31/01/19 - 11:02:10

Verão 90- Jerônimo, personagem de Jesuíta Barbosa, aceita participar de assalto com a gangue de Tutano, vivido por Bernardo Mendes

Jerônimo (Jesuíta Barbosa) é ambicioso e vai mostrar que topa tudo por dinheiro. Inconformado com a vida simples que leva ao lado da mãe, Janaína (Dira Paes), especialmente depois do fim do grupo de sucesso “Patotinha Mágica” na infância, o irmão de João (Rafael Vitti) ficou ainda mais revoltado com a atual situação financeira e está determinado a conquistar fama e prestígio social, custe o que custar.

Contudo, até então o que conseguiu foi se endividar numa mesa de pôquer com o Tutano (Bernardo Mendes), um bandido conhecido de Armação do Sul. Por conta disso, Janaína decidiu usar o dinheiro que estava economizando para abrir seu próprio restaurante para pagar a dívida e salvar a pele do filho. Mas parece que nem assim ele aprende a lição.

Jerônimo convence Magaiver (Ricardo Vianna) a ajudá-lo a se encontrar com o chefe da gangue, mas é recebido com quatro pedras na mão, e argumenta:

“Tutano, primeiro me escuta. Vim aqui na boa porque a gente tá zerado, não tá? A coroa não pagou o que eu te devia?”

“Zerado? Tu ia fugir sem me pagar, artista!”, reclama o criminoso

“Pô, Tutano, fugir pra onde aqui na Armação? Só não queria apanhar, cara! Não transo violência. Não tava com a grana ali na hora e precisava de um tempo pra convencer a coroa. Se eu aparecesse lá em casa, no teu carro, junto contigo… Acha que a minha mãe ia me dar o dinheiro? O que interessa é que eu te paguei, cara. Eu não sou louco de te dar o cano”, se defende o rapaz.

Jerônimo insiste e pede que ele o aceite de volta para os “servicinhos” que costumava fazer em troca de um dinheiro extra. Mas Tutano avisa que agora os planos são outros. “A gente tá se aposentando, vai virar marajá no Havaí”, diz um dos comparsas, e ele se interessa, mas Tutano avisa:

“Não é pra tu, não, artista. Tu gosta é de servicinho fácil, dar autógrafo em documento falsificado…”

“Me coloca nessa, Tutano. Eu topo qualquer negócio”, garante Jerônimo

“Topa mesmo? Qualquer coisa? O patotinha ia ter coragem de pegar em arma?”, o bandido questiona, e completa: “Assalto à mão armada? E aí? Vai encarar?”

“Tô dentro! Conta comigo. Fala aí, qual o esquema”, afirma Jerônimo.

Fonte/Foto: globo.com