21/02/19 - 08:22:58

PSB encolhe

Após sofrer mais uma derrota eleitoral, o PSB sergipano definha. Luciano Pimentel, único eleito para a Assembleia, só não deixa a legenda para não perder o mandato. O parlamentar se queixa de ter sido abandonado na campanha eleitoral, pois o PSB preferiu investir em outros candidatos menos votados. Quer dizer, embora permaneça filiado, Pimentel não seguirá mais a orientação pessebista. Aliás, não é de agora este encolhimento do partido liderado pelo senador Antônio Carlos Valadares. Nos últimos oito anos, a legenda perdeu filiados como o ex-deputado federal Adelson Barreto, a deputada estadual Maria Mendonça, o ex-prefeito de São Cristóvão, Armando Batalha, o governador Belivaldo Chagas e tantos outros menos votados. Todos não negam ter abandonado o barco do PSB por discordarem da forma ditatorial como o ex-senador preside o partido. Homem, vôte!

De olho na Fafen

Tem empresa interessada em arrendar a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), de Laranjeiras. Segundo a Petrobras, “o processo de arrendamento se encontra na fase de pré-qualificação, que deverá ser concluída em 22 de março”. A petroleira informa que, em paralelo, serão desenvolvidos estudos para apontar medidas visando contribuir para que o arrendatário “opere a Fafen em melhores condições econômicas que as atuais”. Aguardemos, portanto!

Pinóquio

Como perguntar não ofende: será que, após ter sido flagrado mentindo vergonhosamente, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) vai continuar usando a citação bíblica “e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”? Alguém precisa lembrar ao capitão de pijama que, segundo a Bíblia, “a palavra do mentiroso é falsa e seu discurso enfadonho e débil”. Misericórdia!

Reforma preocupa

E o presidente de honra do PRB sergipano, Heleno Silva, está preocupado com alguns pontos da reforma da Previdência. Ele destaca a situação do trabalhador rural, que mesmo sem salário terá de fazer a contribuição social todo mês, equiparando-se ao operário urbano. De acordo com Heleno, é preciso ficar atendo para que “nenhum direito seja retirado dos que mais precisam”. É vero!

Crise da carne

Os abatedouros de bois fechados em Sergipe só serão reabertos após cumprirem as normas ambientais e de higiene. Pelo menos foi o que disse o procurador-geral do Ministério Público Estadual, Eduardo D’Ávila Fontes a uma comissão de deputados. Segundo ele, apesar da questão social dos trabalhadores do setor, “a gente não pode perpetuar um estado de imundice”. Crendeuspai!

Sem tabaco

Um em cada três brasileiros deixou de fumar depois que medidas que restringiram a propaganda de cigarros  na TV e em veículos de comunicação de massa entraram em vigor. Segundo pesquisa da Organização Pan-Americana da Saúde, a maioria da população é a favor de medidas ainda mais rigorosas contra o fumo. E você, quando vai largar esse troço?

Tucano elogiado

O ex-senador Eduardo Amorim participou, em Brasília, da reunião da executiva do PSDB. O tucano foi elogiado pelo senador Eduardo Girão (Pode), que o substituiu na liderança do bloco social democracia composto pelo PSDB, Pode e PSL. O parlamentar cearense disse que tem o mandato de Amorim como referência para a condução do seu trabalho no Senado. Ah, bom!

Por Sergipe

E o governador Belivaldo Chagas (PSD) explicou que a conversa com o deputado estadual Luciano Pimentel (PSB) foi de cunho administrativo. “O deputado apresentou um documento apontando problemas relacionados ao turismo com sugestões ao desenvolvimento da área”. Chagas prosseguiu afirmando que continua aberto a sugestões tanto da situação quanto da oposição: “Pra mim, o que importa é o desenvolvimento do estado”. Certíssimo!

Regabofe federal

E o prefeito aracajuano Edvaldo Nogueira (PCdoB) recepcionou a bancada federal sergipana com um jantar em Brasília. Aproveitou o comes e bebes para pedir aos parlamentares que fiquem ao lado dos aracajuanos, “lutando por mais benefícios para a nossa gente”. Durante o regabofe, o deputado federal Valdevan Noventa (PSC) colocou o mandato à disposição do prefeito. Então, tá!

Leite derramado

Sem produzir há um mês, a fábrica de laticínios Sabe mandou cerca de 300 empregados esperar em casa o aviso de retorno ao trabalho. Sem afastar a hipótese de fechamento, o ex-governador Albano Franco disse que o filho e diretor da Sabe, Ricardo Franco, falará sobre a hibernação da fábrica nos próximos dias. Inaugurada em 2012, a unidade produz derivados de leite e tem capacidade para processar 330 mil litros por dia. A crise é braba!

Eleições em debate

“O Impacto das eleições 2010 e o legado para 2020”. Este é o tema do seminário que acontece, hoje e amanhã, na sede do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe. Tendo como palestrante o analista judiciário Alexandre Basílio Coura, o evento visa apresentar reflexões sobres os costumes quebrados pelas eleições de 2018, e relacionar estes aprendizados com a preparação do pleito de 2020. Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha as Manhã, em 23 de julho de 1939.

Resumo dos Jornais