22/12/18 - 14:45:25

FESTA DOS PESCADORES EM INDIAROBA É UMA CONFRATERNIZAÇÃO

A 39ª edição da Festa dos Pescadores de Indiaroba será um evento que promoverá a confraternização entre pescadores, marisqueiras, munícipes, turistas e visitantes, fortalecendo o turismo local, valorizando a arte culinária e a prática esportiva amadora. Tudo começa neste sábado (22) e prossegue até o dia 25 de dezembro. A Festa dos Pescadores integra o Projeto Verão Indiaroba 2018 e conta também com apresentações de artistas.

As comemorações do Projeto Verão tiveram início no dia 30 de novembro, com abertura do Projeto Saúde do Pescador (atendimento médico, exames e palestras). Para receber dezembro, foram realizadas a missa solene, a apresentação de Coral e shows artísticos. Desde o dia 14 até o próximo dia 24 está rolando na cidade o Festival de Verão, com competições esportistas (beach soccer, voleibol, futevôlei, torneio de dominó e torneio de sinuca).

Neste sábado será realizado um cortejo natalino desde o Monumento do Divino até a Praça da Índia, com o Coral do Divino, Coral Betel e Filarmônica do Divino, às 19 horas. Na segunda-feira serão realizados o Café com Pescador e a Corrida do Bolachão (corrida de barcos a vela utilizados na atividade pesqueira). No dia 25, durante a Festa dos Pescadores, os destaques são a Feira de Exposição artesanal, a Regata dos Pescadores, Corrida a Remo e a entrega de premiações, entre outros.

Para o prefeito Adinaldo Nascimento, a festa tem um significado muito especial para a comunidade local e região. “O objetivo principal para nós é incentivar o turismo, divulgar a nossa cultura, tradições e incentivar assim a geração de renda e desenvolvimento sustentável para o nosso município”.

Origem da Festa – A Festa dos Pescadores de Indiaroba foi idealizada e teve início em 1979, pelos pescadores Antônio Carlos, Cachiboló, Nivaldo Rosendo (mais conhecido como Seu Nil) e o colaborador Dadau Barreto. Eles se reuniram com intuito de fazer uma festa voltada para a categoria. Nos dois primeiros anos a festa foi realizada no dia da co-padroeira da Cidade, Nossa Senhora da Conceição, no dia 8 de dezembro, na então Orla do Rio Real, porto de embarque e desembarque dos pescadores e marisqueiras.

Nos anos seguintes, por consenso dos organizadores devido ao aumento do número de visitantes no município graças às festas de final de ano, a data foi mudada para a véspera e o dia de Natal.