26/12/18 - 07:35:25

Governo orienta técnicos da Educação na implementação do Currículo de Sergipe

O secretário de Estado da Educação, professor Josué Modesto, classificou como marco importante a regulamentação da implantação do Currículo de Sergipe para a Educação Infantil e Ensino Fundamental, feita pelo Conselho Estadual de Educação

A programação do seminário formativo ‘Currículo de Sergipe: da regulamentação à ação em sala de aula’, promovido, em Aracaju, pela Secretaria de Estado da Educação (Seed), teve continuidade nesta quinta-feira, 20, com discussões acerca dos marcos regulatórios da implementação do documento curricular sergipano e prática de planejamento de aulas alinhadas à BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

Ao abrir oficialmente o segundo e último dia do evento, o secretário de Estado da Educação, professor Josué Modesto, classificou como marco importante a regulamentação da implantação do Currículo de Sergipe para a Educação Infantil e Ensino Fundamental, feita pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), e destacou que a “transformação deste currículo em ação em sala de aula” é um desafio que será encarado pelo governo estadual em regime de colaboração com as redes municipais de ensino.

“Não podemos permitir que esse documento curricular detalhado, construído de forma coletiva, seja apenas uma coletânea de boas intenções. O Currículo de Sergipe precisa transformar o dia a dia das nossas aulas, despertar e motivar os nossos estudantes para a Educação e o processo de aprendizagem. Há um longo trabalho a ser feito, e o faremos em várias frentes de trabalho ao longo do próximo ano”, afirmou o secretário estadual da Educação, ao destacar que este seminário formativo é uma ação estratégica que se insere no conjunto de ações que a pasta desenvolve de forma articulada com os municípios e instituições parceiras, como a Undime e o Consed.

Segundo a professora Ana Lúcia Muricy, coordenadora estadual do Consed e diretora do Departamento de Educação da Seed, para o sucesso da implementação do Currículo de Sergipe – Educação Infantil e Ensino Fundamental – é necessário fortalecer, cada vez mais, o regime de colaboração com as redes municipais de Ensino. “Nesse sentido, temos várias frentes de trabalho para 2019, como as ações de busca ativa de aluno, e formações de professores voltadas à implementação do currículo sergipano, as quais desenvolveremos em parceria com os municípios”, ressaltou.

Participam do evento coordenadores pedagógicos de todas as secretarias municipais de Educação, coordenadores do Programa Mais Alfabetização, técnicos pedagógicos das Diretorias de Educação da Seed e os redatores e coordenadores do Currículo de Sergipe. De acordo com a professora Kelly Valença, coordenadora do Serviço de Ensino Fundamental do Departamento de Educação da Seed, todos os profissionais envolvidos nesta formação serão replicadores dos conteúdos discutidos e trabalhados nos dois dias do evento.

“O currículo só será implantado quando, de fato, modificar a prática docente, algo que requer formação continuada. Temos agora um novo paradigma, que é o conhecimento através do desenvolvimento de habilidades, o qual é permeado pelos conteúdos obrigatórios. Isso exige uma mudança da organização escolar que envolve as normativas legais, como o Projeto Político Pedagógico, Regimento e Calendário Escolar”, explica a professora Kelly Valença.

Formação

Neste segundo dia de atividades, os participantes do evento discutiram a articulação da BNCC com o Currículo de Sergipe, o Projeto Político Pedagógico e o Plano de Curso dos Professores, em palestra ministrada pelo professor Hudson César Veiga Feitosa, supervisor de Legislação e Normas do Conselho Estadual de Educação.

“Tratamos da implantação do Currículo do Estado de Sergipe ao abordar os marcos regulatórios que o envolvem, desde a Constituição Federal até a regulamentação feita pelo CEE. Buscamos mostrar a importância dos marcos regulatórios. Orientamos quanto à elaboração dos cadernos pedagógicos, de responsabilidade das secretarias de Educação, a formação dos professores, e temos aqui neste evento o marco inicial e a reelaboração do Projeto Político Pedagógico, que norteia todas as ações das instituições educacionais”, afirmou o palestrante.

Na parte prática das atividades do seminário formativo, os profissionais da Educação participaram da oficina ‘Planejamento e acompanhamento de aulas alinhadas à BNCC’, facilitada por Ana Lígia Scachetti, gerente pedagógica da Associação Nova Escola e editora da revista Nova Escola.

“Apresentei aos professores as etapas que seguimos para produzir planos de aula alinhados à BNCC. Temos um projeto [na Nova Escola] que já produziu mais de 6 mil planos de aula da educação infantil e do ensino fundamental, e procuramos fazer que eles refletissem, a partir da nossa experiência, como preparar os professores de suas redes a prepararem seus planos de aula, com metodologias que colocam o aluno como protagonista, no centro da aula. E aí, de forma prática, a partir dessas reflexões, os professores produziram planejamento de aulas”, explicou Scachetti.

Também participaram do evento o presidente estadual da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), professor Tiago Carvalho; o coordenador estadual da UNCME (União dos Conselhos Municipais de Educação), José Inácio dos Santos; e a chefe do Gabinete da Seed, Rosilene Maria.

Fonte e foto assessoria