08/01/19 - 00:01:56

SERGIPE NÃO É RESISTENTE

DIÓGENES BRAYNER – [email protected]com.br

As unidades da federação não vão bem. Todos estão em situação difícil e poderiam até decretar estado de calamidade. Exageros à parte, a questão da previdência abala a estrutura do País. Está começando a se aposentar mais gente do que é admitido no serviço público e o que arrecada não dá para pagar altos salários dos que se tornaram inativos.

Todos os Estados têm que reduzir gastos e melhorar a receita. Quem não seguir isso pode decretar falência. Não dá mais para imaginar um Governo perdulário, nem uma administração corrupta, que ampara grupos aliados e faz uma farra com o dinheiro público. A sociedade está sentindo os efeitos das ilicitudes e dos gastos excessivos a partir de agora e tende a piorar nesses próximos dez anos, se não houver medidas duras para por ordem na “bagunça” financeira que atingiu o País e se espalhou nos Estados, por complacência de seus gestores.

Chega! Não se pode mais imaginar que vivemos todos na “casa de mãe Joana”.

Em benefício de uma sociedade vilipendiada, não se permite pruridos ideológicos. Não dá para sustentar birras eleitorais em um momento de tamanha dificuldade. Urge toda a necessidade de um amplo entendimento com o Governo Federal, independente de quem esteja no comando. Estados maiores já começam a pedir “arrêgo” e Sergipe não pode se transformar na “Aldeia Gaulesa que resistiu à Roma antiga”. Os Asteríxes de hoje não conseguem mais a “poção mágica” que os tornam invencíveis.

O governador Belivaldo Chagas não pode resistir ao Planalto, fixando-se como oposição e ponde em risco o êxito de sua administração. Tem que buscar as vias naturais do Governo Federal, para conseguir recursos necessários ao desenvolvimento de Sergipe, independente de quem seja o timoneiro. Não conseguirá muita coisa caso queira manter posição de oposição, em uma situação de extrema dificuldade para levar adiante o seu projeto administrativo.

Essa será uma das únicas saídas, além de arrumar a casa, apertar os ânimos e domar os chamados “rebeldes sem causa”.

FOTOS DE JAIR BOLSONARO

Em conversa, ontem, com jornalistas, o governador Belivaldo Chagas (PSD) foi perguntado se colocaria a fotografia do presidente Jair Bolsonaro nas repartições públicas do Estado. Não houve divulgação da resposta.

O QUÊ DISSE SOBRE A FOTO?

Belivaldo sequer pensou para responder sobre a exposição de fotos: “Vou mandar buscar um caminhão de fotografias do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e colocarei em todas as repartições”. Foi mais além: “até no meu quarto, desde que ele ajude Sergipe”.

BELIVALDO E O TWITTER

Mudanças no Governo, indicações de secretários e outras ‘quentinhas’ serão divulgadas pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) através do Twitter. A rede social mais utilizada pelos políticos do País para contato imediato com a sociedade.

PARECENDO BOLSONARO

Uma liderança do interior disse que ao usar o Twitter, Belivaldo Chagas está imitando o presidente Bolsonaro. Um aliado do governador diz que ele não tem nenhum preconceito em relação ao atual presidente.

SUGERIU O FILHO

Benedito Figueiredo (MDB) foi convidado para ocupar um cargo no atual Governo, Preferiu pedir para o filho, advogado Alexandre Figueiredo, que vai para Transparência e Controle Interno, antiga Procuradoria Geral.

A PIPOCA PEGOU

A pipoca que é servida no final de tarde no Palácio dos Despachos pegou e tem reunido muita gente em torno do seu cheiro ‘excitante’ para boas conversas. Tornou-se uma espécie de ‘cafezinho’ da Câmara Federal.

O QUE ROLA POR LÁ

Durante a ‘pipoca’ rola uma serie de especulações – e até boatos – que geralmente não se concretizam, embora indiquem caminhos normais e alarmantes. Aliás, a ‘pipoca’ já é servida em outras secretarias fora do Palácio.

ATENÇÃO, ATENÇÃO!

“Na próxima sexta-feira um ‘escândalo’ será revelado em uma Secretaria de Estado”! Alarme desse tipo é feito por muita gente da mídia, mas a tal ‘bomba’ termina dando xabu. É que os envolvidos chegam primeiro com a grana.

VALEU R$ 70 MIL

Um alarme de divulgação de um escândalo, que envolvia uma pasta, foi dado numa sexta-feira do ano passado e que seria levada ao ar na terça-feira seguinte. Nada foi dito sobre o assunto e o alarmante ganhou “R$ 70 mil”.

CIRCULA NA ASSEMBLEIA

Segundo informa um deputado ainda se equilibrando entre Governo e oposição, que o PSL terá em Sergipe, até fevereiro, três deputados estaduais e um federal. Parece boato, é que nesse período não haverá ‘janelas’ para troca de partidos.

MITIDIERI EXPLICA

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) explicou que a Secretaria de Esporte virou uma superintendência e o árbitro Antônio Hora será o superintendente. Informou ainda que o seu partido indicará o diretor geral do DER.

PSD EM ESTÂNCIA

Fábio Mitidieri anunciou, também, usando o Twitter, que em Estância o PSD é presidido pelo “amigo e aliado Sérgio de Larissa e assim continuará”. Diz mais: “nosso compromisso é, ante de tudo, com ele que sempre esteve conosco”.

ROGÉRIO NA EUROPA

O senador eleito Rogério Carvalho (PT), não está nem aí nesse momento, viajou em companhia da jornalista Candice Mattos para curtir o frio europeu. Não trata sobre indicações petistas ao Governo neste momento. Teria deixado tudo conversado sobre as pretensões da legenda.

TAMBÉM PELA SAÚDE

O deputado Francisco Gualberto (PT) teria deixado a liderança do Governo na Alese e criou uma série de “disse-me-disse” sobre a decisão. Gualberto está com problemas de saúde e saiu também por recomendação médica.

NOME PARA LÍDER

Um nome aparece para líder do Governo na Assembleia e é comentado por deputados: o de Zezinho Sobral (Podemos). Nada definido e sequer conversado. O governador sequer se pronunciou sobre esse assunto.

UM OUTRO NOME

Tem quem fale em Zezinho Guimarães (MDB) para líder do Governo na Alese. Parece impossível, porque haverá alguns obstáculos. Setores do seu próprio partido não são favoráveis à sua indicação. Tem gente na base do Governo que abomina.

PAGA A APOSENTADOS

Chega a informação de que os poderes legislativo e judiciário já estão pagando parte dos seus aposentados. Os salários são altos. O Ministério Público Estadual (MPE) também tem pago gradativamente aos seus inativos, o que alivia o Executivo.

RECURSOS EM CAIXA

Aliás, segundo uma fonte do judiciário, o MPE é quem guarda a maior reserva de dinheiro em caixa. Talvez seja a Ministério Público o primeiro a pagar a todos os inativos, a maioria com altos salários.

Nas redes sociais

///Apagando fogo – O deputado estadual Capitão Samuel diz via Twitter, que o “Capitão Jair Bolsonaro precisa mudar o modelo falido de fazer segurança pública no País. Chega de viver apagando fogo enquanto cada vez mais os cidadãos continuam sendo presos em suas residências.

///Grande tristeza – O deputado federal André Moura (PSC) divulga no grupo Sertão Online “que recebeu com grande tristeza a notícia do falecimento na cidade de Maceió/AL de Alice Maria, filha do meu amigo vereador por Aracaju, Dr. Manoel Marcos. Não consigo imagina a dor dessa perda”.

///Força Nacional – “Murilo Gomes publica no grupo Café com Política um áudio de um detento do Ceará e diz que o “PCC está testando Bolsonaro já na primeira semana. Já deu para ter uma noção de como vai ser o diálogo. Parece que já – já haverá respostas das Forças Nacionais”.

///Pouco de Cautela – Também no grupo Café com Política, o coronel Rocha diz que “a Força Nacional não conhece o terreno, tampouco os presídios. Se for para os presídios inicial entendi (sic), guarda externa. E Força de dissuasão nas ruas. Quem tá dentro dos presídios deve ser os agentes prisionais com reforço de choque (sic)”.

///Hotel e diárias – O advogado criminalista Emanoel Cacho também utiliza o grupo Café com Política  para fazer uma crítica. Diz inicialmente: “Só serve para dividir culpa. Os caras da Força Nacional gostam mesmo é de hotel e diárias”. Sergipe mandou cem policiais para Fortaleza.

///Profundo pesar – Fábio Mitidieri também se expressou pelo Twitter: “quero deixar aqui, em nome de toda família Mitidieri, o nosso mais profundo pesar ao amigo, vereador Manoel Marcos, pelo passamento da sua filha. Que Deus possa confortar a família e dá forças nesse momento tão difícil. Força, meu amigo!”

Conversa

Arrumar Casa – O governador Belivaldo Chagas (PSD) está nesse período preocupado em arrumar a casa com seus novos secretários.

Trata com aliados – Até o momento trata com aliados sobre a estrutura do Governo e mantém as indicações dentro de um processo de compartilhamento das escolhas.

Grupos políticos – Oposição pode ter alguns grupos políticos em condições de se juntar ou não futuramente. André Moura não fará qualquer composição com os Valadares.

Maior atenção – A situação da Saúde municipal está em dificuldade e precisa de maior atenção do prefeito para que não entre em caos.

Bloco coeso – A formação da nova bancada da Assembleia Legislativa não tem um bloco coeso de oposição. Está faltando um nome forte para conduzi-la.

Treme de medo – Subtenente Edgard Menezes diz que os bandidos de colarinho branco estão tremendo de medo de um presidente honesto.

Fica em silêncio – O deputado federal Valadares Filho (PSB) está preferindo não falar sobre composição de partidos da oposição para a formação de um bloco.

Alguns recados – Mendonça Prado continua participando de grupos sociais e tem mandado alguns recados, como estivesse se preparando para uma nova campanha.

Está na espera – Valdevan Noventa continua preso no cadeião de Estância, mas seus advogados esperam um hábeas corpus a qualquer momento.