26/01/19 - 06:57:00

Questões de Saúde pública e homenagem ao governador marcaram a XXIV Reunião do Condege

A Defensoria Pública do Estado de Sergipe promoveu nesta sexta-feira, 25, a XXIV Reunião do Colégio Nacional de Defensores Públicos Gerais com a participação de 23 estados. O evento, que contou com a presença do governador Belivaldo Chagas, foi realizado no Delmar Hotel, em Aracaju.

Durante a solenidade, o governador Belivaldo Chagas foi homenageado com uma placa em reconhecimento ao empenho e dedicação em prol do fortalecimento da Defensoria Pública. “É bom que eventos como este aconteça em Sergipe e que eu possa participar para me sentir defensor público ainda. Sinto-me feliz com a presença de todos, afinal, temos na Defensoria Pública de Sergipe defensores públicos abnegados, que sabem respeitar e atuar, acima de tudo, preocupados com o bem estar da sociedade. A relação que tem que existir entre o Governo e Defensoria é aquela que pensa no serviço bem prestado lá na frente à população carente”, disse.

Em seu discurso, Belivaldo Chagas enalteceu a importância da instituição e relembrou os esforços na aprovação da Lei 183/2010. “A Defensoria Pública é uma instituição ímpar que presta relevantes serviços à sociedade de um modo geral. Mesmo afastado da Defensoria Pública a forma que encontrei para suprir minha ausência enquanto Defensor Público atuando de forma direta junto á população foi procurar, sempre que possível, os caminhos para o fortalecimento, sem que isso estivesse legislando em casa própria. Estive, acima de tudo, preocupado e hoje a instituição é reconhecida e respeitada com participação em todos os eventos e solenidades. Todas às vezes em que se discute as questões e problemas do Estado sempre temos a participação da Defensoria Pública desde a gestão de Jesus Jairo”, enfatizou.

“Não vou deixar, enquanto governador, de lutar para fortalecer cada vez mais a Defensoria Pública. Conte com este Governo e com este governador para que a instituição seja ainda mais forte”, garantiu Belivaldo.

Para o defensor público-geral, José Leó Neto, a homenagem simboliza o agradecimento e reconhecimento do trabalho do governador Belivaldo Chagas em prol da Defensoria Pública. “Belivaldo, mesmo afastado da Defensoria Pública em virtude da vida política, sempre buscou o fortalecimento da Defensoria Pública e melhores condições salariais para os membros. Sua participação na aprovação da Lei 183/2010, quando vice-governador do saudoso Marcelo Déda, foi importantíssima, sendo um dos pioneiros a propulsionar a elaboração da Lei Orgânica da Defensoria, que acabou servindo de parâmetro para outras leis de vários estados do país adequando à nova realidade da instituição”, reconheceu.

O defensor público-geral de Rondônia e presidente do Condege, Marcus Edson de Lima, enalteceu a presença do governador e o apoio à Defensoria Pública de Sergipe. “Muito nos honra a presença do governador Belivaldo Chagas, por isso, sabendo do apoio e da intenção em ajudar a Defensoria de Sergipe pedimos, em nome de todos os defensores públicos gerais, que essa atenção e apoio se prolifere para que todos os governadores de Estado tenham essa mentalidade de fortalecer as Defensorias Públicas, pois não há como se falar em cidadania sem passar por uma Defensoria Pública forte”, pontuou.

Os principais temas debatidos pelos defensores públicos gerais foram as questões de saúde pública, sistema prisional em todo país e infância e adolescência. Na oportunidade, o defensor público e diretor da Câmara de Resolução de Litígios de Saúde (CRLS) da Defensoria Pública de Sergipe, Saulo Lamartine, apresentou o projeto com altos índices de resolução administrativa e economia aos cofres públicos.

Por Débora Matos

Foto assessoria