o pessoal da Rede.

Grande trabalho – Só se fizer um grande trabalho é que Alessandro Vieira permanecerá no Senado através de reeleição. Depende apenas dele…

Aprender muito – Alessandro Vieira pode tentar outros saltos em 2022, mas será difícil. O delegado não é político, não tem jogo de cintura e precisa aprender muito.

Pode dificultar – Edvaldo Nogueira precisa fazer um grupo político forte para a reeleição. A saída do PT como aliado pode lhe dificultar em 2020.

Traça estratégias – O senador Valadares (PSB) ainda não trata de política, mas não ficará fora dela, mesmo sem mandato. Ainda é quem traça estratégias.

Está na disputa – Surpreende o número de pessoas, inclusive fora da política, que pretende disputar as eleições em 2010, inclusive as Prefeituras.