10/01/19 - 07:36:47

Ano de conflitos

Este deverá ser um ano de conflitos entre servidores, governos estadual e municipais. Cansados de esperar por melhorias salariais, os primeiros devem deflagrar greves a torto e a direito. Sem folga de caixa para atender as reivindicações, governo e prefeituras vão recorrer à Justiça para tornar as paralisações ilegais. No meio do fogo cruzado, o contribuinte com pendências para resolver nas secretarias também será penalizado, pois as greves inviabilizam temporariamente o funcionamento dos órgãos públicos. Visando desgastar politicamente os governistas, a esfacelada oposição deverá colocar lenha na fogueira, estimulando os servidores a cruzarem os braços. Pior é que, como nos anos anteriores, dificilmente os coitados servidores públicos conseguirão as melhorias salariais reivindicadas.

Comigo não, violão

Não chamem para o mesmo palanque o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) e o deputado federal André Moura (PSC). Pode sair briga feia. Desde que perderam a eleição para o Senado, os dois andam se encrespando. Após ouvir Moura dizer que quer distância dele, Vavá atacou: “Continuo a pensar em tudo menos fazer política ao lado dele”. Achando pouco, o senador ainda disse que André está é com dor de cotovelo. Misericórdia!

Só pensa nelas

E o deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) só pensa nas eleições de 2020. Diante da expressiva votação que teve na Grande Aracaju (21.212 votos), ele avalia disputar a Prefeitura da capital, mas se não for possível vai tentar concorrer em Socorro ou na Barra dos Coqueiros: “Uma coisa é certa: serei candidato a prefeito”, afirma Carvalho. Também passa pela cabeça de Gilmar a hipótese de se candidatar em Porto da Folha ou Poço Redondo, onde também teve expressivas votações. Vixe Maria!

Cadê o dinheiro?

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) vai bater na porta do Ministério da Cultura. Quer saber quando serão liberados os recursos para pagar os músicos sergipanos que tocaram no Forró Caju do ano passado. Reunido com os artistas, Nogueira disse que se o Ministério não repassar a verba até o final deste mês, buscará outra alternativa para pagar os cachês. Tomara!

Pouco interesse

A cada 100 jovens que ingressam nos cursos de pedagogia e licenciatura, apenas 51 concluem o curso. Entre os que chegam ao final do curso, só 27 manifestam vontade em seguir carreira no magistério. Esse desinteresse pela profissão é motivado pela falta de reconhecimento e de condições de trabalho. A pesquisa se baseou em dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Pé na jaca

O pastor Heleno Silva (PRB) visitou, em Brasília, a pastora e ministra Damares Alves, aquela do “meninos vestem azul e meninas vestem rosa”. Heleno apresentou algumas demandas de Sergipe. Por sua vez, a reverenda pediu jaca dura, fruta que ela adora por demais. Estará Damares querendo meter o pé na jaca. Crendeuspai!

Polícia de luto

O sargento PM Ronaldo Bispo Santos, 54 anos, foi assassinado, ontem, ao tentar impedir a um assalto em Itaporanga. O militar estava em um supermercado quando os criminosos anunciaram o assalto. Ao reagir, foi alvejado e morreu antes de chegar ao hospital do município. O corpo do sargento será sepultado hoje à tarde, no cemitério de Itaporanga. Descanse em paz!

MDB no governo

Sobrinho do ex-governador Jackson Barreto (MDB), Ubiraci Rabelo de Lima, o “Bira”, pode substituir Valmor Chagas na Secretaria Estadual do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade. Atual diretor de Abastecimento da Emsurb de Aracaju, “Bira” é da cota do MDB. A expectativa dos emedebistas é que o governador Belivaldo Chagas confirme a nomeação do rapaz ainda esta semana. Então, tá!

Maracujá do mato

Um fruto da natureza combinado com mais de uma década de pesquisa resultou na primeira variedade de maracujá do mato recomendado para cultivo comercial. Lançado pela Embrapa, o BRS Sertão Forte é resultado do melhoramento genético, tendo sido selecionado a partir de diversos acessos de maracujazeiros silvestres coletados em diferentes áreas de Caatinga. Em comparação com as plantas nativas, ela apresenta maior produtividade e maior tamanho e rendimento dos frutos. Legal!

Emprego difícil

E o deputado estadual Capitão Samuel (PSL) acha que os 35 imigrantes venezuelanos terão dificuldades para conseguirem empregos. O grupo desembarcou, ontem, em Aracaju e está sob os cuidados da Igreja Católica. Segundo Samuel, a chegada dos venezuelanos em Sergipe poderá ser mais um problema para o governo estadual, sem solução para os mais de 180 mil sergipanos desempregados. Cruzes!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Correio de Sergipe, em 6 de maio de 1916.

Resumo dos Jornais