16/02/19 - 07:21:58

LEILÃO BENS MÓVEIS INSERVÍDEIS DO ESTADO ARRECADA R$ 616.450,00

Os materiais leiloaria são bens móveis considerados inservíveis ou cuja manutenção se mostrava desvantajosa para os órgãos da Administração Pública Direta e Indireta

O Governo do Estado de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Administração (Sead), através da Superintendência de Gestão de Patrimônio do Estado (Supat), realizou nesta sexta-feira, 15, o I Leilão de Bens Móveis Inservíveis à Administração Pública do ano 2019. O pregão, que aconteceu nas modalidades simultâneas, presencial/online, do tipo maior lance, ocorreu no auditório do Hotel Comfort e arrecadou um total de R$ 616.450,00 mil.

De acordo com a superintendente da Supat, Melina Tavares, foram disponibilizados 122 lotes com mais de dois mil bens móveis e com variação entre R$ 50,00 (cinquenta reais) e R$10.000,00 (dez mil reais), à título de avaliação total inicial de arrecadação no valor de R$ 278.350,00 mil. “A expectativa é que o próximo leilão aconteça no final deste primeiro semestre, com uma estimativa de 250 novos lotes”, disse.

Segundo Melina, o valor arrecadado com a venda dos bens serão destinados ao Fundo Financeiros de Previdência do Estado de Sergipe (Finanprev), em cumprimento à determinação de Lei Estadual.

Melina esclarece que os materiais leiloaria são bens móveis considerados inservíveis ou cuja manutenção se mostrava desvantajosa para os órgãos da Administração Pública Direta e Indireta, o que justifica o fazimento do procedimento licitatório.

O leilão foi conduzido pelo leiloeiro público Carlos Vinícius de Carvalho Mascarenhas, regularmente inscrito na Junta Comercial de Sergipe (Jucese).

Vinicius explicou que o sinal para a retirada dos bens arrematados é de 30% no ato da arrematação e os 70% restantes impreterivelmente em até cinco dias úteis após a data do leilão. ”A retirada dos bens arrematados somente será iniciada após a comprovação do pagamento da contemplação, mediante apresentação da nota fiscal e da autorização de entrega emitida pelo leiloeiro em conjunto com comissão de licitação da comitente vendedora”, disse.

Fonte e foto assessoria