22/12/18 - 00:01:21

JÁ DEU O QUE PODIA DAR

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

A partir de primeiro de janeiro deve aumentar as especulações sobre medidas políticas. Natural, em razão da mudança de Governo. Nos Estados e no País. Esperanças e descrenças correm paralelas, em razão da situação caótica do País e de uma crise que se aprofunda a olhos nus. Enquanto não se fizer reformas política, previdenciária, social e moral viveremos um Brasil para os privilegiados.

A classe política precisa entender que já deu o que tinha para dar. A visão bolsonarista não é de desenvolvimento e muito menos de ascensão de classes. Pinta como um Governo de tendência repressora, onde a lei da pistola – a que mata e a que reprime – será posta em execução, impondo um estado não de exceção, mas de medo e temor.

O momento expõe a necessidade de desnudar sabidos, corruptos travestidos de honestos e falsos moralistas, para que o País pense em um crescimento político, econômico e social, sem as barreiras de uma elite que pisa na cabeça daqueles que tentam sobreviver honestamente, através de um trabalho digno que acene para a seriedade político administrativa, capaz de fazer vislumbrar o crescimento econômico.

Não dá mais para assistir ações dependentes de ministros do judiciário e nem a total complacência e conivência nos julgamentos que têm tom político partidário. A lei não deve ser interpretada ao sabor das ideologias inúteis, mas dentro de um conceito de justiça consistente. A tolerância com malfeitores políticos é condenável, assim como seria com traficantes, estupradores e assassinos. O Brasil precisa voltar à moral e bons costumes, sem a inversão de valores.

Já a partir de quarta-feira (1º de janeiro) se inicia a etapa para realização de mudanças de conceitos, da renovação política, do fim dos privilégios e da busca por uma igualdade social serena e justa. O País tem que reencontrar os caminhos do desenvolvimento e de um projeto que inverta o quadro econômico, traçado por um longo período de corrupção praticada de cima para baixo.

Que 2019 não desembarque pior que 2017 e 2018…

BELIVALDO EM CARIRA

Belivaldo Chagas participou de almoço ontem em Carira, oferecido por Geofrâncio e amigos. Cardápio: buchada, pirão de capão, muita risada e falatório.

De lá o governador foi para Simão Dias e só retorna na terça-feira.

PREPARAÇÃO DA POSSE

Só a partir de quarta-feira é que Belivaldo Chagas vai cuidar da posse dia 1º de janeiro, mas sem tratar de nomeações, exceto as que já foram anunciadas.

De quarta-feira (02) em diante é que tudo recomeça.

AINDA SEM NOMES

Não existe ainda qualquer nome que possa assumir a Deso. São invencionices de quem gosta de expandir especulações “em torno do inexistente”.

Belivaldo sequer concluiu o primeiro escalão e ainda não pensa no segundo.

QUEM NOMEIA AUXILIAR

Um político aliado de Belivaldo disse que a imprensa tem citado nomes que devem assumir mandatos. Inventaram até uma pauta entre o governador e Rogério!

– A imprensa anuncia nomes, mas quem nomeia é o governador, disse.

SOBRE ROMPIMENTO

O vice-presidente nacional do PT, Marcio Macedo, esclarece postagem em portal e diz que seu partido não iniciou o debate sobre as eleições de 2020.

E que não fez qualquer declaração de rompimento com o prefeito Edvaldo Nogueira.

MAS HÁ MAL ESTAR

Quanto a rompimento nada foi declarado, mas o PT não está satisfeito com Edvaldo Nogueira em razão do tratamento dispensado ao partido.

Outra coisa: o PT terá candidato à Prefeitura de Aracaju.

GILMAR E A PREFEITURA

O deputado estadual eleito Gilmar Carvalho não confirma e nem nega que é candidato a prefeito de Aracaju. Mas demonstra interesse e trabalha para isso.

A candidatura é compromisso assumido por Gilmar.

SENADOR VALADARES

O senador Valadares (PSB) diz que pretende passar algum tempo sem tratar sobre política. Só deve falar nisso no próximo ano.

– Mas sem fechar os olhos, avisa.

OPOSIÇÃO AO GOVERNO

O deputado federal eleito Fábio Henrique (PDT) disse ontem que seu partido fará oposição ao Governo Federal, a partir do próximo ano.

Lembrou que foi formado um bloco com PDT, PSB e PCdoB.

QUANTO A SERGIPE

Fábio Henrique diz que sobre a formação desse mesmo bloco em Sergipe ele não sabe. Lembra que o PDT tem boa relação com o PCdoB e com o PSB.

– Já sobre o PSB e o PCdoB eu não posso falar.

GRUPO MANTÉM REUNIÃO

Milton Andrade, Daniele Garcia e Emília Correa vêm se reunindo para a formação de um grupo, com o objetivo de disputar a Prefeitura de Aracaju em 2020.

Um dos três pode ser o candidato, mas a escolha será por consenso.

NÃO QUER SER CANDIDATA

A delegada Daniele Garcia não pretende ser candidata a nenhum mandato em 2020, mas está disposta a colaborar com qualquer ação que o grupo defina.

Daniele costuma dizer que gosta de ser delegada.

DE FAVORITO A IMPROVÁVEL

Milton Andrade, que foi candidato a governador, acha que se for consolidado o afastamento do PT de Edvaldo Nogueira, haverá outro cenário em 2020.

– O prefeito sai de favorito para improvável.

SERÁ MUITO EXIGENTE

O senador eleito Alessandro Vieira (agora no PPS) está disposto a fazer uma filtragem na sua nova sigla e filiar apenas “pessoas de bem e honestas”.

Quer uma concepção partidária nova.

TEM MAIS UM DETALHE

Alessandro disse que o PPS, que no próximo nome muda de nome, estará com candidato a prefeito em Aracaju e nos demais municípios do Estado.

Deseja uma legenda forte e renovada.

AVISO AOS NAVEGANTE

Clóvis Silveira manda um “aviso aos navegantes” via Twitter: “até que aconteça o congresso nacional do PPS, ainda sem data prevista, o presidente do partido sou eu”.

O clima na legenda não é dos melhores.

KARINE SE MANTÉM PRESA

A justiça negou prisão domiciliar solicitada por advogados de defesa à radialista Karine Liberal, que tem três filhos. Agora não dá para recorrer nestes próximos dias.

A juíza diz em sua decisão que Karine não provou que os filhos precisam dela.

VALDEVAN E O SUPREMO

O deputado federal eleito Valdevan Noventa continua preso. Aguarda decisão do STF que vai julgar o pedido de hábeas corpus mesmo durante o recesso.

A defesa preliminar de Valdevan já está quase pronta.

POR QUE NÃO ANTES?

Os advogados de defesa de Valdevan Noventa disseram que “se ele tem antecedentes criminais, por que o TRE não fez o impedimento de sua candidatura antes?”

As candidaturas são feitas sem uma avaliação anterior.

Notas

Reunião com Siqueira – O deputado federal Valadares Filho (PSB) durante reunião esta semana com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, debateram os desafios para o futuro e o grande papel nacional que a partido terá nesse novo momento político que vive o país. Valadares atuará firme para fortalecer o partido.

0x0

Comprando beca – O STF julgou ADI 5486, impetrada pela AMB, em face da Alese, arguindo a inconstitucionalidade das alterações que alteram a idade de aposentadoria dos servidores públicos estaduais e municipais de 70 para 75 anos, o que inclui integrantes da magistratura. Já compram beca Aldo Albuquerque e João Hora Neto.

0x0

Perdão das dívidas – Sob grande pressão de setores do agronegócio desde a campanha, Jair Bolsonaro já sinalizou a interlocutores que apoia a aprovação, no próximo ano, de projeto de lei no Congresso que concede perdão total das dívidas acumuladas por produtores rurais e agroindústrias com o Funrural.
0x0

Movimento intenso – Segundo informa o Jornal da Band, um dia depois do pouso de emergência que fechou a pista do aeroporto de Confins, em Minas Geris, por 21 horas, o terminal opera normalmente e teve apenas dois voos cancelados. Em todo o país, o movimento é intenso para as viagens de Natal.

0x0

Embarques e desembarques – Segunda publica a revista Voto, A Infraero espera receber cinco milhões de passageiros, entre embarques e desembarques, em seus aeroportos neste fim de ano. Movimento de aeronaves deve ser de aproximadamente 42 mil pousos e decolagens até o dia 06 de janeiro.

0x0

Mídias tradicionais – Manoel Gontijo disse ontem que o Grupo Abril faliu. A falência será o destino de todas as mídias tradicionais brasileiras que não mudarem o seu modus operandi de promoção cínica da agenda de esquerda sobre um povo eminentemente conservador e de direita como o brasileiro. O mundo mudou.

Conversando

Só mais idiota – Clovis Silveira (PPS) diz que “iludir ou enganar uma pessoa não vai deixar ninguém mais forte, nem mais fraco, só mais idiota!”

Redução de homicídios – O Governo comemora a redução da taxa de homicídios em Sergipe. A queda este ano ocorre depois de cinco anos.

Cria expectativa – Este ano de posse de presidente e governadores no primeiro dia do ano cria expectativa para 2019. Alguns com esperanças e a maioria cética.

Pagar salários – Boa parte dos municípios não conseguiram pagar o 13º Salário aos servidores. Tem Prefeituras que sequer pagará o mês de dezembro.

Tem pressa – A imprensa, de uma forma em geral, se apressa em divulgar nomes de prováveis secretários, com o objetivo faze-lo primeiro.

Evitam conversas – Deputados que não retornam mais à Câmara Federal estão evitando trata sobre política neste momento, mas vão atuar a partir do próximo ano.

Para prefeito – A campanha para as Prefeituras Municipais estão sendo antecipadas. Começa a surgir nomes que anunciam suas candidaturas.

Só em 2020 – O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) não pretende falar sobre candidatura à reeleição antes do ano que o pleito ocorre.

Doação de sangue – Adolescentes de 16 e 17 anos podem fazer doação de sangue, mas é necessário apresentar termo de autorização assinado pelos pais ou responsável legal.