26/04/19 - 00:52:41

ARRISCA SOBRE FUTURO SOMBRIO

DIÓGENES BRAYNER – [email protected]

As análises sobre formação de bloco para apoiar candidaturas a prefeito de Aracaju em 2020 ainda são efêmeras. Podem mudar no decorrer do tempo que falta para início da pré-campanha. A mais de ano do pleito e um tanto quanto distante das movimentações partidárias, não é fácil revelar uma fotografia próxima do que vai acontecer. Tudo que se fala é hipótese, porque o tempo não tem foco definitivo e bem traçado. Tudo que se imagina a cada momento é apenas especulação com uma pitada de projeto pessoal.

Partidos da oposição, entretanto, estão naturalmente certos de que terão que ir a um confronto para conquistar espaços perdidos. Faz parte do jogo, assim como está na regra que as conversas vão se consolidando de acordo com interesses definidos. O PSB vê possibilidade de uma composição com o PDT e PT. O primeiro porque é um aliado históricos e em 2018 estiveram juntos. O segundo não seria novidade dentro dessa aliança.

Mas a unidade dos blocos não se faz apenas por afinidade, nem ideologias, mas por aprovação popular e consciência de que chegou a hora de mudar. Mais ainda: perspectiva de futuro político, porque em 2022 já tem disputa pelo Governo do Estado e Senado da República. Hoje o PT se mexe para uma candidatura própria, mas não vai meter o pé a lama caso o ímpeto de agora seja um tiro no pé na disputa pelas eleições estaduais.

Muitas águas vão rolar e trarão surpresas que podem favorecer ou não a quem está no Governo e se atira numa aventura sem a certeza de um resultado sólido. A fotografia de agora, obsoleta dentro de mais 30 dias, mostra que a consolidação dos blocos é que pode oferecer chances de sucesso nos próximos pleitos. Mas também revelam que os personagens – apesar de ser os mesmos – tendem a buscar representatividade que, de alguma forma, perderam.

Quem tiver coragem de olhar de lupa verá com nitidez que alguns já não se suportam e não terão espaço para se recompor caso apostem em peripécias políticas, imaginando que o povo está interessado ou preocupado nisso. O eleitor está mudando e começa a cobrar resultados.

GOVERNO ELABORA PROJETO

O governador Belivaldo Chagas (PSD) está despachando com sua equipe técnica para a recuperação de algumas estradas do Estado e na expansão de abastecimento de água para cidades de várias regiões. Anuncia na próxima semana…

DURANTE ENTREVISTA

O secretário geral do Governo, José Carlos Felizola, em entrevista a uma emissora de rádio, foi perguntado por um ouvinte se o governador Balivaldo Chagas iria apoiar o PT ou Edvaldo Nogueira nas eleições municipais de 2020.

RESPOSTA IMEDIATA

Felizola respondeu que o governador não quer falar em política agora, prefere cuidar de obras. E explicou: “Belivaldo tem gratidão por Edvaldo, em razão do apoio decisivo dele em 2018”. O ouvinte entendeu rápido e disse: “não precisa falar mais nada”.

BASE DO BATEU LEVOU

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) disse ontem que não vê motivo para “racha no grupo de Edvaldo Nogueira (PCdoB)”, na disputa pela Prefeitura. Considerou que “não se pode ceder por pressão”. E alertou: “aqui bateu levou”.

QUER UNIDADE NO BLOCO

À coluna, Fábio Mitidieri disse, via zap, que defende a manutenção da unidade. Lembrou que o Partido dos Trabalhadores sempre foi um aliado importante, “mas sobre candidatura própria quem decide é a legenda”.
SOBRE SER O VICE
Mitidieri também disse que não tem interesse em integrar a chapa de Edvaldo como vice. “Sou aliado sem condicionantes”. Para ele, o vice se discute no momento das convenções e “não a mais de um ano antes do pleito”.

SEM OPOSIÇÃO RADICAL

O senador Alessandro Vieira (Cidadania) disse ontem, ao chegar em Aracaju, que é favorável à manutenção do BNB, mas é contra a qualquer radicalização contra o Governo Federal: “meu caso é Sergipe”, disse.

SOBRE ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Alessandro Vieira disse que o seu partido, o Cidadania, ainda não discute sucessão municipal: “primeiro está arrumando a casa da herança que recebeu do PPS, com alguns problemas na prestação de contas”.

ELIANE NÃO ENTENDEU

A vice-governadora Eliane Aquino (PT) enviou zap ao colunista dizendo que não entendeu matéria em que dizia que Márcio Macedo (PT) se revelava como interessado em disputar a Prefeitura de Aracaju, acrescentando que ela (Eliane) também estava pretendendo.

PARECEU ARROGANTE

Depois de receber a resposta, Eliane foi arrogante: “você já leu algo escrito por mim ou já escutou da minha boca algo a este respeito?” Disse-lhe que não. Mas que havia ouvido em excesso de seus aliados e pela sua defesa pessoal de candidatura própria.

A VICE PASSA CARÃO

Ainda mais arrogante, Eliane Aquino passa um carão no colunista: “Não amigo, você não entendeu o que escrevi. Disse que concordava em o PT ter candidatura própria”. E foi além: “Você me conhece. Sabe que o que for em relação a mim, precisa ser dito por MIM [assim, em letras maiúsculas]”.

NÃO QUER DIVULGAÇÃO

Eliane Aquino disse que “não precisava fazer publicação, porque importante é você saber”, acrescentando: “você tem toda liberdade para checar comigo o que te falam sobre mim”. A publicação está sendo feita porque se trata de pessoas públicas

ESTÁ TUDO PRONTO

Já está tudo pronto para a convenção estadual que o MDB realiza hoje na Assembleia, para eleição do presidente regional, já decidido para o deputado federal Fábio Reis, em razão do seu tráfego em Brasília e pelo entrosamento nos Ministérios.

JACKSON TAMBÉM

O ex-governador Jackson Barreto será o presidente do diretório municipal do MDB, em lugar do deputado Garibaldi Mendonça, que não participa do evento porque se encontra em São Paulo para consulta médica.

E POR FALAR NISSO…

Um amigo comum do ex-deputado Valadares Filho (PSB) e do deputado Garibaldi Mendonça (MDB) está trabalhando um encontro entre os dois. Acha que Garibaldi pode ingressar no PSB. Valadares teria dito que as portas estão abertas…

NO MEIO DO FURACÃO

O deputado federal Fábio Henrique (PDT) se considera no “meio do furacão”. Ele foi indicado pelo seu partido para integrar a comissão especial da Reforma da Previdência, que será a atenção dos parlamentares na próxima semana.

UM CABO NO CEARÁ

Um deputado do Ceará disse ao Capitão Samuel que um cabo da PM do Ceará ganha R$ 2.232,00 a menos que “um cabo de Sergipe”. Teria parabenizado a Samuel pela ação do parlamentar junto à “família militar do Estado”.

GILMAR EM CAMPANHA

O deputado Gilmar Carvalho está em campanha aberta para Prefeitura de Aracaju e vai aos bairros – principalmente feiras livres – todos os dias. Praticamente está só na praça, mas quando iniciar a pré-campanha é que se terá visão do seu potencial eleitoral.

Dos grupos sociais

///Revoga percentual – Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) rejeitou ontem o projeto de lei que revoga o percentual mínimo de 30% de vagas para candidaturas de cada sexo. Para o relator, senador Fabiano Contarato (Rede-ES), o PL 1.256/2019 desestimula a participação feminina na política.

///Restringem direitos – Rogério Carvalho diz conversou ontem com colegas parlamentares do PT no Seminário de Medidas Penais promovido pela Fundação Perseu Abramo. Um encontro com muitos debates, especialmente sobre as medidas do Governo que restringem os direitos constitucionais dos brasileiros.

///Presidir frente – Rogério Carvalho comunicou que foi designado a presidir a Frente Parlamentar de Senadores do Norte e Nordeste. Um momento de unidade de duas regiões de grandes potenciais, mas que precisam da nossa atenção para a promoção do desenvolvimento econômico. Vamos ao trabalho!

///PGR pede prisão de Collor – A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu ontem a prisão do senador Fernando Collor de Melo (Pros-AL). O ex-presidente é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro na diretoria da BR Distribuidora –subsidiária da Petrobras– no período de 2010 a 2014.

///Sem ideologia – O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse ontem que “questões ideológicas ou muito polêmicas” não serão abordadas no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste ano. “Minha sugestão: foquem mais na técnica de escrever, em interpretação de texto, foquem muito em matemática e ciências”.

///Só resta a força – Segundo informa o colunista Fausto Macedo, do Estadão, o ‘descrédito’ do Supremo Tribunal Federal (STF) é fruto de decisões da própria Corte, sugere o ministro Barroso em palestra realizada em Columbia, no EUA. Disse ainda que se “você perde a credibilidade, só resta a força”.

Conversa

Comunica – Ex-deputado Jone Marcos diz que participa agora do “comunica 10”, curso de comunicação para assessores do PRB em Brasília!

Esburacada – De Tobias Barreto chega a notícias de que as estradas do município estão muito esburacadas e pede ação do Governo.

Um absurdo – Na próxima semana a quarta-feira será feriado do Dia do Trabalho. Pode não ter sessão ordinária na Câmara Federal.

Explodir – Vai explodir entre algumas Prefeituras o problema dos empréstimos consignados. Os bancos não estão recebendo há meses o dinheiro dos servidores.

Detalhe – Com um detalhe: as parcelas dos empréstimos consignados estão sendo descontados de todos os funcionários.

É confusão – E tem mais: os nomes dos servidores que usaram os consignados estão sendo negativados no SPC e Serasa. É confusão gente.

Crise de existência – De Carlos Ayres de Britto: Maturidade é pra isso: não deixar que uma crise de existência se torne uma existência de crise.

Lava Jato – Gilmar Mendes critica a Operação Lava Jato. Não se esperava diferente. Os amigos dele mais próximos estão envolvidos nela.

Bons amigos – Em nenhuma republiqueta de bananas há uma justiça como a brasileira. Uma instituição da política dos bons amigos, honestos ou não.