03/01/19 - 15:13:37

LAÉRCIO OLIVEIRA DESTACA A IMPORTÂNCIA DO CORTE DE GASTOS

O deputado federal Laércio Oliveira elogiou as propostas defendidas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, ao assumir o cargo ontem. “O Brasil parou de crescer por causa do excesso de gastos. Nós parlamentares devemos nos empenhar para fazer essas propostas serem aprovadas e o governo conseguir fazer as mudanças que o país tanto precisa”, disse Laércio.

Entre as propostas de Guedes estão a Reforma da Previdência, privatizações e simplificação de tributos. “O crescimento dos gastos do Brasil foi descontrolado e por isso aprovamos na Câmara dos Deputados o teto dos gastos, considerado pelo ministro um passo importante para a continuidade das mudanças”, disse Laércio.

“O nosso diagnóstico tem que começar pelo controle de gastos. Você não precisa cortar dramaticamente. É não deixar crescer no ritmo em que cresciam os gastos públicos no Brasil. O teto está aí, mas um teto sem paredes de sustentação cai. E essa parede de sustentação são as reformas. Nós temos que aprofundar as reformas”, afirmou Paulo Guedes.

Laércio sempre declarou que é preciso melhorar o ambiente de negócios para que as empresas possam gerar mais empregos, proposta também defendida por Guedes que declarou ontem que “o Brasil deixará de ser o paraíso do rentista e o inferno dos empreendedores”.

Paulo Guedes disse, ainda, que o primeiro e maior desafio a ser enfrentado é cortar a despesa da Previdência: “O primeiro e o maior de todos os gastos é com a Previdência, que atualmente é fábrica de desigualdades. Quem legisla tem as maiores aposentadorias, quem julga tem as maiores aposentadorias, o povo brasileiro, as menores. É o primeiro e maior desafio a ser enfrentado. Se for bem-sucedido esse enfrentamento, a dois meses, três meses à nossa frente, nós temos dez anos de crescimento sustentável pela frente. Se não for, temos sugestões também”.

Paulo Guedes defendeu ainda um aprofundamento da reforma trabalhista. “Nós temos que libertar as futuras gerações desse regime trabalhista previdenciário que nós temos hoje. O governo democrático vai inovar e abandonar a legislação fascista da carta del lavoro”, declarou o ministro.

O deputado Laércio foi relator do projeto de lei que regulamentou a terceirização no Brasil e votou a favor da Reforma Trabalhista. “O maior legado dessas propostas é ajudar na geração de milhares de novos empregos no país. O saldo de empregos, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), é de mais de 858 mil novas vagas em 2018. Antes da Reforma Trabalhista, eram demitidas 100 mil pessoas todo mês no Brasil. Agora com essas reformas, o Brasil vai conseguir avançar nesses números”, disse.

Dentro desse contexto de geração de empregos, Laércio destacou que a Reforma Tributária também é essencial. “A proposta do governo simplifica, reduz e elimina impostos. Guedes defendeu também a criação de um imposto federal único e também a descentralização dos recursos para estados e municípios. Como parlamentar, estou disposto a ajudar o governo a aprovar essas propostas na Câmara dos Deputados em função da sua importância para o desenvolvimento do Brasil”, disse.

Fonte e foto assessoria