27/12/18 - 13:54:58

Hospital Regional de Socorro encerra ano com mais de 87 mil atendimentos

Foram 452 cirurgias já realizadas até o momento, o que, segundo o superintendente do Hospital Regional de Socorro, Oldegar Alves Júnior, só foi possível através dos esforços conjuntos para descentralizar os serviços

O ano de 2018 foi um divisor de águas para o Hospital Regional José Franco, em Nossa Senhora do Socorro, que além do atendimento humanizado, resolutivo e eficaz, realizou mudanças estruturais e no fluxo que fizeram toda a diferença para os funcionários e pacientes da região. Até novembro de 2018, foram registrados mais de 87 mil atendimentos, destes, 67.543 clínicos; 11.876 pediátricos e 7.893 atendimentos obstétricos.

O maior passo dado pela gestão da unidade foi a abertura do centro cirúrgico, em julho, para as cirurgias ortopédicas da especialidade de mão que zerou a fila dessas urgências do Estado. Foram 452 cirurgias já realizadas até o momento, o que, segundo o superintendente do Hospital Regional de Socorro, Oldegar Alves Júnior, só foi possível através dos esforços conjuntos para descentralizar os serviços atendendo à solicitação do Governador do Estado, Belivaldo Chagas e do Secretário de Estado de Saúde, Valberto de Oliveira, com o intuito de reduzir a carga de cirurgias na maior unidade hospitalar  pública do Estado de Sergipe, o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE).

“Realizamos muitas ações importantes neste ano como a abertura das cirurgias de mão e as cirurgias eletivas como hérnia e hemorróidas. Priorizamos a capacitação dos trabalhadores, através da implantação do Núcleo de Educação Permanente (NEP) do Serviço. Climatizamos os espaços internos, promovendo uma melhor ambiência aos funcionários e pacotes do serviço. São ações que otimizaram a rotina dos funcionários e pacientes da unidade”, revela o superintendente da unidade, Oldegar.

Ainda de acordo com Oldegard, ações internas foram de substancial importância para a unidade. “Reformamos o  arquivo SAME da instituição, que deu agilidade no tempo resposta dos pedidos de cópias de prontuários para a justiça e para o próprio cliente. Abrimos o serviço de Rouparia na instituição, reformamos a parte administrativa, abrimos a ouvidoria com o objetivo de otimizarmos cada vez mais os nosso serviços a partir de críticas e sugestões. Criamos o espaço de guarda volumes, promovendo uma maior segurança aos pertence de acompanhantes e pacientes. Foi um ano de ações efetivas e esperamos continuar com muito mais melhorias em 2019”, conclui.

Fonte e foto SES