09/01/19 - 00:01:58

OPOSIÇÃO PELA INDICAÇÃO

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

A oposição ainda está em silêncio no Estado. Não há qualquer tipo de encontro para formação de um bloco que possa se compor para comandar um grupo capaz de conduzir uma bancada que confronte a base aliada ao Governo na Assembleia, até por falta de liderança mais experiente. Pode-se dizer que os mais experientes para essa atividade perderam as eleições e o nome que surge pensa diferente a todos que já estiveram no confronto de posições.

É o caso do senador eleito Alessandro Vieira (Rede) que, apesar do volume de votos que o elegeu para o Congresso Nacional, não é nome citado para comandar uma composição ampla que possa criar um bloco de oposição forte no Estado. Vieira não entra no velho estilo de fazer política, em que os mesmos se digladiam por posições eleitorais e não defendem interesses importantes para uma reforma política ampla no Estado e no País.

O chamado líder da oposição na Alese, deputado estadual Georgeo Passos (Rede) tem feito algumas incursões através de entrevistas e passa a ser um nome escolhido pela liderança do seu grupo, como ocorreu na legislação anterior. Agora, não se tem absoluta certeza que ele passará a ter o comando do bloco, para decisões sobre posições que devem ser adotadas, e, principalmente, que o grupo siga. Seria o tal de “fechar questão” e todos cumprirem rigidamente.

Mas, existem pedras por baixo do angu. Inclusive entre parlamentares que se revelam integrantes da base aliada. Um deles disse abertamente – pedindo reservas – que o Governo terá “a maior oposição [ou indiferença] que se viu nos últimos quatro anos”. A razão: “não há diálogo com os deputados”. O motivo é o preenchimento de vagas nos escalões administrativos.

Na avaliação de um outro deputado, até o momento só o “PSD, PT e MDB foram contemplados e o restante ficou no limbo”. E declarou que como todos os espaços estão ocupados, “não sabemos como isso será resolvido”. Já há data para a reação: março. Será uma oposição por cargos, não em defesa de interesses do povo, claro!

NESTOR PIVA ABERTO

O Hospital Nestor Piva foi desinterditado pelo Conselho Regional de Medicina (CRM) e voltou a atender clinicamente aos habitantes Siqueira Campos e demais bairros. O Nestor Piva é de emergência e não poderia ter chegado a essa condição.

MAIOR ATENÇÃO

A Prefeitura de Aracaju, através de sua Secretaria Municipal da Saúde, saiu mal ao deixar chegar à interdição. Tem que correr e se antecipar ao problema nesta área, porque o resultado final pode causar até perda de vidas. E isso se torna muito grave…

ATENÇÃO GENTE

Ainda corre em sigilo, mas o engenheiro Carlos Melo deve retornar à Presidência do Deso. Hoje Melo está na Cohidro. Há dias, depois de um telefonema a Melo para cumprimentos de aniversário, Belivaldo comentou: “Ele não deveria ter saído da Deso”.

EM RAZÃO DA SECA

Pode acontecer racionamento de água em razão da crise hídrica provocada pela seca e que se acumula há anos. Será feito um estudo sobre a redistribuição da água, porque há necessidade de atender também aos municípios e não apenas à Capital.

RESULTADO FINAL

O resultado final de um processo que corre na Justiça não será bom para os envolvidos. É difícil não terminar em condenação para alguns figurões do Estado que extrapolaram. O processo rola desde o ano passado. É bom anotar e aguardar…

CONVERSA COM VALMIR

O governador Belivaldo Chagas (PSD) conversou ontem com o prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC), sobre problemas do abastecimento d’água no município, ao lado do deputado eleito Ibraim Monteiro e do chefe da Casa Civil, Carlos Felizola.

TAMBÉM SOBRE POLÍTICA

O papo entre Belivaldo, Valmir, Ibraim e Felizola não deu apenas em água, mas se tentou um canal político. Belivaldo sugeriu que Ibraim fique na bancada do Governo na Alese. Valmir e Ibraim não viram impedimentos, mas vão discutir depois que assumir o mandato em fevereiro.

SEMPRE FORAM AMIGOS

Aliás, Valmir Monteiro disse que ele e Belivaldo sempre foram amigos, estiveram juntos na Alese e não impede que o deputado Ibraim vote no Governo quando o projeto for bom para o povo e vote contra quando não servir à sociedade.

LÍDER DO GOVERNO

Nos corredores da Alese o comentário é que se o governador Belivaldo Chagas conversar diretamente com o deputado Francisco Gualberto (PT), ele poderá recuar da decisão de deixar a liderança do Governo e se manter com a missão.

QUER SER O VICE

Ainda nessas conversas, um dos deputados disse que Francisco Gualberto quer mesmo é garantir a vice-Presidência da Assembleia: “se isso for bem definido com certeza ele aceita continuar na liderança. Pode crer”, disse o parlamentar.

SEM TER CONVERSA

O deputado eleito Zezinho Sobral (Podemos) diz que não tratou sobre “liderança do Governo na Assembleia”. Acha que essa é uma escolha pessoal de Belivaldo e que o escolhido “terá a grande missão de conduzir interesses do Governo na Casa”.

ALMOÇO E PAPO

Deputados Luciano Bispo, Zezinho Guimarães e Venâncio Fonseca almoçaram ontem no conhecido restaurante do Miguel e falaram sobre “política e amenidades”. Segundo um deles, “nada mais”. Sequer tocaram nas mudanças no Governo. Quem acredita?

EDVALDO CHEGA

O prefeito Edvaldo Nogueira chegou ao restaurante para participar de almoço para os agradecimentos ao pessoal do “Natal Iluminado”. Conversou um pouco e chegou a dizer que a troca de Eliziário para o Município e Alexandre para o Estado “foi muito boa”.

PARA EXPLICAR

Eliziário Sobral passou a ocupar a Controladoria de Aracaju, Alexandre Figueiredo está na Secretaria da Transparência e Controle. As mesmas funções só que na Prefeitura e no Governo. A permuta agradou ao prefeito Edvaldo Nogueira.

AJUDA A RODRIGO

O deputado federal André Moura (PSC) está em Brasília e trabalha para Rodrigo Maia (DEM) continuar presidente da Câmara Federal. Ontem à noite reuniu-se com alguns partidos que não estão conversando com Rodrigo.

AINDA MUITO CEDO

André Moura diz que ainda é muito cedo para tratar sobre política. Tem cumprido agenda no interior de Sergipe de inaugurações ainda de recursos trazidos através de emendas de sua autoria, além de máquinas e outros benefícios.

SOBRE A OPOSIÇÃO

André Moura diz que não há nenhum encontro de lideranças da oposição e admite que o episódio da eleição “é página virada”, mas avisa que “existe resistência do nosso grupo em relação ao senador Antônio Carlos Valadares (PSB)”.

TORNAR LIDERANÇA

O deputado André Moura diz que não tem nenhum problema de ordem pessoal com os Valadares, mas aconselha que o deputado federal Valadares Filho (PSB) faça política com o seu bloco, sem ouvir conselhos e dispensar influências.

NÃO VOTA EM RENAN

“O nome de Renan Calheiros está muito longe de ser consenso. Não existe a menor possibilidade de ele receber o meu voto e o de vários colegas”, disse a O Antagonista o senador eleito pela Rede de Sergipe, Alessandro Vieira.

FÁBIO AGUARDA

O deputado Fábio Reis (MDB) aguarda a decisão do partido quanto à posição na Câmara Federal, quando reiniciar os trabalhos. Fábio tira férias fora do Estado, mas diz que o líder do MDB na Câmara, Baleia Rossi, está tratando sobre a questão partidária.

Nas redes sociais:

///Recebe visita – Vice-governadora Eliane Aquino (PT) usa o Twitter para informar que recebeu Aíres Nascimento, secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais. “A Fetase é o 1º movimento social que me visita este ano e fico muito feliz em tê-la aqui, porque sei do trabalho que Aíres realiza junto às mulheres de Poço Verde. Sem dúvidas é grande liderança!”

///Quê diferença? – Subtenente Edgar Menezes também usa o Twitter para dizer que “como policial militar há 27 anos, não posso deixar de me indignar com bobagens que governantes fazem com segurança pública. O Ceará tem 18 mil policiais, que diferença vai fazer mais 300, cada um custando aos cofres públicos, R$ 7 mil?

///Passar dos dias – Segundo ainda Edgar Menezes, “o valor pago por cada policial da FN – que nada mais são, do que policiais que saem de seus estados e vão para outros – pagaria as folgas de 30 policiais locais. A prova do que estou dizendo é que a violência no Ceará não diminuiu e só vai cessar com o passar dos dias”.

///Foi rifado – De um grupo sobre política: O prefeito Marcos Santana (MDB), de São Cristóvão, já definiu entre os aliados que o seu candidato a vice-prefeito, na reeleição, será o atual presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Jr. (PSL). O atual vice, Adilson Jr. (PDT) já foi rifado, mas poderá compor com o ex-candidato a prefeito Betão.

Será sério? – Marcos Linhares ensinou ontem no grupo Café com Política, que é “dever do jornalismo sério ir buscar as informações. As manchetes normalmente já sugerem uma fraude. No Brasil do WhatsApp a maioria só lê a manchete e nós jornalistas” sabemos disso”.

///Muito preocupado – O advogado João Fontes publica no Café com Política que “ficaria muito preocupado se fosse nomeado para o Banco do Brasil um filho de Zé Dirceu, José Genoino, de Palocci ou mesmo de Lula. Referia-se à nomeação do filho do vice-presidente general Mourão para o BB”.

Conversa

Morre Adilson – Adilson Barreto morreu ontem à noite. Estava doente, internado no Hospital São Lucas. Adilson era irmão do empresário Luciano Barreto, da Celi.

Muito tempo – Clóvis Silveira diz que o problema do Brasil é cultural. Levaremos ainda muito tempo para difundir o conceito de cidadania e respeito!

Fase de recesso – Nessa fase de recesso tem conversas políticas ocorrendo nos bastidores. Discute-se como será a Assembleia a partir de fevereiro.

Tem atuado – O deputado federal eleito Gustinho Ribeiro (SD) tem atuado para eleger Rodrigo Maia (DEM) presidente da Câmara Federal.

Reunião extensa – O governador Belivaldo Chagas (PSD) mantém reunião extensa, todos os dias, para concluir a montagem de sua equipe.

Tudo certo – Está praticamente certo que o deputado federal Fábio Reis (MDB) será o presidente estadual do partido. Mudança acontece em março.

No partido – O ex-deputado Jony Marcos (PRB) vai atuar diretamente no partido nestes próximos quatro anos, inclusive em Aracaju.

O que gosta – O deputado federal Adelson Barreto (PR) fez o que gosta durante o Natal: distribuiu cestas de alimentos com as comunidades mais pobres.

Carlos Britto – “Quando o ego não está presente em nós, o universo está. A consciência brilha tanto quanto no primeiro dia em que o riso fez dos nossos lábios uma flauta”.