24/05/19 - 13:01:04

Codevasf investe em máquinas e equipamentos para apoio a comunidades

Neste sábado, 25 de maio, é comemorado o Dia do Trabalhador Rural. De acordo com os resultados do “Censo Agro 2017” do IBGE, existem, no Brasil, 15 milhões de pessoas ocupadas em estabelecimentos agropecuários. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) realiza investimentos em apoio à atividade rural na sua área de atuação, a exemplo do fornecimento de máquinas e equipamentos para estímulo e incremento da produção.

Em Sergipe, por exemplo, a empresa iniciou, no final do ano passado, a entrega de 293 máquinas e equipamentos para apoio a projetos de desenvolvimento sustentável em 64 municípios do estado, estruturando prefeituras e associações de produtores.

Patrulhas agrícolas mecanizadas, motoniveladoras e roçadeiras hidráulicas são alguns dos itens adquiridos, representando um investimento de mais de R$ 55 milhões. Os valores foram oriundos de emenda impositiva ao Orçamento Geral da União de 2018 destinada pela bancada federal de Sergipe em favor da Codevasf.

Esses equipamentos contribuem para a execução de variados serviços em diversas comunidades rurais, a exemplo de manejo de solos, manutenção de estradas, desassoreamento de cursos de água, entre outros benefícios. “Com essa ação, a Codevasf está proporcionando melhores condições de trabalho para as famílias, possibilitando o aumento das safras e garantindo emprego e renda. Se o Brasil cresce, isso se deve certamente à grande parcela de contribuição dada pelos trabalhadores rurais”, reforça o diretor-presidente da Companhia, Marco Aurélio Diniz.

Também no final do ano passado, a Companhia deu início ao fornecimento de 2.753 trituradores forrageiros, facilitando a vida de milhares de produtores familiares no interior de Sergipe. Para adquirir os equipamentos, que auxiliam os criadores de animais no preparo da alimentação de seus rebanhos, a empresa investiu R$ 3 milhões em recursos de destaque orçamentário.

Na zona rural de Nossa Senhora da Glória (SE), famílias que residem no assentamento José Emídio foram contempladas com 13 máquinas forrageiras. O presidente da associação local de produtores, Francisco dos Santos Nazaré, afirma que a ação da Codevasf vai facilitar a vida dos trabalhadores rurais na localidade. “A gente tinha muita necessidade. Essas máquinas vão ajudar muito para alimentar os animais. Estamos muito satisfeitos”, declara. Além de receberem as máquinas, produtores rurais do assentamento foram selecionados para capacitação em operação de trituradores forrageiros e tratores agrícolas.

Ações no Maranhão

Cerca de 30 municípios maranhenses também estão sendo atendidos pela Codevasf com o fornecimento de máquinas e equipamentos para apoio à produção. Em 2019, essa ação já representou investimentos de aproximadamente R$ 9 milhões; ainda para este ano, os valores empenhados chegam a R$ 65 milhões.

Entre os equipamentos estão: patrulhas agrícolas mecanizadas completas compostas por trator, grade aradora, roçadeira agrícola e carreta de madeira; kits de irrigação para áreas de até 500m², além de escavadeiras hidráulicas, caminhões leves, cisternas de polietileno, barcos de alumínio com motores de rabeta, veículos utilitários, entre outros.

Para o presidente da Associação Comunitária dos Moradores do Povoado Santa Luzia, José da Cruz Oliveira, do município de Santa Quitéria (MA), cuja comunidade recebeu da Codevasf uma patrulha agrícola, o equipamento vai auxiliar o trabalho que hoje é realizado manualmente. “Era um sonho trabalhar de forma mecanizada. A patrulha vai agilizar o preparo da terra, facilitando muito o trabalho, porque dá para atender uma área maior em menos tempo do que é feito hoje”, conta o presidente.

Já o presidente da Associação Comunitária e da Agricultura Familiar do Povoado Patioba, Pedro Teixeira Miranda, do município de Jenipapo dos Vieiras (MA), beneficiada com um caminhão leve, as famílias serão beneficiadas com o encurtamento do tempo gasto no transporte da produção. “Agora a gente vai poder levar nossos produtos aos mercados com muito mais rapidez. Com isso, a comercialização deve aumentar porque a qualidade das frutas e das verduras também vai ser bem melhor”, avalia.

Assessoria de Comunicação e Promoção Institucional da Codevasf