02/01/19 - 10:51:03

SEM ACORDO COM A PMA, 126 MÉDICOS CONTINUAM PARALISADOS

Os hospitais municipais de Aracaju, Nestor Piva e Fernando Franco, vão continuar com atendimentos precários por falta dos médicos plantonistas, já que esses profissionais são contratados.

Eles informam que em 2015 eles recebiam R$ 150 por hora trabalhada e no ano passado esse valor caiu para R$ 100 e que agora a prefeitura propõe pagar R$ 75.

Desde o inicio da manhã desta segunda-feira (01) que as duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) estão sem médicos, o que tem provocado um congestionamento na assistência no João Alves.

Na manhã desta quarta-feira (02) os médicos que paralisaram as atividades estiveram reunidos com o secretário em exercício da saúde, Carlos Noronha, para tentar encontrar uma solução para o problema, porém, segundo o Dr. Ícaro, não houve acordo e os médicos continuam paralisados. Isso significa que a população continuará sem atendimento médico nas UPAs.

O secretário Carlos Noronha disse lamentar o que está ocorrendo e informou que a prefeitura ofereceu R$ 70 mais uma bonificação de vinte reais, “mesmo assim eles não aceitaram causando uma desassistência. É uma pena. Nós estamos seguindo uma determinação judicial”, explicou.

Ele explicou ainda que os médicos, mesmo o município mantendo o valor anterior, eles resolveram continuar parados. “Eles propuseram um aumento de R$ 180 para o final de semana e R$ 140 durante a semana”, explicou.

Com informações do radialista Alex Carvalho, da Rádio Jornal