04/01/19 - 07:00:56

Desemprego colorido

O desemprego tem cor. Ela está no isopor do geladinho, no algodão doce vendido nos parques e praias, nos sombreiros dos vendedores de picolés, na cesta de pastel e acarajé, no fogareiro improvisado para assar o queijo coalho, no saco cheio dos catadores de latinhas, etcétera e tal. Enquanto desempregados tentam sobreviver vendendo algum produto ou fazendo bicos, boa parte dos políticos está preocupada unicamente em lotear o patrimônio público e em conseguir “boquinhas” para os apaniguados. Por sua vez, o Executivo troca cargos pelo amém de um Legislativo desbotado, enquanto atende os interesses escusos de uma burguesia multicolor. Agora em 2019, resta torcer para que os políticos eleitos cumpram a promessa de resgatar as vivas cores do progresso, da paz e do pleno emprego. Oremos!

Saúde falida

Diferente da propaganda oficial, a saúde de Aracaju está em petição de miséria. Bastou os médicos prestadores de serviço deixarem de atender os doentes, para o caos reinar nos postos e unidades de urgência. Pior é que um problema tão grave quanto este vem sendo conduzido por um mero auxiliar da secretária da Saúde, Waneska Barboza. Por onde ela anda? E o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) também não abre a boca sobre o problema. Aliás, o comunista lembra a avestruz do desenho animado, que enfia a cabeça num buraco quando fica com muito medo. Misericórdia!

Vapt-vupt

Bastou uma sessão plenária para os deputados estaduais aprovarem o projeto autorizando o governo de Sergipe a fazer um empréstimo de até R$ 400 milhões. Deste montante, cerca de R$ 250 milhões serão usados para pagar a folha dos aposentados. Até a oposição votou a favor do empréstimo, que terá como garantia os royalties do petróleo e gás. Danou-se!

Fujões

Talvez para não se desgastarem aprovando empréstimo para o governo, seis deputados estaduais não deram as caras, ontem, na Assembleia. Os sumidos são Robson Viana (PSD), Gilmar Carvalho (PSC), Gustinho Ribeiro (SD), Sílvia Fontes (PDT), Vanderbal Marinho (PSC) e Paulinho da Varzinhas (PSC). Por onde andarão os ilustres gazeteiros? Homem, vôte!

Medo dos “home”

A placa de trânsito mais desmoralizada de Aracaju é aquela que proíbe estacionar carros na Praça Tobias Barreto, em frente da Secretaria da Segurança Pública. Policiais civis estacionam seus carros embaixo da placa, pois sabem que os agentes municipais de trânsito não têm coragem de multá-los. Não seria melhor a SMTT mandar retirar do poste a desmoralizada plaquinha? Cruzes!

Casa em ordem

A Justiça botou ordem na Câmara Municipal de Itabaiana. Para tristeza do folclórico vereador Vardo da Lotérica (PTB), que queria presidir o Legislativo na tora, o magistrado de plantão manteve a eleição e a posse imediata na presidência da vereadora Ivoni Andrade (PMN). A moça promete, inclusive, processar o petebista por ter tentado impedi-la de assumir o comando da Câmara. É Vardo, como você mesmo prega, “se não aguentar se deite”. Crendeuspai!

Flor do recesso

E o governador Belivaldo Chagas (PSD) não levou a sério a “notícia” de que ele está de olho na cadeira da senadora Maria do Carmo Alves (DEM). “A pior coisa do mundo é a falta do que fazer. Neste caso, a falta do que dizer. Como estou muito ocupado, prefiro não responder”, chinfrou Chagas. Este fato lembra o saudoso ex-governador Marcelo Déda (PT), que batizou de “flor do recesso” informação política sem qualquer relevância. Marminino!

Ótima notícia

Vem da Polícia uma excelente notícia: No ano passado, o número de homicídios praticados em Sergipe foi o menor desde 2013. Segundo relatório da SSP, em 2018 mataram 945 pessoas no estado, contra 1.121 em 2017, 1.306 mortes em 2016, 1.196 em 2015 e 999 assassinatos em 2013. O número do ano passado ainda é elevado, porém revela que o trabalho da Polícia está reduzindo a criminalidade no estado. Melhor assim!

Bateu em retirada

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) não quer mais ser o líder do governo na Assembleia. Explica que “dificuldades pessoais” o impedem de se manter na liderança, porém gostaria de participar da futura Mesa Diretora da Casa. O petista adianta que, mesmo não sendo mais o líder, permanecerá defendendo o governo Belivaldo Chagas: “Vou dividir as tarefas com quem me substituir”. Então, tá!

Sexo não em cor

De um bebinho, numa bodega de Aracaju, após ouvir a pastora e ministra Damares Alves pregar que “menino veste azul e menina veste rosa”: “Esta energúmena é capaz de acreditar que a heterossexualidade dela tem cura”. Homem, será? Aff Maria!

Recorte de jornal

Publicado no jornal estanciano O Rabudo, em 4 de abril de 1875.

Resumo dos Jornais