18/02/19 - 08:17:44

O fim da aposentadoria

Deverá chegar ao Congresso na próxima quarta-feira o projeto de reforma da Previdência elaborado por este governo militar. Entre outros pontos, a proposta estabelecerá que o trabalhador só terá direito a aposentadoria após quase meio século de contribuição e idade mínima de 65 anos para os homens e 62 anos para as mulheres. Para atender escusos interesses da classe empresarial, da elite brasileira, o governo e parte do Congresso vão cometer uma crueldade contra os trabalhadores. O resultado prático deste crime de lesa-pátria será terrível: boa parcela dos brasileiros jamais verá sua aposentadoria integral caindo na conta bancária, pois morrerá antes. Portanto, fique de olho nos congressistas favoráveis a mais esta maldade arquitetada contra a classe trabalhadora.

Dou-lhe uma…

O governador Belivaldo Chagas (PSD) vai a São Paulo, dia 15 de março, acompanhar o leilão de 12 aeroportos, inclusive o de Aracaju. O convite ao pessedista foi feito pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas. A expectativa de Belivaldo é que, após ser entregue à iniciativa privada, o nosso campinho de pouso ofereça um melhor atendimento aos sergipanos e de turistas. Tomara!

A crise da carne

A crise do abate de bois em Sergipe não terá solução enquanto os interesses individuais não forem deixados de lado. Quem pensa assim é o senador Alessandro Vieira (PPS). Ele sugere a construção de abatedouros regionais geridos por consórcios municipais, a exemplo do que já fez a Bahia. Outra solução apresentada por Vieira será a aquisição de matadouros móveis. Então, tá!

Sem carnaval

O já tradicional Carnaval da Confraria do Carro Quebrado não acontecerá este ano em Aracaju. A falta de patrocínio foi o principal motivo para o cancelamento da festa. A dificuldade de a Polícia Militar garantir a segurança do evento também contribuiu para a não realização da 14ª edição daquela folia momesca. Lamentavel!

Índio quer respeito

Os descendentes dos Índios Xocós, em Porto da Folha, estão preocupados com as mudanças feitas na política indigenista pelo governo federal. Neste sentido, o senador Rogério Carvalho (PT) apresentou requerimento propondo a realização de uma audiência pública para debater, entre outros pontos, a saúde dos povos indígenas. “Além disso, pedimos explicações sobre as mudanças que o Ministério da Saúde quer implementar”, explica o petista.

Cinismo denunciado

E o ex-deputado federal Valadares Filho (PSB) jura que o governador Belivaldo Chagas (PSB) age cinicamente “ao conclamar a sociedade para ajudá-lo a tirar Sergipe da crise”. Segundo Vavazinho, que foi derrotado por Chagas na disputa pelo governo, o comportamento do adversário é “lamentável, pois ele passou a campanha inteira falando que chegou pra resolver”. O ex-deputado culpa Belivaldo e o ex-governador Jackson Barreto (MDB) pelo caos financeiro de Sergipe. Misericórdia!

Outro militar

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) indicou o general e médico Paulo Sérgio Sadauskas para diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. No fim do mandato, o ex-presidente Michel Temer (MDB) indicou para este cargo o ex-deputado federal André Moura (PSC), que não conseguiu se eleger senador. A indicação do sergipano foi vetada por Bolsonaro. Marminino!

 

Pode voltar

A Justiça decide nesta terça se o prefeito afastado de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PR), retornará ao cargo. O agravo regimental em favor do itabaianense será julgado pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. Valmir foi afastado da Prefeitura em novembro passado, sob a acusação de desvio de parte das taxas recolhidas no matadouro municipal. Desde então, Itabaiana está sendo administrada pela vice Carminha Mendonça (PP).

Primeira sessão

A Assembleia realiza, hoje, a primeira sessão ordinária desta nova legislatura. No primeiro mandato, o novo líder do governo, deputado Zezinho Sobral (Podemos), promete dialogar muito com as bancadas, “unir ideias e concretizar projetos para que Sergipe se desenvolva cada vez mais e que os sergipanos tenham suas necessidades atendidas”. Aguardemos, portanto!

Debate de gênero

Será nesta quarta-feira, o Ciclo de Debates sobre Transexualidade. Promovido pela Escola do Legislativo da Câmara de Aracaju, o evento terá como temas a “Juventude LGBT e seu corpo: desejos, sexualidade e prevenção” e “Direitos e violência”. Com inscrições gratuitas, o Ciclo de Debates será aberto a todas as pessoas interessadas em direitos humanos, gênero e sexualidade. Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 6 de abril de 1915.

Resumo dos Jornais