10/01/19 - 05:16:07

Sema dá início às atividades de educação ambiental em 2019

Um ponto forte das ações da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema) no ano de 2018 foi o fortalecimento das atividades de educação ambiental, que buscaram promover maior sensibilização e senso crítico de crianças, jovens e adultos quanto à necessidade de conservar o meio ambiente. E em 2019, o órgão ambiental continuará com essas premissas. A primeira ação do ano ocorreu na manhã desta quarta-feira, 9, no Parque Governador Augusto Franco (Sementeira), e foi destinada ao público infantil.

Alunos da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Professora Joana Maria da Silva, localizada no bairro Farolândia, zona Sul da capital, foram recepcionadas com diversas atividades pela equipe de educação ambiental. Todas as ações fazem parte do projeto Ujacará, uma ação lúdica, de cunho pedagógico que, por meio do teatro, recria histórias a fim de plantar sementes de conhecimento, a respeito da natureza, nas crianças.

Assim, além de mostrar o Parque da Sementeira, a equipe de educação ambiental proporcionou um dia de lazer, recheado de conhecimento sobre o meio ambiente em seus diversos aspectos, como o cuidado com as plantas, a importância da reciclagem e o descarte correto do lixo. “Por meio dessa esquete teatral, abordamos um pouco sobre a importância da natureza no meio do centro urbano. Colocar a criança, que está em processo de crescimento e trabalhar com o lúdico para desenvolver as boas práticas relacionadas à natureza, são alguns dos objetivos”, detalhou o técnico ambiental da Sema e integrante da equipe de educação ambiental, Davi Santos.

A apresentação

O Ujacará é uma trilha ambiental ecológica que aguça a imaginação e sensibilização das crianças, de acordo com as questões ambientais. A história conta com dois personagens: a fada Erva Doce e o senhor Gafanhoto. Erva Doce é responsável por fazer a recepção das crianças, por meio de brincadeiras. “Durante a apresentação, vamos demonstrando atitudes, como o personagem do senhor Gafanhoto jogando lixo no chão; e a fada vem para mostrar que isso é errado. Ao decorrer da trilha, o personagem gafanhoto vai aprendendo por meio dos ensinamentos da fada que não deve realizar esse tipo de prática incorreta”, explicou o ator e integrante da Educação Ambiental, André Luis Marques.

“A fada recepciona as crianças no parque e mostra para elas que ali é um local encantado, e que deve ter certos cuidados. Elas têm a missão de proteger e repassar o conhecimento para outras crianças. É importante aprender desde cedo sobre a responsabilidade de cuidar do meio ambiente. Trabalhar com crianças é algo maravilhoso, aprendemos junto com elas”, complementou a também integrante da educação ambiental, Bianca Mendonça.

Sensibilização

Para a professora da Emei Professora Joana Maria da Silva, Tatiane Dantas, é gratificante a Sema proporcionar para essas crianças um espaço lúdico e uma vivência real com o meio ambiente. “Com isso, está também proporcionando um zelo pela coisa pública, pela mãe natureza. É algo diferente. Essa é a primeira vez que estamos tendo essa oportunidade e foi uma experiência prazerosa, não só para as crianças, como para nós, professores”, garantiu.

A professora Gercilene Rodrigues destaca que essas ações lúdicas despertam nas crianças uma aprendizagem significativa de sensibilização. “Essas crianças, ao participar de ações de sensibilização, certamente, irão se tornar adultos mais sensíveis e conscientes”, avaliou.

Foto: Lindivaldo Ribeiro