17/04/19 - 05:25:10

Proposta de reforma da Previdência é um grande acordo de Bolsonaro com os bancos, afirma João Daniel

Durante reunião da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara que discutia a proposta de emenda à Constituição (PEC) 06/2019, na noite desta terça-feira, dia 16, o deputado federal João Daniel (PT/SE) afirmou que esta proposta é um grande acordo do governo Bolsonaro com os bancos, pois precisa entregar a Previdência pública ao setor financeiro e à elite que o apoiou para que possam explorá-la. Numa fala dura, o parlamentar reafirmou sua posição contrária à reforma, pois ela vem atacar os trabalhadores mais pobres, trabalhadores rurais e servidores públicos.

“Este governo quer entregar a Previdência para que os bancos façam a exploração e utilizem o que há de mais sagrado e uma conquista histórica do povo trabalhador que é a Previdência”, disse. O deputado relatou que nesses pouco mais de cinco anos de mandato federal viveu outros três grandes embates na CCJ. O primeiro quando se tentava tirar a ex-presidenta Dilma Rousseff do poder, sob a justificativa de dar um alívio ao mercado, que se isso ocorresse traria grandes investidores ao país. Depois o governo golpista de Michel Temer disse que para trazer investimentos para o país precisaria ser aprovada a emenda constitucional 95, congelando por 20 anos os investimentos, inclusive em setores essenciais, e assim o fizeram.

“Após isso inventaram a reforma Trabalhista, dizendo que ia gerar empregos e haveria trabalho para todo mundo, e o mesmo relator da reforma Trabalhista hoje é da PEC da reforma da Previdência. Enganaram para precarizar e aumentar o desemprego e a destruição dos direitos. Toda conversa é a mesma, de atrair mercado, investidores, dar segurança aos investidores e criar um clima favorável”, disse. Segundo ele, o Brasil não aguenta mais gastar, pois o país já gasta 46% do seu orçamento de 2018 para pagar juros e dívidas. “Mas o governo não fala em cobrar os devedores da Previdência. Quer atacar os trabalhadores rurais, os operários e servidores públicos”, afirmou João Daniel.

O deputado acrescentou que em todos esses embates presenciados por ele na CCJ os debates dividiam os parlamentares em dois lados: os que defendem a classe trabalhadora, os pobres, o povo e os que defendem os bancos, a elite, os que aprovaram o golpe, a reforma Trabalhista, a emenda constitucional 95 e que agora quer aprovar a PEC 06. “Paulo Guedes disse: ‘Vamos tirar R$ 1 trilhão para dar aos bancos’. Este é o projeto, o projeto que faliu em vários países, e aqui não se sustenta”, disse, ao conclamar os parlamentares de todos os partidos para não aprovar esta proposta.

“Precisamos mobilizar toda sociedade brasileira para impedir este golpe e retrocesso contra o povo brasileiro. Esta PEC veio para achatar o trabalhador e humilhar a trabalhadora rural do semiárido. Veio para matar o operário da construção civil, veio para dizer aos educadores e educadoras que este país não ama a educação e quer ver a sua morte. Mas a gente espera que as centrais sindicais e movimentos sociais e populares se mobilizem e exijam uma postura dos parlamentares no mínimo patriota e nós votaremos contra este golpe contra o povo”, finalizou João Daniel.

Foto assessoria

Por Edjane Oliveira