16/01/19 - 13:51:32

MÁRIO DIAS DIZ QUE ALIANÇA COM GILSON ANDRADE É FAKE NEWS

Nota de esclarecimento

“A imprensa que constrói uma democracia é a imprensa que fala o que quer, dá a opinião que quer e se manifesta do jeito que bem entende.”

(Dilma Rousseff)

Defendo uma imprensa livre e soberana, mas, tendo como balizador imprescindível a verdade dos fatos. Digo isso, porque compreendo que a imprensa livre e imparcial fortalece a nossa democracia, mas, como dizia o Dr. Éneas Carneiro: “A caneta de um mau jornalista, pode fazer tanto mal quanto um bisturi na mão de um mau médico.”

Quero informar a militância do PT do município de Estância, bem como, o povo estanciano que as informações e especulações registradas pela redação da Tribuna Cultural sobre a minha ida para Secretaria Municipal de Cultura de Estância não passa de fake news, ou mera especulação módica.

Ratifico as palavras do presidente do PT municipal, o companheiro José Domingos Machado Soares (Dominguinhos) em entrevista concedida na Rede Xodó de comunicação no dia 15 de janeiro do corrente: “Deixo claro que nunca houve uma conversa da direção municipal do PT de Estância com o prefeito Gilson Andrade sobre aliança política.”

O PT sempre teve e tem como alicerce para qualquer tipo de construção política, o diálogo com as instâncias partidárias e com sua militância. Não será diferente nesse pleito. Dessa forma, reafirmo que não será a especulação de setores da arcaica política  municipal que desvirtuará a construção dos caminhos que o PT trilhe para o pleito de 2020. Àqueles que desejam pautar o debate político do PT municipal tenham certeza que não conseguirão, visto que, esse debate é exclusivo do Diretório Municipal e de sua militância.

Defendo que o Partido dos Trabalhadores (PT) dialogue com todas as forças progressistas do município para que possamos construir e fortalecer uma pré-candidatura majoritária do próprio PT.

Peço muita calma aos apressadinhos, 2020 ainda não chegou! Não temos ainda, nem vencedores, nem derrotados e sim gente com o salto alto já vestindo terno da posse sem combinar com o povo estanciano. Tem ainda, uns choramingando o leite derramado das eleições de 2018 e tem também os que nomeio como “indecisos”, pois não conseguiram ainda definir com quem construirão um bloco que possa rejuvenescer e dar outros rumos a política municipal.

Se depender de mim, o PT não será complemento de nenhuma agremiação municipal, o PT está e precisa continuar concentrado em construir um projeto de cidade dialogando com a militância e com a sociedade estanciana para apresentar um programa de desenvolvimento social e econômico para o município.

Vejo uma tremenda desconexão dos grupos políticos da cidade: uns tem práticas positivas, mas sem a devida congruência com o povo, outros tem apenas um repertório infinito de teorias sem nenhuma prática plausível e ainda tem outros que nem tem uma coisa e nem outra, ou seja, são meros usurpadores da paciência dos estancianos, os quais denomino-os de “côco oco”.

Defendo incondicionalmente que o PT continue aberto a dialogar com todos aqueles que entendam a necessidade de materializar um projeto efetivo de avanços para nossa cidade.

Sobre a tiragem de fotos com A, B ou Z, todos me conhecem, sempre tive lado e convicção em minhas construções políticas, não sou e não serei indelicado com ninguém, nunca construí política de forma ácida e/ou com o fígado. Quero deixar claro que continuarei tirando fotos e conversando com todos que tenham interesse de contribuir para o desenvolvimento de Estância, digo mais, acredito que a política é a arte do diálogo, da civilidade e do debate de ideias, não sou do quanto pior melhor e nem dono da razão. Pois, amo minha cidade e darei o meu melhor para o desenvolvimento da mesma.

Sobre a Secretaria de Cultura quero agradecer inclusive aos pseudos-intelectuais infaustos que não sei por quê! Mas que desejam o meu retorno, fiquem tranquilos que tudo tem seu tempo, “cada dia com sua agonia”, bem como, “cada dia com sua tristeza e sua alegria”. Quando estive à frente da Secretaria Municipal de Cultura de Estância foi cumprindo uma tarefa definida pelo meu partido, dei minha contribuição no fortalecimento das políticas públicas de cultura em minha cidade, dialogamos com todos os seguimentos artísticos e culturais, fizemos sair do papel o Sistema Municipal de Politicas Culturais, o Conselho Municipal de Cultura e o Fundo Municipal de Cultural, engavetados desde 1996.

Agradeço a lembrança e reconhecimento de nosso trabalho, mas, nesse momento estou concentrado em discutir e construir duas coisas: a primeira é uma candidatura majoritária petista, centrada em perfilar um projeto de cidade apensado a um programa e a segunda é ampliar o diálogo com meus amigos, militantes e lideranças sobre a construção de minha pré-candidatura a Câmara de Vereadores para que tenhamos um mandato compartilhado com o meu partido e com o povo estanciano.

Finalizo repudiando mais uma vez a tentativa maldosa e desalinhada de setores da velha política estanciana e de setores da imprensa tendenciosa em tentar desagregar a relação política do PT com a sua militância. Quero lembrá-los que a imperícia política de uns, fortalece a construção de outros.

Sigamos firmes e fortes rumo a 2020!

Estância/SE, 16 de Janeiro de 2019.

Mário Dias

Secretário Estadual de Organização do PT/SE