24/12/18 - 09:26:46

Assistência e Ballare realizam espetáculo Sonho de Charlote

Um sonho na ponta dos pés das quase 150 crianças, o orgulho no olhar dos profissionais e familiares que acompanharam o desenvolvimento desse projeto e corações palpitando ao som da música clássica que ecoava no Teatro Atheneu marcaram mais uma edição do projeto IntegraSER, que nesta edição foi realizado em formado de espetáculo de ballet. Promovido na noite desta sexta-feira, 21, o evento que recebeu o nome de ‘Sonho de Charlote’ é fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal da Assistência Social de Aracaju e o Espaço de Dança Ballare.

O espetáculo levou para um dos palcos mais importantes da cultura sergipana meninas e meninos que participam das oficinas de Ballet do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, ofertado pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) de Aracaju. Uma oportunidade única não apenas de torná-los protagonistas de um lindo espetáculo, mas também de proporcionar uma noite de confraternização e celebração entre as famílias assistidas e os profissionais responsáveis pelas atividades oferecidas durante todo o ano nos equipamentos da Assistência Social.

O projeto nasceu a partir da realização das oficinas de Ballet, que foi uma inovação adotada por essa gestão em sete Cras da capital sergipana. A idealizadora do Sonho de Charlote, que contou com o apoio da secretaria, foi a bailarina Vanessa Junqueira, profissional que ministra as aulas nos equipamentos da Assistência e é proprietária do Espaço de Dança Ballare. Para ela, a noite foi de encanto e muito aprendizado. “Eu acredito muito na união como ferramenta de transformação e de promoção da oportunidade. A partir do ballet clássico percebi que poderíamos dar essa oportunidade a essas crianças. Foi um momento muito enriquecedor, em que aprendemos muito mais do ensinamos. É muito gratificante quando olhamos para o olhinho de cada criança ali brilhando, feliz por estar participando e se realizando esse sonho que é de cada um, não só de Charlote. Acredito que cada criança aqui representou a Charlote que tem dentro dela”, ressalta.

A dona de casa Kátia Silene Santos é mãe de duas bailarinas que se apresentaram na noite de hoje. Segundo ela, essa é uma noite que ficará marcada em sua memória. “Só tenho a agradecer a todos os envolvidos por proporcionarem um momento como esse para os nossos filhos e para todos nós. A cada passo que as minhas filhas davam os meus olhos enchiam de lágrimas. Foi muito encantador e inesquecível”, conta emocionada.

Imaginem, então, a felicidade de Raquel Virgínia Rosa dos Anjos, de 15 anos. Moradora do bairro Santa Maria, ela teve a oportunidade não apenas de visitar, pela primeira vez, um teatro, mas de estar no seu palco. Para ela, um sonho realizado: “Ensaiei muito para chegar até aqui. Foi um dia muito especial que pretendo repetir muitas outras vezes. Fiquei um pouco nervosa porque nunca tinha se apresentado para uma plateia tão grande, mas no final tudo acabou bem. Com certeza, nunca mais esquecerei da minha primeira vez no palco do teatro”, disse.

A realização do Sonho de Charlote levou centenas de famílias aracajuanas que nunca tiveram a chance de conhecerem de perto a magia do teatro. “Sempre buscamos trabalhar de modo integrado com outras áreas porque compreendemos que o desenvolvimento social acontece de modo muito mais efetivo quando valorizamos uma construção coletiva com a educação, a saúde, o esporte e a cultura. O Sonho de Charlote representa mais uma ação que mostra o poder transformador que a arte tem possui na vida daqueles que, muitas vezes, se esquecem de sonhar e precisam ser estimulados a acreditar e buscar dias melhores. Além de ser um dia de celebração é também um dia de garantia de direitos aos nossos usuários, principalmente no que diz respeito ao acesso à cultura, que é direito de todos nós cidadãos. Só temos a agradecer a todos os nossos parceiros, em especial ao Espaço de Dança Ballare”, destaca a secretária da Assistência Social, Rosane Cunha.

Foto Danilo França