14/02/19 - 14:47:30

Seminário traz a Sergipe ex-ministra Desenvolvimento Social do governo Lula

A ex-ministra de  do Desenvolvimento Social e Combate à Fome do Governo Lula, Márcia Lopes, estará em Sergipe nesta sexta-feira, 15, para participar do “II Seminário: O SUAS em tempos de agenda ultraliberal” e a “II Plenária dos Trabalhadores do SUAS”. Ambos os eventos acontecem no auditório da CAASE (antigo auditório da OAB), localizado na travessa Martinho Garcez, próximo à Praça Camerino. A realização é da Frente Nacional em Defesa do SUAS e da Seguridade Social (FNSUAS).

As atividades terão início às 8h30 com a palestra da ex-ministra e seguem com a II Plenária dos Trabalhadores, às 11h30, quando os profissionais que compõem o SUAS em todo o estado irão discutir estratégias e ações para 2019, a fim de resistir diante do cenário que se impõe. Ainda durante a plenária, será apresentado, votado e aprovado o Estatuto do Fórum Estadual dos Trabalhadores do SUAS (FETSUAS), bem como será realizada a eleição da coordenação do FETSUAS em Sergipe.

O evento é aberto ao público, e não é necessário inscrição prévia. Os participantes receberão certificado de 4h, que serão disponibilizados posteriormente no site do CRESS Sergipe.

Nos últimos dois anos, o Governo Federal vem estabelecendo uma política de desmonte do SUAS, através do corte no orçamento, da introdução de práticas clientelistas e assistencialistas, de ações focalistas e seletivas que vão de encontro aos princípios do SUAS de universalização, gratuitidade, integralidade da proteção social, intersetorialidade e equidade. Por isso, com o objetivo de defender o Estado Democrático de direito, o SUAS e a Seguridade Social, e para buscar ampliação dos investimentos financeiros e a melhoria dos serviços ofertados pela política de Assistência Social, um grupo de entidades e movimentos sociais se organizaram na FNSUAS.

Fazem parte deste coletivo o Conselho Regional de Serviço Social  (CRESS), Conselho Regional de Psicologia (CRP), Sindicato dos Psicólogos  do estado de Sergipe (SINDPSI), Sindicato dos Assistentes Sociais de Sergipe (SINDASSE), Sindicato dos trabalhadores de socioeducação do estado de Sergipe (SINTS), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal do Estado de Sergipe (FETAM).

Por Débora Melo